Um olhar sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros
(38) 3229-9800
 
Conheça-nos
Principal
Mural
Eu te procuro
Clamor & Broncas
Músicas de M. Claros
Hoje na história
 de M. Claros
Montes Claros
 era assim...
História
Memorial de
 João Chaves
Memorial de
 Fialho Pacheco
Reportagens
Concursos
Colunistas Convidados
Notícias por e-mail
Notícias no seu site
Fale conosco
 
Anuncie na 98 FM
Ouça e veja a 98 FM
Conheça a 98 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 98
Previsão do tempo
 
Anuncie na 93 FM
Ouça a 93 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 93
Publicidade
 
Wanderlino Arruda
Alberto Sena
Augusto Vieira
Avay Miranda
Carmen Netto
Dário Cotrim
Davidson Caldeira
Efemérides - Nelson Vianna
Enoque Alves
Flavio Pinto
Genival Tourinho
Gustavo Mameluque
Haroldo Lívio
Haroldo Santos
Haroldo Tourinho Filho
Hoje em Dia
Iara Tribuzzi
Isaías
Isaias Caldeira
João Carlos Sobreira
Jorge Silveira
José Ponciano Neto
José Prates
Luiz de Paula
Luiz Ortiga
Manoel Hygino
Marcelo Eduardo Freitas
Marden Carvalho
Maria Ribeiro Pires
Mário Genival Tourinho
Oswaldo Antunes
Paulo Braga
Paulo Narciso
Petronio Braz
Raphael Reys
Raquel Chaves
Roberto Elísio
Ruth Tupinambá
Ruth Tupinambá Graça
Saulo
Ucho Ribeiro
Virginia de Paula
Waldyr Senna
Walter Abreu
Wanderlino Arruda
Web - Chorografia
Web Outros
Yvonne Silveira
 
Atuais
Panorâmicas
Antigas
Pinturas
Catopês
Obtidas por satélite
No Tempo de Lazinho
Estrada Real Sertão
Mapa de M. Claros
 

10/9/2014 -"...teve até o desfile de um mendigo novo, supostamente drogado, que andou pelo centro, o quarteirão fechado da rua Simeão Ribeiro, completamente nu, exibindo-se". A crescente degradação da Praça da Matriz e vizinhança pede:

»1 - Policiamento mais rigoroso
»2 - Redefinição do uso da praça que é o marco zero da cidade
»3 - Outra reforma física
»4 - Maior empenho das autoridades no cumprimento das leis
»5 - Uma recuperação em todos os sentidos

» Ver resultados «




Buscar no Site


Previsão do tempo

Digite uma cidade:

Busca no



 
 



Jornalismo exercido pela própria população



Deixe sua notícia neste Mural, clique aqui para enviar.
(Seja objetivo e escreva no menor espaço possível. Se preferir, coloque seu e-mail; se desejar, coloque também endereço e telefone. As mensagens - preferencialmente de inspiração noticiosa - serão publicadas a critério da redação. Textos que ferem as leis serão sumariamente descartados, assim como mensagens agressivas ou que pretendam apenas criar polêmica e discussão estéril.Pede-se, com empenho, que as mensagens não sejam redigidas em letra de caixa-alta (letras maiúsculas), que em linguagem de internet equivalem a falar gritando. As mensagens aqui postadas não representam a opinião do montesclaros.com; a responsabilidade pertence ao autor da mensagem).



Ir para mensagem N°:
Por data:

Mensagem N° 60989
De: Leonardo Data: Qui 2/9/2010 19:59:11
Cidade: Uberaba
Pessoal de MOC, hoje, quinta feira as 15:30 horas, o Funorte ganhou a vaga na elite do campeonato mineiro 2011. No julgamento o STJD acolheu por 7 x 0 o recurso da procuradoria do tribunal de justiça desportiva de Minas Gerais. Só lembrando que o Funorte ficou em terceiro lugar no campeonato mineiro do Módulo II. Primeiro foi o Guarani de Divinópolis e segundo o Mamoré, que tinha processo por ter esclado o jogador Valtinho em duas partidas de maneira irregular. Na comissão disciplinar da Justiça Desportiva de MG o Funorte ganhou e o Mamoré perdeu 7 pontos. O Mamoré recorreu ao pleno do tribunal, tendo revertido a condenação. A procuradoria recorreu ao STJD que deu ganho de causa ao Funorte que no ano 2011 estará na primeira divisão do Futebol Mineiro. Não cabe mais recurso, foi em última instância o julgamento. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60985
De: FRED Data: Qui 2/9/2010 18:54:22
Cidade: MOC  País: BR
Em resposta a msn N° 60964 do Sr. Fábio Esteve em Montes Claros o famoso estilista Japonês Kenzo Takada em uma Grande empresa Têxtil da cidade e pouca gente viu, ele fundador da marca de roupas, perfumes e cosméticos KENZO, o que será que ele veio fazer aqui?
Ele veio ao Brasil a convite da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit). Maiores detalhes http://www.infojoia.com.br/news_portal/noticia_8979 . abç
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60978
De: José de Abreu Data: Qui 2/9/2010 17:10:44
Cidade: Belo Horizonte
Fábio, Henzo Takada, um dos maiores estilistas do planeta, com certeza visitou a unidade têxtil de Montes Claros para desenhar a nova coleção de cama, mesa e banho para a multinacional Springs que é a maior distribuidora de tecidos do mundo e cuja proprietária financiou a campanha de Bill Clinton ao governo dos USA. Ressalte-se a empresa sediada em Moc possui 30 fábricas no mundo, portanto, tem cacife para fazer parceria com os melhores do estilistas da atualidade, que é o caso do Henzo.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60977
De: Rodrigo Data: Qui 2/9/2010 16:51:38
Cidade: Moc
Grande ação da policia militar resulta na apreensão de aproximadamente 40 kgs de maconha no bairro Alto São João, muito provalvelmente em outros bairros da cidade será averiguado afim de encontrar mais quantidade da substancia. parabens a todos que empenharam nessa prisão, os policiais militares disfarçados tbm participaram onde foram presos 2 pessoas do estado de São Paulo juntos com outras de Moc, droga esta que abasteceria o Carnamontes nos proximos dias.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60964
De: Fábio Data: Qui 2/9/2010 10:34:40
Cidade: Montes Claros
Esteve em Montes Claros o famoso estilista Japonês Kenzo Takada em uma Grande empresa Têxtil da cidade e pouca gente viu, ele fundador da marca de roupas, perfumes e cosméticos KENZO, o que será que ele veio fazer aqui?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60963
De: Amaury Data: Qui 2/9/2010 10:18:42
Cidade: Montes Claros
02/09/10 - 10h06 - "...a transgressão deste compromisso implicará na suspensão do alvará municipal de funcionamento, apesar do licenciamento concedido pelo Conselho de Política Ambiental do Norte de Minas"
Está aí. A prefeitura de M.Claros agora precisa explicar como concedeu autorização de funcionamento desta empresa recentemente, ainda no ano passado. À mesmíssima empresa, que agora a prefeitura ameaça, com a cassação da autorização de funcionamento. Como pode isso? Autorizar uma empresa que notoriamente traz riscos para a população e, no ano seguinte, diante do clamor, cassar a permissão? Não sabiam dos muitos riscos?(...) Não custa chamar a atenção para outro detalhe: a autorização, segundo o noticiário, foi dada na área da secretaria do 1/2 ambiente. A mesma criticada secretaria que autorizou a "ferida" na serra dos montes claros. A mesma que não consegue barrar o barulho que inferniza Montes Claros, ameaçando a saúde de todos, conforme repetem os serviços médicos conhecidos, daqui e de fora. (...) A propósito: visitantes da cidade estão alarmados com a poluição sonora em Montes Claros, e também com a poluição visual. Perguntam, insistentemente, se aqui as leis não são obedecidas e por quê??? (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60961
De: Hoje em Dia Data: Qui 2/9/2010 09:59:17
Cidade: Belo Horizonte /Mg
Prefeito aciona polícia para Serquip-MG - O prefeito de Montes Claros, Luiz Tadeu Leite, solicitou, ontem, ajuda do coronel Franklim Silveira, comandante da 11ª Região Militar, e do major Nivaldo Ferreira, comandante da Polícia Militar de Meio Ambiente, para verificar se a Serquip-MG está cumprindo o acordo de incinerar na cidade apenas o lixo hospitalar na região. O pedido foi feito ontem. Ainda ontem, o prefeito anunciou ao italiano Francesco Scarfone, responsável pela empresa Serquip Tratamento de Resíduos Ltda, que tomará medidas legais para impedir a incineração do lixo de qualquer natureza coletado em outras regiões, principalmente os de origem hospitalar. O prefeito se reuniu pela segunda vez com o engenheiro químico e anunciou que a transgressão deste compromisso implicará na suspensão do alvará municipal de funcionamento, apesar do licenciamento concedido pelo Conselho de Política Ambiental do Norte de Minas. A reunião no gabinete do prefeito foi tensa, pois o engenheiro anunciou que não aceitaria a presença da imprensa (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 60960
De: Isaías Caldeira Data: Qui 2/9/2010 08:52:18
Cidade: Moc
E-mail: isaias.veloso@yahoo.com.br
Mais uma Lei das "burras".

Em vigor no País, desde o dia primeiro deste mês, a Lei que obriga o uso de cadeirinhas para crianças no banco traseiro. Mais uma vez cheia de boas intenções do legislador.Na prática, um estorvo, pois refletirá negativamente no dia a dia das pessoas.Vejamos: se alguém sem filhos menores, portanto sem necessidade do acessório, tiver que transportar um carona acompanhado de filho até sete anos,não poderá fazê-lo.Pergunta-se:e se a criança estiver numa fazenda, ou na beira de uma rodovia, precisando de consulta médica urgente, como resolver? E se for um parente do motorista, ou amigo, numa emergência qualquer, como atender à necessidade premente sem incorrer na tal multa? Não se fala aqui em Samu, 190, ou equivalente, pois nem sempre são acessíveis ao cidadão.Pense no cotidiano,no passeio com sobrinhos, vizinhos, etc: tendo mais de uma criança, impossível! No dia 30 de agosto passado, na rodovia de Francisco Sá, um veículo com 05 passageiros acidentou-se. Morreram uma senhora e uma criança que estava em um banquinho deste. Dependendo do acidente ou da fatalidade, a tal cadeirinha não adianta nada, ou muito pouco. Nessa estória, quem vai ganhar são os fabricantes e comerciantes do acessório, além, claro, do governo, que vai encher as burras com as multas aplicadas. Pobre cidadão, que precisa sempre do governo para zelar por sua vida e destino, mesmo como pretexto para arrancar-lhe o couro!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60959
De: Heloísa Data: Qui 2/9/2010 08:00:25
Cidade: DF
A campanha eleitoral - que não desperta maior entusiasmo no eleitor, mas muito barulho e predação por parte dos candidatos - está afetando também o mundo das notícias. Com os 3 níveis de governo paralisados pela disputa, no Brasil, mais do que em qualquer lugar, os fatos que geram as notícias hibernam. Resultado: como o noticiário é alimentado basicamente pelos escândalos "de Brasília" (na verdade, escândalos nos 3 níveis de governo)e pelos desastres no Brasil, o noticiário fica exclusivamente dependente deste último quesito. É observar. Em tempo: o noticiário político também não atrai, está frio, não tem o que interessa ao leitor, mesmo àqueles ainda ligados aos acontecimentos eleitorais. Já houve maior entusiasmo com as coisas dessa área.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60956
De: Augusto Vieira Data: Qui 2/9/2010 07:24:08
Cidade: Belo Horizonte
CAIA NAS REDES!

Confesso que eu tinha um certo preconceito contra as redes da internet. Estava acostumado a comunicar-me, por e-mails, apenas com os amigos que constavam de minha lista de contatos. Com o passar do tempo comecei a ouvir, de várias pessoas mais jovens, referências a um tal de Orkut. Entrei timidamente e vasculhei o programa. Senti que a rede era segura e convidei gente que eu conhecia a esse novo tipo de relacionamento, a amizade cibernética. E não é que deu certo? Do Orkut parti para o MySpace, dele para o Facebook e finalmente cheguei ao Twitter.
Hoje converso com amigos espalhados pelo mundo inteiro. Claro que há aqueles que preferem uma rede a outra. Mas como estou nas mais conhecidas, uso todas para matar saudade deles, dar notícias minhas e saber o que andam fazendo. Atualmente a quase totalidade de meus contatos são feitos através de redes eletrônicas, de forma instantânea, ao vivo. E como tenho feito novas amizades!
A verdade é que a internet facilita a vida da gente. É só saber usá-la. E isso é fácil de aprender, porque os programas modernos são autoexplicativos. Hoje, em sua telinha particular, você lê livros e quase todos os jornais do mundo, vê inúmeras emissoras de televisão e filmes, ouve músicas, produz e grava vídeos, fala com amigos vendo as imagens deles e eles vendo a sua, pesquisa qualquer assunto que lhe interessa, faz compras, paga contas e ainda monta seu site e seu blog sem gastar um tostão. Basta ter um bom provedor de banda larga e navegar a uma razoável potência. Que ferramenta maravilhosa! Revolucionou minha vida e espero e desejo que faça isto com as de milhares de brasileiros, especialmente os de menor poder aquisitivo, porque internet, diferentemente do que eu imaginava, é também cultura. Ela não nos afasta. Ao contrário, através dela ótimos encontros são programados. E você pode até namorar, o que não é mais o meu caso.
Quem diria que esse dinossauro se adaptaria a esses novos tempos! Dinossauro que, antes, tivera preconceitos até contra computadores individuais e que, agora, não vive sem o seu e ainda divulga seus escritos pela internet.
Caia nas redes, amigo, não fuja das mordomias da modernidade. Entre de cabeça, sem medo de ser feliz e deixe a vida te levar. Vale a pena.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60944
De: Juliana Alves Mota Data: Qua 1/9/2010 14:32:08
Cidade: Pirapora-MG  País: Brasil
O prefeito de Buritizeiro acaba de ser cassado pela Câmara Municipal por 2/3 dos votos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60943
De: Flavio Pinto Data: Qua 1/9/2010 13:03:48
Cidade: Belo Horizonte-MG
TEMPOS MODERNOS
Com esta modernidade toda que apareceu de uns tempos para cá, de invenções pra melhor (outras pra pior, há controvérsias), muitas coisas antigas acabaram ficando demodées, como diria o saudoso Lazinho Pimenta (sempre me lembro dele se modernizando).
Até o mais ultrapassado já deu o braço a torcer para alguns melhoramentos, embora com uma ligeira extrapolação.
É que uns - indo ao pote com extrema sede e afoiteza - confundem valores e idéias subliminares e engazopados nesta pretensa novidade, abusam (mesmo sem querer, querendo) da boa vontade dos amigos, conhecidos e até desconhecidos.
Trazem à tona antigas máximas e orações santificadas de diversas religiões e igrejas como se fossem verdadeiros e últimos lançamentos da mídia religiosa mundial, mas que, na verdade, já foram publicadas em séculos passados (os velhos Almanaques Biotônico Fontoura e Bertrand que o digam) e nossos pais e avós já se deliciaram à exaustão com os mesmíssimos textos de carma e correntes.
E até, pasmem os novos cibernéticos, já os transmitiram para nós, meninos e meninas de outra era, na tentativa de nos direcionarmos ad infinitum para o bem eterno , Deus te abençoe per secula seculorum, amém.
Isso, eu e toda uma geração feliz já ouvimos até enjoar.
Com os olhares entediados virados para cima (é verdade e deve se dizer), vendo muriçocas voarem livres e soltas pela sala.
Doidos para sair e brincar na rua.
Coisa de ontem, anteontem e tresantontem, os velhos de guerra entendem.
Mas, justiça seja dita e feita: todo o mundo faz o que quer de seus e-mails.
Estão no direito, quem poderá dizer que não.
Embora seja bom saber que este direito torna-se perdido quando entra num espaço de outrem, passando uma barreira que se chama privacidade e, o que é mais importante, livre escolha do destinatário, do que ler e do que quer ver.
A gente entra no cinema e assiste ao filme que deseja.
E paga. Como na internet também se paga.
Dirão então: “se não quiser abrir, não abra”.
Mas, e se um dia vocês - apenas, de coração - perguntarem por mim, ou como estou indo, eu nunca poderia saber...
Abraços a todos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60941
De: osmar Data: Qua 1/9/2010 11:07:56
Cidade: MONTES CLAROS
Sou um dos vários profissionais da empresa Esurb e trabalho a mais de dez anos como motorista de veículos pesados no setor de coleta em nossa cidade. Gostaria de dizer que todos nos ficamos muito abalado com os dois acontecimentos citados pelo Sr. Marcos na mensagem de nº. 60900 onde ele cita os fatos como numero, mas não esclarece os fatos. O acidente ocorrido no bairro major Prates envolveu um caminhão de coleta e um motociclista, e segundo testemunhas o mesmo teria avançado o semáforo do cruzamento das avenidas Francisco Caetano com a Castela Prates vindo a se chocar contra o caminhão. O fato esta sendo estudado pela perícia técnica. O segundo acidente não envolveu nenhum caminhão ou profissional da empresa esurb e sim um caminhão da empresa sanetram que presta serviços à prefeitura de montes claros, e o motorista que por sinal e um profissional muito experiente em sua função não e funcionário da esurb e após o acidente eu ainda não conversei com ele para saber como tudo aconteceu e por isso não vou comentar este fato lamentável.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60937
De: Norberto Silva Data: Qua 1/9/2010 08:55:48
Cidade: Espinosa  País: Brasil
hoje 1 dia de setembro muito sol, seca , incendios na serra e recebemos a noticia que novamente o exercito parou a entrega de agua , isso porque nosso governo nao liberou a verba para pagar os caminhoes pipa, que será dagente que sempre sofreu com a falta dagua, com esta seca, será que merecemos isso enquanto os politicos estao por ai esbanjando dinheiro . e nós nem agua temos??/ fica ai esta pergunta aos politicos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60935
De: Raphael Reys Data: Qua 1/9/2010 08:03:06
Cidade: Moc - Mg  País: Br
E-mail: raphaelreysmoc@yahoo.com.br
CATOPEZADAS

Rolim, que era rolinha só no apelido, um dançante de catopé de antanho, motorista de caminhão Dodge caixa seca, morador da baixada, tomador de fubuia no bar de Tiano e habitual prevaricador nos anos 50, foi curtir uma tarde de alcova tropical com uma mariposa do Beco do Marimbondo.
No dizer do escudeiro Zé Paraíso: “ele, o Rolim, tem a torneira muito grande!” Aí, satisfeito terminado a função genésica o nosso herói tirou da algibeira uma boa nota de um cruzeiro – estávamos no tempo da Tabela Price – e pagou a dama da noite.
A filha de Eros e Afrodite, indignada, retrucou em cima da fatura: “serviço de cama para ferramenta do tamanho da sua é negócio para cinco cruzeiros, no mínimo, seu Rolim”!
Já Maneco de Dona Gregória, antigo dançante dos Caboclinhos, andava variado pelo centro da urbe. Foi parado por Tico Lopes, que lhe perguntou: “Cê tá andando variado, Maneco?” O interlocutor responde: “Tô aqui pensando no tempo antigo em que tudo era bom! Na época atual, tá tudo de cabeça para baixo! Moço, tô que nem arara sem cordão...”
Já Rui Queiroz, conhecido no trecho musical como Zé Rui, ou mesmo Rui do Bongô, foi ao Shopping e levou como seu acompanhante, para assuntos aleatórios, o também mestre do tambor Tico Lopes, que no dizer de Eduardo Lima, o Goiabão, só anda como um dândi.
Foram comprar um supimpa vaso de plástico para um arranjo com plantas artificiais. Escolhida a peça, Rui pede à atendente que preencha o vazio do interior do vaso com aquelas aparas próprias. Bota uma, tira. Bota areia, palha, tira. Bota pedrinhas e isopor, tira. Bota arranjos vegetais, tira. Bota o escambal, tira!
Extenuada, com expressão cansada, a moça lembrou o dito do escritor Lampedusa: “desenha-lhe no rosto emaciado uma melancolia metafísica...” Pergunta, então, ao Rui: “por que o senhor não gostou de nenhuma das arrumações que fiz?” Rui do Bongô responde, no ato: “Porque está tudo catopezado!”
A balconista que era de outra região do estado, desconhecedora da nossa linguagem, pergunta: “E o que é que é catopezado?” Rui apontando para o Tico diz: “Ele entende mais do que eu de folclore!” Tico dá as solicitadas explicações e a balconista, meneando a cabeça, fala: “Bestage, moço. Ele quer é que eu dê um tcham no vaso!
Como é um cidadão cheio de detalhes, minúcias e quizongas, próprios de artistas e de músicos, Rui conclui o diálogo com uma pergunta bastante pertinente, endereçada ao companheiro: “E você sabe o que é que é tcham, chefe?”
Esclarecimento aos meus caros leitores: o montesclarino é um ser com alma e estigma próprios. Um capiau diferenciado, pois bota panca de rico viajado, mas, a bem da verdade, nada mais é senão um chapadeiro “fiduna”. Domina-lhe a semântica libidinosa do pequi, o “rusarô” da cachaça, a subserviência religiosa. Nós andamos com um terço no bolso, mas, para garantir, também com uma fita benta de catopé na carteira de notas e, ainda, por via das dúvidas, um patuá de macumba na algibeira...
Para nós, o gado mija pra trás, mas nos põe para frente.
Na avaliação do saudoso Deca Rocha, “nós somos caboclos curraleiros, cheios de truques e alguma falsidade...”
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 60934
De: Web Outros Data: Qua 1/9/2010 07:31:50
Cidade: Belo Horizonte /Mg
Agosto de sempre

Manoel Hygino

Agosto no Norte de Minas não é este de 2010, quando a coluna de mercúrio desabou. É tempo de muito vento, de muito calor no clima e no espírito das pessoas. Antigamente, o redemoinho incomodava enormemente e levantava a poeira a grande altura. As más línguas diziam que era fácil aos aviadores, em pequenos aparelhos, identificar a região por onde voavam, a partir da capital. A primeira nuvem de pó era de Curvelo, na época sem pavimentação; lá de cima se podia saber onde ficava a maior cidade mais ao norte, Montes Claros, denunciava-a a seguinte de pesada nuvem de poeira, lá embaixo. Não havia necessidade de instrumentação a bordo. Tudo mudou, faz um frio inacreditável. O sol tem medo de aparecer. A coluna de mercúrio desce até a menos de 10 graus centígrados. Tempo fechado como a sorte dos sertanejos, há muitos e muitos dias sem chuva. E, agora, com essa luminosidade e temperatura precárias do astro-rei. Mas as festas de agosto, tradição da gente simples do sertão, que atravessa festivamente esta época do ano, impõe calor nos corações. Resgatam-se tradições pretéritas que as capitais não conhecem, nem interesse têm. Darcy Ribeiro, o etnólogo, o sociólogo, e escritor, sonhava - estivesse onde estivesse neste mundo de Deus - com o oitavo mês do ano e a alegria cantante nas ruas, mesmo com a poeira, imaginando-se feliz ali como imperador das festas. O mesmo sente Paulo Narciso, jornalista, que sai pelas mesmas ruas, desfilando e revivendo passado jamais obscurecido. Ele deve ter redigido essas linhas: "Atracou a Nau Catarineta. Marujos deixam o convés e já se vão juntar aos Caboclinhos, aos Catopês. Cantarão e dançarão pelos próximos seguidos dias. Pelos arrabaldes, primeiro (ouça-os, ao longe) - depois pelas ruas centrais, que percorrem penitentes há cerca de 200 anos, trazidos por um surdo de tambor de apelo intraduzível, que estruge nos corações, e nas mentes. Mistério, mágicas, sortilégio. É chegado o tempo longínquo das Festas de Agosto. A anunciá-las, a esperá-las, entraram de prontidão todos os Ipês, por todos os caminhos. Alta Gala do Sertão".
Para 18, dia do primeiro reinado dos Catopês - o de Nossa Senhora do Rosário, as previsões eram de temperaturas reduzidas. A mínima esperada era de 9 graus, com ventos de 13 km por hora, soprando da direção Leste-Nordeste.
É preciso conhecer as tradições locais para entender os sentimentos dessa gente, que cultiva a religiosidade desse tempo, que é de festa, de alegria, mas também de meditação. No segundo dia, o mastro de São Benedito, sai de noite da Praça Roxo Verde até a igreja do Rosário, na Praça Portugal, no centro. No dia seguinte pela manhã, é o reinado do santo africano.
Até o domingo, que - em 2010, caiu em 22 de agosto - catopês, marujos e caboclinhos desfilando pelas vias públicas da cidade, de manhã e à noite, saindo de vários bairros para concentração na igreja do Rosário. É a mais antiga festa popular da cidade, antigo Arraial de Nossa Senhora da Conceição e São José de Formigas, onde o bandeirante Antônio Gonçalves Figueira obteve uma sesmaria e se assentou...
As festas de agosto, nos dias 16, 17 e 18, são respectivamente em homenagem e reverência a Nossa Senhora do Rosário, São Benedito e Divino Espírito Santo. É quando se promovem práticas puramente religiosas, tais como missas, bênçãos e levantamento de mastros, mas também outras atividades populares, além de cavalhadas e o bumba meu boi, que ficou na saudade. Neste mês abriram-se inscrições para o 2º Salão Nacional do Psiu Poético, que já também é iniciativa cultural conhecida no país. Participam poetas, cineastas, artistas de todo o Brasil, mesmo do exterior, que enviam seus poemas, livros, filmes, CDs ou propostas para performances com tema livre.
O festival propriamente dito é de 4 a 12 de outubro e propõe, este ano, um diálogo com a sétima arte, sobre o tema "Cinepoestia", enfatizando o liame da cidade e da região com o cinema.
Que as santidades de agosto premiem os que dedicam ao folclore e as artes! Eles merecem.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60933
De: Hoje em Dia Data: Qua 1/9/2010 07:22:40
Cidade: Belo Horizonte /Mg
Moc ameaça barrar empresa de tratamento de lixo - Amália Goulart - O prefeito de Montes Claros, Luiz Tadeu Leite (PMDB), afirmou nesta terça-feira (31) que a Serquip Tratamento de Resíduos MG Ltda. não levou lixo hospitalar da rede pública estadual para a cidade no período em que esteve sem licença ambiental para operar o incinerador em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, ao contrário do que alega a própria empresa e o Estado. Ele também ameaçou cassar a licença regional da Serquip-MG, caso ela destine o material para o município, já que teve o documento cassado para operar em Santa Luzia. “Em Montes Claros, eles não queimaram lixo hospitalar”, afirmou, ao ser questionado sobre a possibilidade de a Serquip-MG ter enviado remessas à cidade, de julho de 2009 a maio deste ano, quando ficou descoberta por falta de licença na Região Metropolitana. Por meio de nota, o Governo de Minas informou que o lixo teria sido depositado em Montes Claros e Santa Luzia. A alegação é a mesma apresentada, anteriormente, pela Serquip-MG. A autorização para a instalação de um incinerador em Montes Claros foi dada em setembro de 2009, somente dois meses depois que o Tribunal de Justiça mandou fechar a unidade do bairro Camargos, na capital. Segunda-feira (30), o Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam) proibiu a empresa de queimar lixo na unidade localizada em Santa Luzia. O Ministério Público Estadual também investiga o destino do material tóxico nesse período de dez meses, prazo que a Serquip ficou sem licença para incineração na Grande Belo Horizonte, conforme adiantou o HOJE EM DIA. Demonstrando irritação com a hipótese ventilada pela empresa de levar o lixo hospitalar para Montes Claros, Tadeu Leite ameaçou cassar a licença ambiental concedida em setembro de 2009. “Pode vim que eu casso o alvará deles aqui. Não aceito. Aqui, eles não vão queimar lixo de outras regiões”, afirmou. O prefeito disse que, ainda ontem, chamaria o responsável técnico da Serquip no município para se precaver. “Vou chamar hoje o engenheiro e dizer que não aceito isso”, informou. Em julho deste ano, Tadeu Leite descobriu que a coletora de resíduos havia levado para a cidade 17 toneladas de lixo hospitalar do Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Rio de Janeiro. O material estava armazenado irregularmente em Matias Barbosa, na Zona da Mata, próximo a Juiz de Fora. Na época, o prefeito chamou a empresa e a fez assinar um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público Estadual. Ainda assinou um decreto proibindo a queima de lixo hospitalar, em Montes Claros, proveniente de municípios distantes em mais de 200 quilômetros da cidade por conta de sua natureza tóxica. Belo Horizonte está localizada a 440 quilômetros do município no Norte de Minas. Tadeu Leite informou que o episódio do Inca foi único. A Serquip foi criada em 2002 tendo cinco sócios e capital social de R$100 mil. Dos proprietários, três eram residentes em BH e dois em Recife (PE). Os sócios originais foram, em grande parte, substituídos. Na última alteração contratual da empresa, realizada em junho de 2006, consta que hoje ela é de propriedade de cinco sócios, sendo quatro residentes em Recife e um na Argentina. O argentino Osvaldo Saturnino Campillo é o acionista majoritário. Também figura como representante da empresa argentina Incol, fornecedora de incineradores para a Serquip-MG. Em uma visita técnica do Conselho Estadual de Políticas Ambientais (Copam) ao incinerador de Montes Claros, realizada em 2008, Campillo se apresentou como representante da empresa fornecedora do aparelho, não como proprietário da Serquip-MG. “A visita ao empreendimento foi realizada no dia 05/08/2008, no período de 8h30 às 11h00, pela conselheira Mônica Ladeia, tenente Thiago (Polícia Militar de Minas Gerais) e pelo biólogo da Supran (Superintendência Regional de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Norte de Minas) , Eduardo Wagner, acompanhados pelo senhor Gilson Almeida e senhor Francesco Scarfone, da Serquip e pelo engenheiro Osvaldo Campillo da Incol, fabricante do incinerador”, diz trecho do relatório de vistoria número 001, do Copam. Em 2006, quando houve alteração na composição societária da Serquip-MG, foi registrado que o capital social da empresa agora era de R$338.460.
A Serquip-MG faz parte do grupo Serquip, que tem unidades em oito Estados, conforme descrito no site da empresa. Em julho deste ano, o presidente, Alexandre Luna Menelau, anunciou a venda de 70% da Serquip para a multinacional Stericycle, que tem operações nos Estados unidos, Argentina, Chile, Irlanda, Portugal, Romênia e Inglaterra. Na ocasião, Menelau disse que o faturamento da Serquip, no ano passado, foi de US$ 20 milhões. A assessoria de imprensa da Serquip-Mg foi procurada nesta terça, mas não foi encontrada.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60927
De: O Tempo Data: Ter 31/8/2010 17:51:44
Cidade: Belo Horizonte
Motoristas saqueiam cargas de duas carretas tombadas no Norte de Minas - Mateus Rabelo - Mais dois acidentes com carretas na BR-251, nos municípios de Francisco Sá e Salinas, no Norte de Minas, provocam confusão no trânsito e problemas para a Polícia Rodoviária Federal nesta terça-feira. De acordo com a corporação, ninguém ficou ferido mas a dificuldade agora é conter motoristas que passam pelo local e fazem saques nas cargas espalhadas pela pista.Como o O Tempo Online vem informando, uma pancada de chuva inesperada na manhã desta terça, após 120 dias de seca na região, provocou diversos acidentes por causa da pista escorregadia. Até o momento, já foram registrados oito acidentes.De acordo com a PRF, um dos acidentes na tarde desta terça aconteceu na altura do Km 460. Um carreta carregada com computadores perdeu o controle da direção em um curva, bateu e tombou. Motoristas que passavam pelo local aproveitaram que a PRF ainda não havia chegado, por causa da quantidade de ocorrências na via, e roubaram parte da carga.No segundo acidente desta tarde, uma carreta também escorregou na pista e acabou batendo na altura do km 430. A carga de alimentos, artigos de papelaria e peças automotivas ficou espalhada pela pista e também foi saqueada.
O trânsito é lento em vários pontos da rodovia. A PRF aguarda a chegada de guinchos para retirar as carretas dos locais. Motoristas que puderem devem evitar passar pela rodovia.
CHUVA
Interdição na BR-251 em função de acidente causa engarrafamento de 15 quilômetros - Karina Alves - Os motoristas que puderem devem evitar seguir viagem pela BR-251, entre Francisco Sá e Salinas, no Norte do Estado, na tarde desta terça-feira. O tombamento de uma carreta frigorífica na altura do Km 451, por volta das 9h, interditou a estrada completamente e causou um enorme congestionamento na região, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).Segundo o órgão, meia pista foi liberada por volta das 14h, e o tráfego começou a fluir com alternação de sentidos. Ainda assim, conforme a polícia, o congestionamento no trecho era de aproximadamente 15 Km. Equipes da PRF permaneciam no local durante a tarde aguardando a chegada de um guincho para retirar a carreta completamente da rodovia. Não há previsão de horário para liberação completa do local.
O acidente foi um dos seis registrados pela manhã em função de uma pancada de chuva inesperada na região serrana de Francisco Sá. De acordo com a polícia, durante a tarde ainda caia uma chuva fina no local.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60925
De: Mrialva Ribeiro Data: Ter 31/8/2010 16:37:38
Cidade: Porto Alegre - RS
Montes Claros, terra dos meus pais, não é, apenas, a terra do gado nem do oleo de caroço de algodão. É cultura também. Vejam a cronica de Jose Prates sobre o Café Galo. É só poesia.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60922
De: O Tempo Data: Ter 31/8/2010 13:34:28
Cidade: Belo Horizonte /Mg
Pancada de chuva inesperada no Norte de Minas provoca seis acidentes e interdita a BR-251 - Karina Alves - Uma inesperada pancada forte de chuva no Norte de Minas provocou seis acidentes na manhã desta terça-feira na BR-251, no trecho da Serra de Francisco Sá, no Norte de Minas. De acordo com o instituto Climatempo, a região estava sem chuva há 120 dias. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), não chegou a chover em Montes Claros, mas na região serrana a chuva começou forte e durante a tarde ainda chovia no local. Por volta das 9h, uma carreta frigorífica tombou no Km 451 e ficou atravessada na pista. Ainda durante a tarde, o trânsito permanecia totalmente interditado, de acordo com a PRF. Outros cinco acidentes, sem vítimas, foram registrados na região, segundo a polícia, também em função da chuva. Entre os acidentes registrados, o tombamento de dois caminhões, com placas de Santa Catarina e Pernambuco, carregados com produtos diversos provocou tumulto. Um deles ocorreu em uma região conhecida como Barrocão e outro na Serra de Francisco Sá. Moradores da região se aglomeraram nos locais dos acidentes e saquearam as cargas. Segundo a PRF, os veículos estavam carregados com produtos eletrônicos, alimentícios e de papelaria.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60920
De: Secretaria de Saúde Data: Ter 31/8/2010 13:08:56
Cidade: Montalvania MG  País: BRASIL
E-mail: secretaria@hotmail.com.br
Precisa de médico para trablhar em PSF:Salário base 9.000. Plantão: 1200. Total líquido - 11 mil
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60914
De: Corpo de Bombeiros Data: Ter 31/8/2010 09:37:20
Cidade: Montes Claros/MG
O Sétimo Batalhão de Bombeiros em Montes Claros foi acionado no início da noite desta segunda-feira, 30 de agosto, para atender mais um grave acidente automobilístico na rodovia BR 251. Desta vez, no km 503 / zona rural de Montes Claros/MG. Tratava-se de uma colisão entre o veículo Corsa Sedan, placa de Janaúba/ MG, que era conduzido pelo Sr. César Vanusse Souza, 30 anos, tendo como passageiras a Sra. Dienifam Batista Silva, 27 anos; e Maria Aparecida Souza, 28 anos. No outro veículo envolvido no acidente, um Ford Belina, placa também de Montes Claros/MG, o qual era conduzido pelo Sr. Altamiro Ferreira Gonçalves, 58 anos, sofreu escoriações e foi socorrido e encaminhado para atendimento médico hospitalar. Já o condutor veículo do Corsa Sedan não sofreu lesões aparentes. A passageira, Sra. Dienifam Batista, encontrava-se em estado de choque e sem sinais de ferimentos. A Sra. Maria Aparecida , a outra passageira do veiculo Corsa, que se encontrava no banco traseiro, estava consciente e queixando-se de fortes dores de cabeça e dores na região lombar sendo atendida e conduzida a recurso hospitalar. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60912
De: Estado de Minas Data: Ter 31/8/2010 08:53:02
Cidade: Belo Horizonte/MG
Ministério Público fecha frigoríficos em Montes Claros - Operação ocasiona falta de carne no mercado consumidor local - Luiz Ribeiro - Em operação comandada pelo Ministério Público Estadual (MPE), com o apoio do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), foram suspensas as atividades dos frigoríficos Maísa (abate de suínos) e "Boi em Pé" (de bovinos), em Montes Claros (Norte de Minas), por descumprimento às normas sanitárias.
Por causa da operação, chegou a faltar carne de porco no mercado consumidor local, tendo em vista que o Maísa é o único frigorífico do município (362 mil habitantes) dedicado ao abate de suínos. As duas empresas alegam que estão se adequando as normas e deverão recomeçar o abate nos próximos dias. De acordo com o promotor Paulo Vinicius de Magalhães Cabreira, da Comarca de Montes Claros, em 2005, por intermédio da Curadoria de Defesa do Consumidor, foi aberto um inquérito civil público contra as duas empresas, pelo descumprimento às "normas sanitárias de padrão frigorífico". Após serem autuadas, informou Cabreira, os dois frigoríficos assinaram um Termo de Ajustamento de Condutas (TAC), se comprometendo a atender as exigências.No entanto, relata o representante do MPE, em março deste ano, o IMA fez uma inspeção nas duas firmas e constatou que elas continuavam em situação irregular.
Desta forma, o Programa de Defesa do Consumidor (Procon) abriu outro procedimento e determinou que os dois frigoríficos fossem fechados até o cumprimento das normas sanitárias.O frigorífico é uma empresa tradicional em Montes Claros. Fundado falecido produtor rural José Avelino, a empresa existe desde 1963 e tem uma capacidade para abater 100 suinos por dia, gerando cerca de 100 empregos diretos. Conforme o promotor Paulo Vicinius Cabreira, Maísa, foram listados cerca de 20 itens na relação de exigências não cumpridas pelo frigorífico. Entre elas, estão: "piso de pocilga mal conservado", "não há chuveiro antes da insensibilização (preparo para o abate) de suínos", "falta de lavadouros para higienização de caminhões" e "não há uma devida separação entre a sala de matança e a área de limpeza". Ontem à tarde, a reportagem manteve contato com um gerente do Frigorífico Maísa, que não quis aparecer, mas disse que a empresa está adotando as providências para o atendimento às determinações e que deverá reativar o abate nos próximos dias. Para tanto, terá que se submeter uma nova inspeção por parte do IMA. Ele disse que a empresa - que, atualmente, funciona no bairro Edgar Pereira, na área urbana - está com projeto pronto para a construção de uma nova sede, seguindo todas as recomendações ambientais e sanitárias. "O nosso frigorífico é tradicional em Montes Claros e tem o reconhecimento da população pela higiene e
pela qualidade dos nossos produtos", afirmou o gerente.
A lista das exigências que vinham sendo descumpridas pelo Frigorífico "Boi em Pé" é menor, incluindo a falta de uma "área (curral) para seqüestro de animais doentes". Entre outras irregularidades, foi verificado que "o corredor de acesso para a sala de abate é muito estreito e não possui declive suficiente para escorrer a sujeira.O dono do frigorífico bovino, Jaime Oliveira, disse,ontem à tarde, que já tomou as medidas para o atendimento ás normas e que nesta terça-feira, a empresa deverá passar por uma vistoria do IMA, para reativar suas atividades. Ele disse que o Frigorífico Boi em Pé tem capacidade para o abate de 30 reses por dia e gera 40 empregos diretos e pelo menos outros 110 empregos indiretos. Informou ainda que, a partir de agora, a unidade terá uma inspeção diária por parte da Vigilância Sanitária do Município.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 60909
De: Patrícia De Paula Data: Ter 31/8/2010 07:43:13
Cidade: BH - MG  País: BRA
Na manhã de domingo, 29 de agosto, retornando de uma festa em MIrabela,faleceu nosso amigo Osório Oliveira Júnior, aos 31 anos. Aos familiares, toda a nossa solidariedade e a Deus, agradecemos por ter nos dado a bênção dele ter feito parte de nossas vidas.E lá se foi nosso "Oz" pela `estrada dos tijolos amarelos`... (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60908
De: Teódulo Data: Ter 31/8/2010 07:29:07
Cidade: M. Claros
"Sol com algumas nuvens. Não chove". A meteorologia hoje repete, como num mantra, que o tempo estará assim, hoje, e nos próximos dias, em M. Claros. Durante a última noite, ventou e nublou. Nublado está o tempo agora, com nuvens "bonitas" - mas sem chance de chuva, diz a previsão do tempo. A temperatura deve variar muito, cerca de 20 graus, entre a máxima de 31 graus e 11, de madrugada. Vai ser assim até o próximo fim de semana.
É agosto que chega ao fim, com o tempo "prenhe" para as mudanças que trazem a época das sementeiras. A partir de agora, mais do que nunca, todos olham para o céu, esperando chuvas. Como sempre, a seca se agrava nos campos, os produtores coçam a cabeça, se indagam; sabem, centenariamente, o que fazer - menos com as surpresas criadas incansavelmente pelas administrações.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60907
De: Virginia Abreu de Paula Data: Ter 31/8/2010 01:00:02
Cidade: Montes Claros MG
E-mail: virginia@viamoc.com.br
Estou aqui para agradecer a Luiz Ortiga pelos elogios ao "nosso" livro "Éramos Felizes e Sabíamos". Ele tem razão quanto aos encontros itinerantes. Que grande idéia tivemos, não é? A próxima festa será no Rio de Janeiro e já estão todos convidados. Data ainda a ser marcada. Mas, Luiz...o termo "rapaziada" dá a impressão que todos os autores são rapazes.:) Nós mulheres temos participação também. Verdade que em número bem menor. No próximo, vamos ter de mudar isso. Estou convocando a mulherada sessentona a escrever. Luiz, muito obrigada mesmo!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60904
De: José Prates Data: Seg 30/8/2010 21:44:22
Cidade: Rio de Janeiro - RJ
O CAFÉ GALO QUE VEIO DE LONGE

José Prates

Quando leio alguma coisa referindo-se ao Café Galo em Montes Claros, respeitadas as proporções eu o comparo à confeitaria Colombo, na Rua Gonçalves Dias, centro do Rio de Janeiro, símbolo do que representou a belle époque na cidade. A confeitaria inaugurada em 1894 por dois portugueses e que foi o local de reuniões de intelectuais e políticos, não desapareceu. Continua em atividade, sem, contudo, exercer aquela influencia no meio intelectual e político como dantes. O Café Galo, hoje famoso naquela cidade mineira, por ser, também, um local de reuniões de intelectuais, jornalistas e gente famosa da cidade, está sempre no noticiário da imprensa local. Poucos, porém, conheceram a sua origem numa cidadezinha do sertão baiano, chamada Urandi que tomou impulso e começou a crescer quando o DNER chegou por lá com seu pessoal, por volta de 1942. Nessa ocasião já existia o Café Galo. No inicio de minha adolescência, em 1941, cheguei em Urandi para residir na companhia de meu Padrinho Mulatinho e seus filhos, meus primos. Foi, então, que conheci esse Café que era freqüentado por todo mundo, velhos e jovens atraidos pelas suas novidades. Imaginem que numa cidade onde só havia quitandas e botequins com negócio de bebidas e cereais, “seu” Augusto Alves, de bom tino comercial, resolveu instalar um bar, cópia dos que ele conhecia na cidade grande, Montes Claros, onde sempre estava a negócio. Foi dessas idas e vindas que nasceu em “seu” Augusto a idéia do Café Galo que se materializou no “largo” do mercado, esquina com a rua de cima. Mesmo com placa no alto da porta, com a figura do galo pintada por Gumercindo Guedes, pouca gente chamava o estabelecimento pelo nome de batismo: geralmente diziam “o bar de “seu” Augusto”. Pra aquela cidade, era coisa moderna: tinha rádio, coisa que pouca gente possuía. Passava a funcionar a partir das 18 horas quando chegava a luz elétrica. Ai, então, era a atração de todo mundo para ouvir a “hora do fazendeiro” transmitida pela Rádio Inconfidência; o recém criado Repórter Esso, na voz de Heron Domingues com as noticias da guerra. Ás 8 horas, vinha o programa oficial a Hora do Brasil, com noticiário do governo em transmissão obrigatória, igual o horário eleitoral de hoje. Tinha mais: geladeira a querosene de onde saia o picolé que regalava a meninada e a cerveja gelada que só ali existia; No salão ao lado, estavam o Snooker (sinuca) e o bilhar onde a rapaziada disputava partidas, apostando cerveja. Foi ali que eu e meu primo Artur aprendemos esse jogo, escondido do velho.
Cenas interessantes, ás vezes, aconteciam ali. Eu me lembro de uma comovente ocorrida em 1941, quando o Brasil declarou guerra à Alemanha. O salão de sinuca estava cheio, todos ouvindo a Hora do Brasil, quando em edição extra entra o Repórter Esso e anuncia: “O Brasil mobilizado declara guerra ao Eixo. Estamos em guerra!” Todos os presentes ficaram de pé e entoaram o Hino Nacional. Eu gritei “Viva o Brasil” e todo mundo respondeu, brindando com cerveja gelada
Até 1945 vivi em Urandi, em companhia do meu Padrinho Mulatinho e meus primos. Admitido na Central do Brasil, fui para Montes Claros onde passei a residir. Voltei a Urandi em 1948, quando revi o Café no Galo, ainda no mesmo lugar que eu o conheci.
Em 1955 ou 1956 quando eu trabalhava na Real Aerovias, junto com o Sr, Natércio França, na Rua Simeão Ribeiro em Montes Claros, vi a placa do Café Galo que se instalava na esquina com a Rua Governador Valadares. Fui até lá e verifiquei que era o mesmo de Urandi. Lá estavam “seu” Augusto e seus filhos inaugurando o Bar. Obviamente, no seu inicio não teve o movimento a que estava acostumado na sua cidade de origem. Começou devagar, como qualquer outro bar da localidade. O tempo passou, fui removido para o Rio de Janeiro e hoje vejo o Café Galo no noticiário dos jornais como centro de reunião de intelectuais daquela terra. Bonito, muito bonito! É a volta ao passado. Quando eu for a Moc, irei até lá em companhia de Felipe Gabrich e Márcia que me vão pagar o café.

(José Prates, 84 anos, é jornalista e Oficial da Marinha Mercante. Como tal percorreu os cinco continentes em 20 anos embarcado. Residiu em Montes Claros, de 1945 a 1958, quando foi removido para o Rio de Janeiro, onde reside com a familia. É funcionário ativo da Vale do Rio Doce, estando atualmente cedido ao Sindicato dos Oficiais da Marinha Mercante, onde é um dos diretores)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60900
De: Marcos Data: Seg 30/8/2010 16:16:24
Cidade: Montes Claros/MG
Titulo da notícia: Caminhão de lixo atropela e mata menino de 4 anos em M. Claros
Acerca da morte envolvendo o camiinhão de lixo da Esurb é de salientar que só neste ano é a segunda vítima fatal.O outro caso aconteceu no bairro Major Prates, pouco tempo atrás.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60899
De: Alberto Sena Data: Seg 30/8/2010 15:35:18
Cidade: Montes Claros
VAMOS À FAZENDA DE IDALÍCIO

Alberto Sena

Bom mesmo era quando pai falava: ‘amanhã, nós vamos à fazenda ‘Aliança’, de Idalício`. Nem aguentava esperar o dia seguinte chegar para ir a pé à fazenda ‘Aliança’, de Idalício. Ia dormir cedo que era para a noite passar rápido e o dia seguinte chegar logo.
Bem cedinho, aos primeiros clarões do dia, pai acordava e chamava para tomar café. Depois, pé no caminho. A fazenda de Idalício era longe. Tínhamos de andar muito debaixo do sol causticante de Montes Claros.
Outro dia, conversava com o advogado e ex-deputado federal Genival Tourinho, o que denunciou a ‘Operação Cristal’, na ditadura militar, e ele me disse que a fazenda ainda existe. Gostei de ouvir a informação, porque conservo boas lembranças daquele lugar.
Idalício era irmão de Petronilho Narciso. Petronilho era compadre de pai e morava na Rua Carlos Pereira. Era pai – entre outros – de Pedro, Chiquito, Maria Inês, Petronilho Narciso Jr. Este último, era menino de sete/oito anos de idade, regulava comigo. Éramos, inclusive, colegas de sala no Grupo Escolar Gonçalves Chaves, ali na Praça Dr. João Alves.
Três imagens me vêm à cabeça ao me lembrar das vezes em que fomos a pé à fazenda ‘Aliança’, de Idalício, meados da década de 1950.
Imagem 1: Chegávamos, e de longe vimos algumas pessoas na frente da sede da fazenda. Ficamos pensando ‘o que será que aconteceu?’ e quando nos aproximamos mais vimos: o capataz da fazenda havia matado a pau uma cobra enorme e a estendera no arame da cerca. Exibia-a como troféu. Ficamos impressionados, parecia que em todo canto da fazenda tinha cobra e era um perigo andar por ali sozinho.
Imagem 2: nos fundos da sede da fazenda havia um grande pomar, cheio de pés de manga. Na safra, era tanta manga que ninguém dava conta. Virava lama debaixo das mangueiras. As pessoas derrubavam manga de todo jeito: na vara, na pedrada ou na mangada, quer dizer, atiravam manga verde para derrubar manga madura.
De repente, ouviu-se um tiro. Era de espingarda ‘chumbeira’ do capataz, que a disparou para o alto contra um bando de maitacas que passava fazendo ‘krec’, ‘krec’, ‘krec’.
Duas delas caíram aos nossos pés. Agonizavam. Uma delas ficou comigo. A outra ficou com Maria Inês. E ela exibia a maitaca, quando um dos cachorros da fazenda avançou na mão dela e a arrebatou. A menina chorou. Não sei se de susto ou porque perdera a maitaca para o cachorro.
Imagem 3: era de manhã e voltávamos da fazenda `Aliança`, de Idalício. Pai, Petronilho (filho) e eu. Era uma trilha em meio a arbustos com grandes árvores dos lados, mas bem afastadas.
Pai levava uma maleta na mão.
Na copa da árvore mais alta, vimos uma ave enorme. Devia ser um gavião. Exibia o peito esbranquiçado.
Pai colocou a maleta no chão. Abriu-a. Retirou de dentro dela uma espingarda desmontada. Montou-a. E em seguida carregou-a. Levou a espingarda à altura do ombro e fez mira contra a ave posada na copa da árvore.
Para mim, tudo aquilo era novidade: nem sabia que pai tinha espingarda. Fiquei estático. Torcia em silencio para que o gavião percebesse as intenções de pai.
O cano da arma estava apontado para o bicho.
Eu rezava. Pedia a Deus para fazer a ave voar.
E parece que Deus atendeu porque antes de pai disparar o gatilho a ave bateu asas e voou. Voou em círculos. Sumiu das vistas.
Pai retirou as balas da espingarda. Desmontou-a. Em seguida guardou-a na maleta. E seguimos viagem, a pé, de volta a Montes Claros.
Em casa, ao chegarmos, mãe, como sempre fazia, encheu uma bacia com água morna, pôs um punhado de sal, e o menino tomou ‘um banho de sal’.
Segundo mãe, era para ‘descansar as pernas’, porque a fazenda ‘Aliança’, de Idalício, era longe.
Na cabeça do menino, alheio ao tempo, era preciso andar horas e mais horas para chegar à fazenda ‘Aliança’, de Idalício, hoje dentro do perímetro urbano de Montes Claros.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60898
De: João Carlos Data: Seg 30/8/2010 14:50:21
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
É cada vez maior a insegurança na nossa cidade, hoje por volta do meio dia dois jovens de 13 e 14 anos aproximadamente foram assaltados por um individuo na rua Cairo no bairro São José. Os adolescentes tinha acabado de sair do Colégio São José, onde estudam.Voltaram para casa sem as mochilas e descalços, já que roubaram também os seus tenis. A policia compareceu ao local mas não conseguiu êxito na captura do bandido.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60894
De: Corpo de Bombeiros Data: Seg 30/8/2010 10:55:49
Cidade: Montes Claros/MG
Na manhã deste domingo, 29 de Agosto, por volta das 09:00 horas, o Corpo de Bombeiros de Montes Claros foi acionado para atender um grave acidente automobilístico na MGT 135, KM 355, zona rural da cidade. No acidente, um veículo Gol, placa de Montes Claros, saiu da pista e veio a capotar, vitimando fatalmente o condutor, Sr. Ozório M. de Oliveira Junior, 31 anos. O passageiro, Sr. Everton L. Gomes Aires, 21 anos, não sofreu lesões. A equipe de bombeiros efetuou os primeiros socorros e utilizando de equipamentos, como o aparelho desencarcerador, efetuou a retirada das ferragens de sobre as vítimas, que foram conduzidas para o atendimento médico hospitalar. No atendimento da ocorrência foram empenhados cinco bombeiros militares e uma viatura operacional de Salvamento.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60887
De: Luiz Ortiga Data: Dom 29/8/2010 23:14:48
Cidade: Brasilia/DF
E-mail: luizortiga@gmail.com
Taí, não havia pensado nisso. A turma de Montes Claros que escreveu o livro "Èramos Felizes e sabíamos" acaba de inventar um novo tipo de libações alcoolicas. Trata-se de fazer noitesde autógrafos itinerantes e sempre é motivo de grandes comemorações.O útil ao agradável. Estiveram aqui em Brasília, onde compareci, seguiram para BH e em Montes Claros foi feita uma festa de arromba. Sei que a coisa não pára por aí. Mas o importante mesmo é que o livro, coletânea de contos de uma rapaziada que compunha uma turma, geração que veio logo após a minha, é excelente. São relatos de fatos e coisas acontecidas com os jovens montesclarenses que valem a pena ser perpetuados num livro muito bem feito. Lembrem-se que a colonia de Montes Claros no Rio, SP, Salvador e outras cidades que não me lembro, é grande e vale a pena uma e mais outra comemoração, digo, noite de autógrafos. Meu abraço.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60881
De: Graça Data: Dom 29/8/2010 10:01:31
Cidade: Moc
Depois de duas semanas completas, a meteorologia passou a ver temperaturas noturnas em M. Claros acima dos 10 graus. Para os próximos dias, a previsão do tempo anuncia que noites e madrugadas terão medidas em torno de 14 graus, mínima, no mínimo. Vamos a ver.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60880
De: Mirella Data: Dom 29/8/2010 05:24:09
Cidade: Londres  País: Inglaterra
Que maravilha a Gol vai mesmo operar esse trecho,minha familia e de Montes Claros e sempre que vou visita-los e o maior transtorno,meu voo chega em confins dai alem de ter que mudar de aeroporto com bebe de colo e um monte de bagagens,tenho que viajar numa aeronave de dar medo,alem disso precos abusivos.Parabens a todos que conseguiram mais essa conquista para nossa querida Montes Claros!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60879
De: Campos Data: Sáb 28/8/2010 22:06:46
Cidade: Brasília DF
Dois mineiros estão entre as 72 vítimas da chacina na fronteira entre o México e os Estados Unidos. São Juliard Aires Fernandes, de 20 anos, e Hermínio Cardoso dos Santos,de 24. Até agora, não se sabe de qual cidade eles saíram para tentar a vida nos Estados Unidos. Os traficantes chegaram antes. Mataram os 72.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60875
De: Raphael Reys Data: Sáb 28/8/2010 14:30:36
Cidade: Moc - Mg  País: Br
E-mail: raphaelreysmoc@yahoo.com.br
Prezados leitores: Na minha última postagem 60841"Noite Quente no Kentura Kente" deveriater constado " Noite Quente no Skema Kent". Ademais, por distração e por estar com eles no meu coração, esqueci de citar e dar o destaque da presença dos escritores Ademir Fialho, Eduardo Lima e o notável catrumano Augusto Vieira Neto, o Augustão Bala Doce. Peço perdão aos mesmose aos meus leitores pela distração.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60871
De: Hoje em Dia Data: Sáb 28/8/2010 11:47:47
Cidade: Belo Horizonte /Mg
Fraude no Bolsa Família em Moc - Mãe do vereador Claudinho da Prefeitura é acusada de receber benefício durante cinco anos - Girleno Alencar - A dona de casa Maria Eva Rodrigues de Jesus, 70 anos, mãe do vereador Cláudio Rodrigues de Jesus (PPS), é acusada de receber irregularmente benefício do Bolsa Família por quase cinco anos, entre setembro de 2004 a julho de 2009. o programa assistencial atende famílias com renda per capita inferior a R$ 140. Porém, conforme apuração da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, a renda individual da família de Maria Eva seria de R$ 1,7 mil, considerando salário do político, que vive com ela. (...) Ontem, o vereador Cláudio de Jesus, o “Claudinho da Prefeitura”, se disse surpreso com a informação e alegou desconhecer que a mãe recebia o dinheiro. No dossiê elaborado pela prefeitura, uma assistente social visitou a casa de Maria Eva, no Bairro Maracanã, no dia 14 de maio do ano passado, para verificar a composição e a renda familiar. Ao consulta o Sistema de Benefícios ao Cidadão, constatou-se que a família recebia o benefício de R$ 50 referente ao Bolsa Família Jovem. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60869
De: Santana Data: Sáb 28/8/2010 09:50:06
Cidade: Brasíia DF
Minas que se cuide. O ex-governador Roriz, novamente candidato ao poder no Distrito Federal, prometeu que se ganhar vai ampliar a área do DF por Minas e Goiás. Diz que o projeto original previa 15 mil quilômetros quadrados para a região sede do governo federal, e que o projeto foi reduzido. E promete que vai recuperar a área.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60866
De: Alves Data: Sex 27/8/2010 23:01:38
Cidade: Montes Claros /MG
A Lua Linda, a Praça, os Seresteiros. A conjunção perfeita aconteceu agora, na Praça da Rosa Mística. A Seresta naturalmente cantava as Modinhas de João Chaves - O Bardo, Amo-te Muito, etc., autorizando que a bela voz dos irmãos Saraiva e dos seus companheiros buscasse as duas Montes Claros - a suave, e a profunda. "Noite inolvidável", disse alguém. E a lua concordou.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60865
De: Vanilde M. Santos Data: Sex 27/8/2010 22:07:57
Cidade: M. Claros
São 22:06 e está passando aqui no bairro major prates um carro fazendo propaganda de (...). Esta falta de respeito por parte deste candidato terá resposta nas urnas.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60861
De: Haroldo Tourinho Filho Data: Sex 27/8/2010 17:32:17
Cidade: Montes Claros
E-mail: ha-tour@hotmail.com
EU, PATÃO E O REI...

Não sei quantas vezes o Rei apresentou-se em Montes Claros. Assisti a dois de seus shows. Em julho de 1963, mero plebeu, hospedou-se no Hotel São José. Ele e o violão. Talvez nem mesmo empresário tivesse. Também não sei se com ele aconteceu o que ocorrera uns dois anos antes a Cauby Peixoto, que teve as vestes estraçalhadas pelo histérico público feminino. Já li, ou ouvi, que as costuras das calças e paletós dos ídolos de então eram simplesmente alinhavadas. Assim, bastava um puxão para o rei ou príncipe ficar nu ou em cuecas samba-canção. Roberto, que nem príncipe era, talvez tenha escapado da multidão.
Contam que, ao descobrir a amada Moc, cantou-a primeiro no campo do Ateneu, o que não posso testemunhar. Eu o vi, em carne e osso, no Clube Montes Claros. Ele e o violão. Sequer um simples pandeiro acompanhava o moço... Não foi mole entrar no clube. Seu Oswaldo Landim, comissário de menores, pai de Nivaldo e Maçarico, me perseguia. Tinha eu quase 13 anos e ele já me havia barrado em Juventude Transviada (proibido para menores de 14), no Coronel Ribeiro. Logo eu, fã de James Dean! O danado sabia a idade de todos os meninos e meninas da cidade. Salvou-me a Providência divina, na pessoa de Barreto, Antônio, diretor do clube, que me fez entrar pela porta que dava acesso às salas de jogo. Subi as escadas em dois tempos e me vi de repente no salão de baile, onde fui acolhido em mesa ocupada por amigos do meu irmão mais velho, Raymundo. Servi-me de um hi-fi (vodka com crush) para me mostrar como gente grande e desse não passei, pois logo estava meio tonto, como se anestesiado. Mas me fez bem. Vi tudo com outros olhos, as lâmpadas brilhavam mais intensamente, a fumaça dos cigarros tudo envolvia, enfim, ali estava eu. Anunciaram o cantor do momento, que deixou a mesa de uma turma de rapazes e subiu ao palco. Ele e o violão. Cantou Calhambeque, Rosa-Rosinha e outras canções que não me lembro mais. Findo o show, eu não tinha mais nada a fazer ali. Deixei o clube pela porta da frente, causando estupor em Seu Oswaldo. "Como ele entrou?" escutei-o perguntar a Zé Idálio, outro comissário de menores que depois virou detetive.
Veio o ano de 1964 e lá fui eu para a terceira série ginasial. Colégio São José, educação marista. Esse educandário foi construído através de doações em dinheiro da burguesia local com o intuito de melhor ensinar e domesticar seus rebentos. Falavam que o ensino ali era "apertado", ou seja, não dava moleza ao alunado. Havia lá certos castigos, tais como ficar de pé diante de uma parede durante algum tempo ou copiar uma mesma frase centenas de vezes. Duas burrices. A primeira, porque os que pegavam parede eram sempre os mesmos, reincidentes em algum tipo de falta - talvez uma outra medida educativa surtisse melhor efeito; a segunda, porque as chamadas linhas de nada adiantavam - melhor seria a obrigação de copiar textos... A planta do São José veio da França, sede da congregação marista, fundada pelo padre, hoje beato, Marcelino Champagnat. Junho, 06, data de seu aniversário, era feriado escolar. Delícia! Excelente colégio! Lá chegávamos com uma boa base, como se dizia, proporcionada por ótimos grupos escolares, notadamente o Francisco Sá, o Dom João Pimenta e o Gonçalves Chaves, onde estudei. Corpo docente formado por professoras dedicadíssimas e preparadas.
Na terceira série do marista, além das matérias tradicionais tínhamos, uma vez por semana, aulas de desenho, música e caligrafia, esta última com todo o material necessário: caderno especial, tinteiro e caneta de madeira com pena. Causavam aflição e gastura garatujar com aquelas penas... Foi numa dessas aulas de música que me aproximei de Ricardo Milo. O querido irmão Wagner, que também lecionava história, nos quinze minutos finais permitia aos alunos colocar músicas de sua preferência na radiola portátil que disponibilizava para tal. Lá foi o Milo e, para surpresa minha, botou Beatles pra rodar. Era um compacto simples com duas canções, uma de cada lado: She loves you e I want to hold your hand. "Uai, ele gosta de Beatles!" Num colégio se fazem amizades e até hoje andamos juntos.
Na minha casa, papai não tinha tempo pra música. Quando as ouvia - raramente - gostava de óperas. Aída (Verdi) era a sua predileta. Mamãe gostava de tudo, talvez um pouco mais de fados e Bach. Sabia também todas as letras e melodias das marchinhas de carnaval. Boa baiana. Raymundo e Layce, irmãos bem mais velhos, estudavam em BH e, quando aqui, em férias, promoviam suas laranjas-amigas, como então eram chamadas as horas-dançantes. Foi aí que conheci seus amigos e amigas (dessas, Bisa Costa, filha de Elisa e Joaquim, era a mais bonita, alías a mais linda moça já surgida em Moc, juntamente com Luizinha Barbosa, que não me lembro se participava daquelas laranjas-amigas), que levavam discos e mais discos para embalar as noitadas. Dançavam rock and roll, cheek-to-cheek, boleros (Perfídia, El reloj, La barca...). Na nossa big radiola estéreo, potentíssima para a época, rolava de tudo nessas ocasiões: Sinatra (lembro-me da capa de A swing affair, que trazia Night and day e outra canção - a segunda do lado B - que adoro e ainda canto ao chuveiro: The lonesome road), Ray Charles, Ella Fitzgerald, The Platters, Charles Aznavour, Maurice Chevalier, Edith Piaf, Elvis, Paul Anka, Neil Sedaka, Bill Halley e todos aqueles do rock. Benny Goodman e sua clarineta, Glenn Miller, Duke Ellington, Louis Armstrong, Count Basie, Waldir Calmon e Sua Orquestra (Uma noite no Arpège...), Tommy Dorsey e todas aquelas big bands.
Naquele ano de 1964, fevereiro, ouvi The Beatles pela primeira vez. Aconteceu numa loja de discos em BH. Ia passando e a coisa me pegou. Foi um choque, uma paulada, um terremoto mundial! Eram em tudo diferentes de todos, a começar pelos trajes e cabelos. Cantavam, tocavam e compunham! Nada mais seria como antes. Bandas de rock se multiplicaram mundo afora, todos os garotos queriam ter a sua e aqui em Moc chegamos a 36. O resto veio dali: sexo livre, pílula anticoncepcional, minisaia, Tropicália, Woodstock e outros festivais e o fim da guerra do Vietnan, após um movimento nunca, jamais visto pela paz, que teve em Lennon uma das principais cabeças. Ponto negativo, as drogas, com excessão da maconha, que também é remédio.
Já conhecia The Beatles através de jornais e revistas. Brian Epstein, certamente o maior e mais inventivo empresário do show business, trabalhara muitíssimo bem a imagem do quarteto. Assim, quando - espantado - os ouvi naquela loja sem saber quem tocava aquilo, ao ver a capa do compacto simples disse comigo: "São eles!" Era o mesmo compacto que Ricardo Milo apresentaria à turma do São José algum tempo depois. O dele era promocional, da loja de eletrodomésticos de seus irmãos, Radioluz, ali na praça Dr. Carlos. Começava com uma propaganda do creme dental Kolynos (outro muito consumido era o Philips, meu preferido, que desapareceu do mercado). Saímos daquela aula de música já amigos, pensando em montar um conjunto como aquele, o que viria dar nos Brucutus. Mas antes de mais nada era preciso aprender a tocar.
Roberto Carlos retornou a Moc em 1966, por ocasião da Exposição Agropecuária, férias de julho. Chegou na posição de príncipe, exigindo casa de campo ou uma outra na cidade, desde que recuada, e que tivesse piscina... Veio em avião fretado com todo o conjunto, o RC-7. Ficou na cidade, em casa recuada, com piscina, onde não caiu, a residência do casal Josephina e Hermes de Paula, querido e saudoso médico, historiador, folclorista e seresteiro-mor. Os Brucutus ainda não possuíam aparelhagem própria. Tocávamos nos instrumentos do Les Chèris, conjunto do Automóvel Clube que tocava outras músicas, caretas... Nossos agradecimentos a Vicente Alves, Zé Toco, Toni, Cassaçá, Eronildes e Lúcio, pelo muito que nos ensinaram e corrigiram. Embora tardio, fica aqui o registro.
Creio que Roberto apresentou-se no campo do Cassimiro antes do show no AC. Assisti ao último, um negócio! Seu conjunto era excelente, alguns dos melhores músicos do país estavam ali. Quando o príncipe levou Quero que vá tudo pro inferno! o salão explodiu, literalmente. Essa canção foi o seu passaporte para a Majestade. Antes do fim do ano foi consagrado Rei. E até hoje mantém a coroa.
Foi de Patão a ideia de o visitarmos. O objetivo da entrevista, nada louvável, seria solicitar ao Rei uma doação para a compra de instrumentos. Relutei, porém, pelo sim, pelo não, acabei indo. Combinamos com nossa amiga Virgínia de Paula, em cuja casa Sua Alteza se hospedava, e no dia seguinte lá chegamos para o café da manhã. Surge o Rei. Miudim... Simpático. Botinas pretas (ele não usa nem toca em nada que seja marrom, não passa debaixo de escada, só sai pela porta por onde entrou e por aí vai...), calça Wrangler e blusa banlon verde de manga comprida. Deu bom dia a todos, sentou-se, sentamo-nos, ele passou os olhos pela farta mesa e perguntou com aquela voz fanhosa: "Tem claybom?" Tinha. Desde então Sua Alteza se cuidava... Comeu uma fatia de mamão, tomou uma taça de suco de laranja, café com leite, passou claybom em uma bolacha de sal, cobriu-a com outra, montou seu sandubinha e deu o desjejum por encerrado. Aproximava-se a nossa hora...
Da mesa do café passamos à sala de visitas. Deixei o pepino pro Pato. Quase caí de costas quando este pediu, nada mais, nada menos, do que uma guitarra de presente. Corei. Quase vomito o café. O Rei coçou a cabeça, disse que só possuía a sua guitarra Mosrite, chamou um assessor (talvez o seu rodie) e pediu-lhe que trouxesse um encordoamento da mesma marca. Alguém perguntou o que eu tocava na banda, Brucutus. Ganhei dois pares de baquetas americanas com pontas de nylon e uma caixa com duas vassourinhas Ludwig. As vassourinhas, dei-as de presente a Zé Toco, batera do Les Chèris, uma vez que eu não as utilizava em nosso repertório.
Ligaram do aeroporto. O avião real sofrera uma pane. Ficamos ali conversando por cerca de uma hora, aí o Rei finalmente partiu. Tivemos um segundo e último encontro, em BH, mas essa é outra história...
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60855
De: Waldyr Senna Data: Sex 27/8/2010 12:53:36
Cidade: M. Claros
Caiu do telhado

Waldyr Senna Batista

Há três semanas, foi dito aqui que a aliança do prefeito Luiz Tadeu Leite com o deputado Gil Pereira, para a disputa da eleição municipal, havia “subido no telhado”. No período decorrido, as coisas evoluíram com rapidez e já se pode agora anunciar que o acordo “caiu do telhado”, cumprindo a derradeira etapa da conhecida anedota lusitana.
O acordo que, ao ser firmado, exigiu prolongadas conversações, foi rompido sumariamente, mediante simples entrevista coletiva do prefeito dando conta de que, no gabinete da vice-prefeita Cristina Pereira, foram identificados quatro funcionários “fantasmas”, ligados ao grupo do marido dela, o deputado Gil Pereira. Os funcionários foram afastados, sem que a vice-prefeita, que se encontra em licença, tenha sido informada previamente. O prefeito deu a entender que há muitos outros, a serem ainda identificados.
Levado ao pé da letra, o procedimento equivale a dizer que a vice-prefeita foi “despejada” de sua sala, sendo de supor que, ao retornar de sua licença não-remunerada, ela poderá passar pelo constrangimento de não ter gabinete onde se acomodar ou sequer contar com um “birô” em que possa se apoiar.
Na verdade, ao apontar sua metralhadora giratória contra sua vice na entrevista à imprensa, o prefeito tinha como alvo o marido dela, devido a episódios relacionados com a campanha eleitoral em curso, em que os dois apoiam candidatos diferentes ao Governo do Estado, tendo de contrapeso a candidatura de Tadeu Filho à Assembleia, batendo de frente com a do marido da vice-prefeita.
Com tantos complicadores, o casarão da Prefeitura acabou não comportando os protagonistas do acordo que, desde o início, tinha tudo para não dar certo, pois faltava nele o principal ingrediente, que é a afinidade. Essa história de funcionários “fantasmas” é mero pretexto ou, no mínimo, demonstração de desorganização interna, porque não se concebe que tenham sido necessários quase dois anos para se identificar esses seres fantasmagóricos perambulando pelas salas e corredores do casarão, que agora se tem como mal-assombrado.
Antes da atual Constituição federal, os vices não tinham lugar nas administrações. Só eram chamados quando ocorriam os afastamentos legais dos titulares. Agora eles são parte integrante do esquema administrativo, com gabinete próprio, quadro de servidores e, ressalvados os acidentes de percurso, como agora, com livre acesso ao gabinete do titular.
O vice-presidente da República, José Alencar, ocupa um palácio em Brasília, onde despacha e recebe delegações de políticos, que o têm como “ponte” com a Presidência da República, ministérios e demais órgãos federais. Foi em uma audiência com ele que políticos e empresários do Norte de Minas conseguiram a execução do projeto de reconstrução da BR-135, custeado pela ACI ( Associação Comercial e Industrial de Montes Claros). José Alencar ligou para o ministro dos Transportes apresentando a delegação e a obra foi conduzida a bom termo.
No Estado funciona sistema semelhante. O vice-governador tem gabinete no edifício do BDMG, onde recebe comitivas do interior e despacha com sua assessoria.
O princípio constitucional não prescreve a forma como o vice exercerá suas atribuições. Cabe a cada município essa regulamentação. No caso dos de maior porte, como Montes Claros, o ideal seria instalar o gabinete do vice em prédio separado da Prefeitura, com estrutura própria e quadro de pessoal definido. Isso evitaria constrangimento como o que espera a vice-prefeita Cristina Pereira, que pode acabar isolada nas escadarias ou nos corredores quando decidir retornar às funções para as quais foi eleita. O que não seria de nada civilizado.

(Waldyr Senna é o mais antigo e categorizado analista de política em Montes Claros. Durante décadas, assinou a "Coluna do Secretário", n "O Jornal de M. Claros", publicação antológica que editava na companhia de Oswaldo Antunes. É mestre reverenciado de uma geração de jornalistas mineiros, com vasto conhecimento de política e da história política contemporânea do Brasil)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60853
De: A. Barbosa Data: Sex 27/8/2010 11:23:46
Cidade: M. Claros
Ao contrário do que seria normal acreditar, o tempo das eleições no Brasil - depois da última ditadura - não é exatamente uma quadra de euforia, de comemorações, de júbilo. Não é. Ao contrário. E não é por desencontradas razões, que um rápido olhar pelas ruas desvenda. Primeiro, porque a política em curso não empolga. O voto não mais escolhe. No máximo, homologa o que antes foi decidido por conveniências acima das nuvens, tramadas em algum lugar onde não podemos ver. Segundo: a atividade tem atraído mais os mais desqualificados, em razão do ambiente turvo da disputa ferida no campo imundo, onde todo valor humano é rebaixado, se esvai. A disputa mais se dá em torno de vantagens individuais -, e não pela genuína oportunidade de servir, de buscar o bem comum - razão última da existência do Estado e, por conseqüência, da Democracia. Os melhores, os que se prepararam e poderiam envergar a condição de candidatus (palavra latina que designa aquele que não tem mácula, e aí especialmente nos limites da elevação moral), este se abstém do jogo espúrio. Acresce que os políticos muitos são impiedosos - para dizer o mínimo - com aqueles de quem esperam receber o voto, e que por tolerância dispõem-se a exercer o sufrágio, ainda que com a mão na boca, especialmente sobre o nariz. Veja os casos próximos, em qualquer cidade: já circula pela internet lista interminável dos candidatos que mais ofendem os eleitores, com propagandas barulhentas e desprovidas de qualquer valor. Métodos que revelam o despreparo do candidato (candidatus?) para a função que espera desempenhar. Se não respeitam o eleitor no momento em que pedem o voto, como respeitarão depois? - é o que todos se perguntam. Os assim maus candidatos, por razões óbvias, não são capazes de entender que dispersam os apoios que pretendiam recolher se tivessem idéias a apresentar. O mar definitivamente não está para peixe. A festa que deveria ser da democracia então se transforma num penoso tempo de tormentos para o eleitor/cidadão, agredido e acuado por onde vai, sem que seja respeitado. Não era isto o que os combatentes da ainda recente última ditadura tinham em mente quando lutaram - e lutariam de novo - contra o rebuço da luz, a ditadura, reino do obscurantismo, que é recorrente - é preciso não esquecer. Infelizmente dá metástases. O sol não se abriu sobre nós.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60852
De: Hoje em Dia Data: Sex 27/8/2010 11:16:06
Cidade: Belo Horizonte /Mg
Rota aérea BH - Moc a ‘preço de banana’ - A guerra das empresas aéreas pelos passageiros beneficiará os montes-clarenses que viajam na rota Belo Horizonte – Montes Claros: a passagem está sendo comercializada a partir de R$ 79,00 pela Gol Linhas Aéreas, com cinco vôos, está oferecendo a mesma passagem por R$ 149,90 para o mesmo dia, numa redução radical dos seus preços, que saem sempre na média de R$ 439,00. Ontem, os passageiros podiam comprar a passagem pelo site com estes valores. A Trip vendia a passagem a R$ 379,00, enquanto para hoje, a R$ 439,90(...)
A assessoria da Gol Linhas Aéreas informou que a empresa se destaca como o maior companhia aérea de baixo custo da América Latina, e iniciou, desde quarta-feira, a venda de passagens para seu novo destino doméstico: Montes Claros, a partir de 1° de novembro de 2010, via Belo Horizonte/Confins. O vôo começará às 22h43 do Aeroporto de Confins e chegará a Montes Claros às 23h25 e depois de pernoitar no aeroporto de Montes Claros, sairá às 5h50 e chegará às 6h40(...)
A passagem da Gol tem dois valores: no dia 1°, quem sair de Belo Horizonte para Montes Claros pagará R$ 99,00 na tarifa programada e R$ 159,00 na flexível; enquanto no dia 2, no voo saindo de Montes Claros, a programada é de R$ 79,00, enquanto a flexível é de R$ 139,00 para quem sair de Montes Claros para Belo Horizonte. Na Trip Linhas Aéreas, ontem, a passagem estava sendo vendida de R$ 379,90 para o modelo prata, R$ 439,90 na ouro e R$ 539,90 na diamante. Para o dia 1° de novembro, estava sendo vendida a R$ 149,90 no menor preço e R$ 539,90 a mais cara.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60845
De: Cristina Data: Qui 26/8/2010 20:32:05
Cidade: Belo Horizonte
Venho supkicar ao moc.com, que sempre foi um defensor na cidade de Montes Claros. Estive visitando a cidade nas festas de agosto e fiquei impressionada com o abandono que a Praça da Matriz está. Mendigos e usuários de droga perambulando pela grama. Roupas estendidas na grade do coreto. Não tem mais um canteiro com flores. A fonte sem as cores. A Praça que foi tão bem revitalizada, já está em petição de miséria. Temos lido aqui diariamente que os Secretários de Urbanismos e de Meio Ambiente estão sendo muito contestado, mas não pensava que a praça estava tão emporcalhada. O prefeito é muito experiente e não pode deixar a Praça da Matriz voltar a ser o que era até o meio da década passada. Uma Praça não é de uma administração. A Praça é do povo. Por favor, façam alguma coisa, porque a situação está horrível. Voltei para BH muito deprimida. Quem não tem competência que não se estabeleça.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60842
De: Lucília Data: Qui 26/8/2010 16:31:32
Cidade: Montes Claros
A previsão era de umidade relativa do ar nos 25 por cento em M. Claros, hoje. Contudo, neste horário, já caiu para 20% - nível crítico, de alerta se aproximando do máximo. Mas não é só em M. Claros. Metade do Brasil está na mesma situação. A solução é ingerir muita água e colocar um balde dágua no ambiente de dormir.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60841
De: Raphael Reys Data: Qui 26/8/2010 16:03:37
Cidade: Moc - Mg  País: Br
E-mail: raphaelreysmoc@yahoo.com.br
NOITE QUENTE NO KENTURA KENTE

Sábado 21 últimos, área reservada do Restaurante Kentura Kente, point da noite e oráculo dos tomadores de loura gelada. Chego às 19: hs e encontro, já instalado no átrio o jornalista Paulo Narciso, paramentado de discípulo do mestre Zanza e acompanhado de sua alma gêmea, a escritora Raquel Souto.
Logo, Nenzão Maurício adentrou a nave de Baco com sua alegre Patrícia. Trazia armas e bagagens e os exemplares do nosso livro “Éramos Felizes e Sabíamos”. Joselito, o secretário executivo de Virgínia de Paula comandou a venda.
Um a um foram chegando os componentes da galera de escritores tupiniquins, filhos diretos ou adotados de Figueira, com seus familiares e convidados. Nilo Pinto e Amália Drumond felizes com a organização nos trinques.
Virgínia de Paula com um penteado chique arrasou com seu charme, vestida de preto para matar. Segundo o cabeceira tupiniquim Eduardo Lima, ela parecia uma debutante.
A noite era de acadêmicos, jornalistas, músicos, escritores, convidados.
Yvonne Silveira, a presidenta da Academia Montesclarense de Letras foi ovacionado ao chegar. Presentes os escritores Petrônio Braz, presidente da Aclesia (Academia de Ciência e Artes do São Francisco) e Dário Cotrin, presidente do IHGMC (Instituo Histórico e Geográfico de Montes Claros).
A imprensa marcou comparecimento em massa, atendendo ao nosso apelo e engrandecendo o evento. Luiz Carlos Novaes, editor do Jornal de Notícias e sua esposa, Hermano Konstantino, editor do Gazeta do Norte de Minas, Paulo Narciso e Raquel, da rádios 98 AM e FM e do site www.montesclaros.com, Angelina Antunes, editora do Caderno Mulher, do Jornal de Notícias, Márcia Yellow fazendo a cobertura fotográfica para o seu Dzai, Felicidade Tupinambá, coordenando a equipe da TV Canal 20 e muitos outros que logo se misturaram a alegria da festa.
Ambiente naturalmente descontraído de almas afins.
Amália Drumond abriu a solenidade e foi seguido pelo sociólogo e líder da trupe, Geraldo Maurício que discursou sobre a obra e saudou a todos. A acadêmica Yvonne Silveira falou de improviso e como sempre abrilhantou o evento. Efusivamente aplaudida.
Velhos amigos, velhos amores, conhecidos que se reencontraram entre muitas lágrimas, amplexos e ósculos.
Ucho Ribeiro, o pai da idéia literária, leu uma recente crônica publicada com a alma cheia de contentamento. Seu irmão Fred e familiares eram só alegria e animação. Presença maciça das famílias: Deusdará, Narciso, a acadêmica Milene Coutinho, capitaneando os Maurício.
Juquita Queiroz e seu Grupo de Chorinho Geraldo Paulista (Tião, Wanderdayk, Raphael, Jonathan e Kollek) com um repertório de bossa nova e balanço violaram nossos corações com recordações do puro som do Beco das Garrafadas. Instrumentistas, cantores, performances se sucederam, solo, dupla e trio. Pura magia curraleira!
Haroldo Cabaret com Tiupas, lembrando Os Brucutus, Nenzão, Geraldo Carne Preta, um show popular e luxuriento mostrou panca de artista. Cantaram bossa nova, Valéria Mascarenhas e Juliana Peres. O músico Yuri Popoff fechou a noite com chave de ouro.
A animação tomou conta dos corações e Antonieta Fernandes que alem de cantar em dupla com Nenzão Maurício, dançou um pá de deux tropical com Ademir Fialho (sempre de fogo e penducando o equilíbrio). Outros casais animaram a pista.
Numa mesa só de capa de revista, o reflexo da luz dos spots nos cabelos louros de quatro beldades de fechar quarteirão. A charmosa jornalista Angelina Antunes, a beleza grega da artista plástica Conceição Melo, o charme quase fatal de Márcia Yellow e a graça da socialite Mirian.
Em virtude das festas de agosto e com a cidade cheia de turistas, visitas e parentes vindos de fora, muitos telefonaram e passaram e-mail comunicando a impossibilidade de estarem presentes fisicamente.
Aviso aos navegantes. O livro será lançado brevemente no Rio de Janeiro, sob a coordenação do cineasta Paulo Henrique Souto. Logo estaremos editando o segundo livro da turma. Vem coisa por aí!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60830
De: Simone Data: Qui 26/8/2010 08:39:13
Cidade: Montes Claros - MG
Os políticos estão torturando os eleitores no centro de M. Claros. Prometeram fazer uma campanha limpa, sem acuar as pessoas, mas gradativamente estão abandonando o pacto feito com intermediação da Justiça Eleitoral. Nesta quarta-feira, por volta das 18h, o quadro era o seguinte na Praça Dr. Carlos, a mais central da cidade: um carro de "reportagem" parava alternadamente nos dois pontos de ônibus da Praça, de um lado e outro. Do interior do carro, parado no meio da pista por longo tempo, um locutor despejava o discurso patético sobre os que esperavam a condução para casa, mistura de brejeirice política e apelo religioso, tudo em proveito de um ex-vereador - que, claro, perdia votos a cada grito do propagandista aloprado. Ele ia de um lado para o outro da praça, estacionava na rua, onde é proíbido estacionar, gritava o que bem queria, e não era incomodado por ninguém, apesar de transgredir abertamente todas as regras de trânsito, todas as regras da lei eleitoral, todas as regras da educação, todas as regras da boa conduta religiosa, enfim, todo estoque disponível de regras. (...) Ao seu patético trabalho, que dizia ser de "imprensa", "de quem os políticos tem medo", vinham se somar meia-dúzia de carros de som e o número em dobro de bicicletas de som, tudo acuando os indefesos eleitores nos pontos de ônibus, loucos para chegaram em casa, depois daquele inferno em que se transforma, diariamente, a mais central praça da cidade, ao fim de um dia de trabalho. Dante, que descreveu as escaladas do outro Inferno, não viu esta versão montesclarense dos políticos, que está ao alcance da vista de todas as autoridades. O pior é que os políticos, na sua cegueira, não percebem que estão gastando dinheiro para perder os votos que pedem. Um desastre. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60829
De: O Tempo Data: Qui 26/8/2010 07:26:03
Cidade: Belo Horizonte /Mg
Gol inicia venda de passagens aéreas para Montes Claros - A GOL iniciou nesta quarta-feira (25) a venda de passagens para Montes Claros, região norte de Minas Gerais. Os voos regulares já autorizados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e demais autoridades, serão realizados a partir de 1o de novembro deste ano. Os voos serão via Belo Horizonte, partindo do Aeroporto Internacional Tancredo Neves (Confins).
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 60823
De: Déborah Versiani Data: Qua 25/8/2010 18:52:54
Cidade: Montes Claros
E-mail: dversiani@yahoo.com.br
È com grande pesar que escrevo sobre falecimento do grande mestre Geraldo Paulista (seu Gera) que foi uma rande figura da história cultural de Montes Claros, não só por ter fundado o curso de violão do aclamado Celf (Conservatório Estadual de Música Lorenzo Fernandes)mas também por ter participado da Marujada de Montes Claros, contribuindo assim com a nossa cultura.. é muito triste saber que não teremos mais a alegria e o sorriso de seu Gera que me cumprimentava sempre que eu passava pela janela de sau casa..Montes Claros hoje perdeu uma grande figura ilustre da nossa cultura.. um grande homem..Seu Gera.. Saudades Eternas!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Página Anterior >>>

Abra aqui as mensagens anteriores:


Voltar à Página Inicial

 






Um olhar de Montes Claros sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros


Últimas Notícias

22/10/14 - 13h
Técnico do Atlético considera empate com o Bahia como um "castigo"

22/10/14 - 12h
Tarifa da conta de luz terá reajuste médio de mais de 17%

22/10/14 - 11h
Meteorologia antecipa “nuvens carregadas” nas próximas 48 horas no N. de Minas. Hoje pode chover 10 milímetros em M. Claros

22/10/14 - 10h
Robinho é acusado de estuprar brasileira em Milão, divulga jornal italiano

22/10/14 - 9h12
Multa de 1.915 reais, para quem fizer ultrapassagem perigosa, já será cobrada em novembro

22/10/14 - 8h
Carreta e caminhão batem e explodem na serra de Francisco Sá. Motorista morreu. Há mais acidentes

22/10/14 - 7h
Dataprev abre concurso com 4.016 vagas e salário de até 6,3 mil reais


21/10/14 - 21h21
Prefeitura X Copasa: "...não foi permitida a entrada da Comissão, que visando fazer cumprir o que determina a decisão da Procuradoria do Município, lavrou Boletim de Ocorrência junto à Polícia Militar, registrado sob o nº 60.102. No documento é relatada a resistência ao cumprir o determinado no processo administrativo que cassou a concessão"

21/10/14 - 18h02
Grêmio avisa que Cruzeiro terá que pagar milhões de euros para ficar com Marcelo Moreno em 2015

21/10/14 - 17h
País tem 14.624 trabalhadores com contrato suspenso entre janeiro e setembro deste ano

21/10/14 - 16h02
Atlético enfrenta o Bahia hoje às 21h50, e meta é pontuar fora para consolidar boa campanha no Brasileirão. A 98 FM vai transmitir o jogo

21/10/14 - 15h
Prévia da inflação acelera para 0,48% em outubro e se mantém acima do teto da meta

21/10/14 - 14h
Manchetes dos jornais: “Copasa apela para água de mineradora contra seca” - “Lucro de empresas deve cair 10% no 3º trimestre”

21/10/14 - 13h
Brasil tem 2 aeroportos entre os piores - Guarulhos, em S. Paulo, e Galeão, no Rio. Caracas, na América Latina, e o de Cingapura ocupam os extremos

21/10/14 - 12h
Homem paralisado volta a andar, após transplante de células do nariz para a medula espinhal

21/10/14 - 11h
Irmão assassinado de vereador é enterrado em M. Claros. Ele levou tiro na briga entre pai e filho

21/10/14 - 10h
Secretaria de Saúde investiga outros 10 casos de chikungunya em Minas – um deles em M.Claros

21/10/14 - 9h15
Convocação para a seleção sub-21 do Brasil desfalca e complica o Atlético

21/10/14 - 8h55
"Olho pela janela - os montes claros encobertos pela chuva mansa. E a sinfonia de sempre nos pingos de chuva. O Natal parece que chegou. Glória a Deus nas alturas"

21/10/14 - 8h
OAB do Distrito Federal volta atrás e concede carteira de advogado ao ex-presidente do Supremo, Joaquim Barbosa

21/10/14 - 7h
Montes Claros amanhece com tempo nublado, chuva fina e fortes ventos. Há 90% de chances de chover 16 milímetros, hoje


20/10/14 - 18h
Galo deve pedir dispensa de Tardelli da seleção por causa dos jogos do Brasileirão e da Copa do Brasil

20/10/14 - 17h07
Bem mais magro, padre Marcelo confirma que teve depressão: "Fiquei muito mal"

20/10/14 - 16h
Dirigente reafirma confiança no Cruzeiro e convoca torcida para jogo contra o Palmeiras

20/10/14 - 15h
Instituto Federal abre seleção para preencher 296 vagas remanescentes em cursos superiores do Campus Januária

20/10/14 - 14h
Manchetes dos jornais: “De olho nas chuvas, Defesa Civil busca apoio da população” - “Maioria sofre falta d´água em São Paulo e já planeja estocar”

20/10/14 - 13h
Secretaria da Saúde confirma segundo caso de doença “prima da dengue” em Minas

20/10/14 - 12h
Padre Marcelo comenta investigação que sofreu do Vaticano: “se houve fiscalização, houve também o reconhecimento”

20/10/14 - 11h
A 9 pontos do líder Cruzeiro, Atlético acredita e prega humildade para chegar ao título do Brasileirão

20/10/14 - 10h10
M. Claros teve temperatura de 39 graus, às 18h de ontem. Pela previsão, há 60% de chances de chover 5 milímetros ainda hoje, 16mm amanhã, 13mm quarta e 2, quinta. Calor vai seguir e há risco de tempestades

20/10/14 - 9h
Violência faz o Brasil superar o México, na maior frota de carros blindados do mundo

20/10/14 - 8h
Cometa passou por Marte viajando a 203 mil quilômetros por hora

20/10/14 - 7h
Indústria e comércio devem contratar 163,6 mil trabalhadores temporários, no fim de ano


19/10/14 - 15h41
Homem é executado na porta de casa, na presença da mulher, por assaltante de chinelos e capacete. Jornal de BH descreve


18/10/14 - 18h
Atlético recebe, hoje às 21h, a Chapecoense. Cruzeiro busca, amanhã às 18h30, a reabilitação contra o Vitória. (A 98 FM vai transmitir os jogos)

18/10/14 - 17h
Cometa (sólido como um monte de talco) passará perto de Marte, amanhã - fenômeno que acontece a cada milhão de anos

18/10/14 - 16h
Brasileirão entra na 29ª rodada, hoje, com 4 jogos; amanhã, serão 6

18/10/14 - 15h
Manchetes dos jornais: “Idosos cada vez mais endividados” - “13º dos aposentados começa a ser pago em 24 de novembro” - “São Paulo tem calor recorde, e Sabesp prevê falta de água”

18/10/14 - 14h30
2ª parcela do 13º dos aposentados começará a ser paga dia 24 de novembro

18/10/14 - 14h
Semifinais da Copa do Brasil revivem rivalidades do passado

18/10/14 - 13h14
Prêmio de 40 milhões da Mega-Sena, que será sorteado hoje, dá para comprar 57 limousines ou 13 helicópteros

18/10/14 - 12h24
"Seu corpo teria sido trasladado a Edessa, antiga cidade da Mesopotâmia, hoje denominada Orfa, onde São João Crisóstomo indicou seu túmulo, assim como quatro outras sepulturas apostólicas"

18/10/14 - 12h
Chuva de 9mm some da previsão para M. Claros (depois, volta com 6). Calor deve seguir na semana que vem

18/10/14 - 11h
Não se esqueça - horário de verão começará neste sábado, à meia-noite - e até o dia 22 de fevereiro

18/10/14 - 10h
OMS reconhece muitas falhas no combate ao ebola, e até por burocracia

18/10/14 - 9h
Montadoras adiam retorno ao trabalho para adequar produção à redução nas vendas

18/10/14 - 8h
Impasse pode deixar 100 milhões de pessoas sem serviço de celular no país

18/10/14 - 7h
Supremo proíbe juízes de elevar salário de servidor público


17/10/14 - 18h
Jogadores de Serra Leoa sofrem preconceito por causa do ebola

17/10/14 - 17h16
Fim de semana terá uma hora a menos com a entrada em vigor do horário de verão, à meia-noite de sábado

17/10/14 - 16h
Ebola já matou 4.493 pessoas em 7 países; dos 427 profissionais de saúde contaminados, 236 morreram

17/10/14 - 15h
Apostador perde bilhete da Mega-sena e recorre ao Judiciário para provar que ganhou 16 milhões de reais

17/10/14 - 14h
Manchetes dos jornais: “Troca de aposentadoria será julgada até o fim deste mês” – ”Aécio reage a ataques e Dilma passa mal no fim”

17/10/14 - 13h
Meteorologia transfere para 2ª-feira o auge do calor esperado em Montes Claros, com temperatura de 39 graus

17/10/14 - 12h
Instituto Nacional do Câncer revela que, de cada 300 pacientes com câncer de mama, um é homem. Veja quais são os sintomas

17/10/14 - 11h
Jornal paulista diz que General Motors pretende demitir até 500 trabalhadores

17/10/14 - 10h
Vaticano altera tradução de documento e reduz abertura da Igreja aos homossexuais

17/10/14 - 9h14
"(...) encontrei um rapaz (...) que diz ser de Montes Claros e que quer voltar e ficar com a família, ele é andarilho e está dormindo debaixo da ponte, apenas em cima de um papelão sujo, etc..."

17/10/14 - 9h
Filho do vice-presidente dos EUA, expulso da Marinha por uso de cocaína, diz estar “profundamente arrependido e envergonhado”

17/10/14 - 8h
Tribunal reduz pena de médico que estuprava pacientes de 278 anos para 181, mas ele só ficará preso 30

17/10/14 - 7h
Pontos críticos das estradas mineiras mais que dobram em um ano, aponta pesquisa da CNT


16/10/14 - 18h
Companhias liberam uso de celular dentro de aviões. Medida começa pelo Equador

16/10/14 - 17h
Após 3 derrotas seguidas, Willian pede atenção nos próximos jogos do Cruzeiro

16/10/14 - 16h
Acusada de matar 38 pacientes, enfermeira pode ter vindo ao Brasil. (Há fotos dela com camisas do Flamengo e da seleção)

16/10/14 - 15h
Manchetes dos jornais: “Água em São Paulo pode acabar em novembro, admite Sabesp” - “Onda de incêndios causa primeiras mortes em Minas” - “Petróleo em queda ameaça investimentos da Petrobras”

16/10/14 - 14h
Economia brasileira desacelera e avança somente 0,04% no ano - segundo índice do Banco Central

16/10/14 - 13h47
Prefeitura: "A receita operacional da Copasa é em torno de R$ 100 milhões ano. Deste montante, R$ 25 milhões são destinados às despesas com funcionários e manutenção da estrutura e prestação de serviços. R$ 30 milhões são destinados ao custeio da diretoria da empresa em Belo Horizonte e há uma sobra de R$ 45 milhões"

16/10/14 - 13h
Unidade de Saúde no Paraná é interditada após árabe, vindo de Serra Leoa, apresentar sintomas de ebola. Secretaria nega

16/10/14 - 12h
Michael Jackson é a celebridade morta que mais lucra no mundo

16/10/14 - 11h
Meteorologistas dizem que auge da bolha de calor vai ser na tarde deste domingo. Alguma chuva deve chegar no dia 21, terça-feira

16/10/14 - 10h
Brasil já tem 337 casos da febre chikungunya, doença mais dolorosa do que a dengue

16/10/14 - 9h32
"...gozava de alto conceito na corte, não fez curso superior, era destemido, teve 78 filhos, a maior parte deles com escravas. Era homem bondoso, constando que não castigava os escravos. Pediu até que fosse sepultado no mesmo cemitério deles"

16/10/14 - 9h
Geração de emprego formal tem o pior mês de setembro em 13 anos, pelos números oficiais

16/10/14 - 8h
Menino de 6 anos leva tiro no rosto, no Beco do Beija-Flor. Menores testavam armas

16/10/14 - 7h
Atlético festeja goleada histórica sobre Corinthians e classificação para semifinal da Copa do Brasil


15/10/14 - 19h25
"Segue anexo posicionamento oficial da Copasa com relação à prestação de serviços em Montes Claros. (...) Tal situação leva a crer que o município tem a intenção de retomar a concessão da Copasa de forma truculenta, arbitrária e unilateral"

15/10/14 - 18h
Cruzeiro jogará com mudanças, hoje, contra o ABC pela Copa do Brasil

15/10/14 - 17h
Mega-Sena pode pagar prêmio de 18,5 milhões hoje à noite

15/10/14 - 16h
Cientistas descobrem que câncer de pulmão pode se esconder por 20 anos

15/10/14 - 15h02
Atlético aposta em histórico de viradas para eliminar o Corinthians na Copa do Brasil



OUÇA E VEJA A 98 FM
Todos direitos pertecentes a Rádio Montes Claros 98,9 FM. O material desta página
não pode ser publicado, transmitido por broadcasting, reescrito ou distribuído
sem prévia autorização