Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - sexta-feira, 21 de junho de 2024

Um dos 3 corpos recuperados por Israel, nesta madrugada, é de avô de 59 anos, nascido em Niterói, único brasileiro entre os reféns. No 7 de outubro, ele havia ido buscar a neta

Sexta 24/05/24 - 6h41

O brasileiro Michel Nisembaum, de 59 anos, morto pelo Hamas em 7 de outubro, teve o corpo recuperado em operação das Forças de Defesa de Israel nesta sexta-feira (24).

O Exército de Israel confirmou, nesta sexta-feira (24), a recuperação do corpo.

O corpo de Michel e de mais dois reféns foram recuperados durante a madrugada em Jabalia, no norte de Gaza, e houve confrontos armados.

Michel Nisembaum teria sido morto ainda no 7 de outubro, dia da invasão de Israel pelo Hamas.

Até a operação desta madrugada, a família ainda acreditava que pudesse ter sido apenas sequestrado e preso, e tinha esperanças de encontrá-lo vivo.

Michel nasceu em Niterói, no Rio, e morava perto de Gaza há 40 anos.

Também foram recuperados os corpos dos israelenses Hanan Yablonka e Orion Hernandez.

As famílias foram informadas a identificação.



O brasileiro vivia em Israel desde os 12 anos.

Se mudou para lá com a irmã para morar com parentes.

Morava em Siderot, no sul de Israel e a 10 quilômetros da Faixa de Gaza, perto da irmã, das duas filhas e dos netos.


Havia ido buscar uma das netas quando foi atacado. A neta estava na base militar onde sua mãe serve ao Exército.

O avô, ao saber que militantes haviam invadido o país, decidiu buscar a criança.

No caminho, foi atingido por tiros, no carro.

O brasileiro não estava entre os corpos identificados posteriormente por autoridades israelenses.

A pista que levou autoridades a acreditarem que ele havia sido sequestrado foi seu computadori localizado na Faixa de Gaza.

***

✅ Clique para seguir o canal da 98FM/montesclaros.com no WhatsApp👇🏻
Acesse aqui

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais