Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - segunda-feira, 5 de dezembro de 2022

Mural

Jornalismo exercido pela própria população

Deixe sua notícia neste Mural, clique aqui para enviar

Mensagem N°86555
De: Afonso Cláudio Data: Sábado 3/12/2022 09:24:35
Cidade: Montes Claros/MG

Casos e óbitos por Covid-19 em Montes Claros

Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, divulgado ontem, informa que 1.405 novos casos da doença foram registrados entre 26/11/22 e 2/12/22.
O penúltimo Boletim, de 25/11/22, informou 1.624 casos. Portanto houve redução de 13,5% nesta semana.
Em relação a 2 semanas atrás houve aumento de 77,2%. O número de casos passou de 793 para 1.405.
Desde o início da pandemia o número de casos de Covid-19 confirmados em Montes Claros chega a 93.467.
O número de óbitos, que era de 1.089 até 25/11/22, passou para 1.090, devido a um óbito registrado em 30/11/22. Em 24/9/22 havia ocorrido o penúltimo óbito.

Afonso Cláudio
3/12/22, 9h16m - São Francisco Xavier

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86554
De: Afonso Cláudio Data: Quinta 1/12/2022 23:01:26
Cidade: Montes Claros/MG

montesclaros,com: "Mais uma carreta tomba na BR-251, e despenca em ribanceira de 15 metros. Mais um motorista morre, de 33 anos. Quinta 01/12/22 9h36"

Acidentes de trânsito

Entre 18/2/22 e 01/12/22 anotei dados de acidentes de trânsito, a grande maioria em rodovias, nas regiões Norte, Centro, Noroeste e Triângulo, de Minas Gerais.
Totais: Número de acidentes 187; Mortos 124; Feridos 293.
A mensagem 86441, de 11/9/22, apresentou as participações percentuais das rodovias federais, das estaduais e de regiões urbanas e rurais.
A BR-251 foi a que teve os maiores percentuais no número de acidentes, de feridos e principalmente de mortos, entre 18/2 e 11/9/22, sendo quase diários os graves ou gravíssimos acidentes na mesma, infelizmente.
Em 11/9/22 os totais eram: Número de acidentes 132; Mortos 84; Feridos 187.
As causas dos acidentes e diversas sugestões para maior segurança dessas rodovias foram abordadas em muitas mensagens publicadas neste Mural, nos últimos 4 anos aproximadamente.
Que as famílias das vítimas tenham as bênçãos e proteção de Deus pelas perdas dos seus entes queridos. E que os sobreviventes dessas trágicas rodovias tenham a recuperação necessária à sua saúde.

Eng. Afonso Cláudio de Souza Guimarães
01/12/2022, 22h56m

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86553
De: Manoel Hygino Data: Sábado 3/12/2022 07:24:30
Cidade: Belo Horizonte

Hora da decisão

Manoel Hygino

Durante vários dias, o Brasil parou – quando não andava já bem das pernas – para assistir aos jogos da Copa do Mundo. Futebol é um esporte que agrada aos nascidos nesta parte do planeta que se localiza no hemisfério Sul das Américas, o Novo Mundo celebrado não apenas por Colombo. Na primeira partida, tudo bem. A seleção, dita Canarinha, derrotou o contendor por 2 a 0. E agora?

Em verdade, a população deste território está preocupada com o valor das mensalidades escolares e com os preços dos comestíveis nos supermercados e feiras-livres, ou não livres. Eles andam pela hora da morte (para usar a expressão popular), até porque os valores são muito elevados para quem precisa alimentar famílias mais numerosas. Os integrantes da comissão de transição no âmbito do governo federal se estagnam sem definir por esta ou aquela proposta defendida na enorme comissão constituída.

Os membros de mencionado órgão parecem estar em dúvida, como aquele vendedor de abóboras do interior mineiro: não sabem se são a favor ou contra aquela medida, antes pelo contrário. Sabedoria de roceiro, que não é bobo, não senhor.

No final de contas, os técnicos consideram que as desigualdades sociais, regionais e de renda no Brasil contribuem para perpetuar uma estrutura de baixa mobilidade social no país. Esta situação dificulta a ascensão dos mais pobres e assegura a permanência dos mais ricos, os privilegiados, no poder.

Fazer o quê?

Até o início efetivo da gestão do novo presidente, muita água vai correr sob a ponte da vida nacional, possivelmente engrossando o caudal viscoso dos preços de artigos de primeira necessidade. Quem viver, verá.

O economista Breno Sampaio, autor, ou um dos autores de estudo em questão, comenta: “Uma parte do Brasil sustenta o discurso de que, se você se esforça na vida, você se dá bem”. Outro economista opina: “Somos uma sociedade bastante desigual em termos de oportunidade. O esforço não significa sucesso”.

Ainda, segundo os pesquisadores: “o papel da educação parece ser central na determinação da renda futura das crianças. E a qualidade do ensino tende a explicar as diferenças regionais. Um dos indícios é a constatação de que quanto mais novos são os filhos no momento da migração, maior é o impacto da mudança sobre sua renda futura”.

E a interrogação se mantém. Os pesquisadores recorreram dados e pareceres técnicos de vários países e organizações internacionais. Agora é esperar e rezar.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86552
De: José Ponciano Neto Data: Quinta 1/12/2022 16:14:58
Cidade: Montes Claros- MG  País: Brasil

A ÁGUA EM MONTES CLAROS – 07 de NOVEMBRO / 2022.

A Barragem da Copasa em Juramento MG conta com 56,60% da sua capacidade com 04,67  metros abaixo do nível normal. - Entretanto, tem previsão de encher neste período de chuva de Outubro/22 a Março/23.

Região de Juramento MG responsável por 45,8 % do abastecimento de Montes Claros, já recebeu 211,0 milímetros de chuva desde 01 de Outubro/ 2022.  
- O nível atual é maior que do mesmo período desde 2017

Montes Claros tem demanda em torno de 1100 litros por segundo, que é abastecida por várias captações, sendo elas - maiores: Rio São Francisco em Ibiai-MG >Barragem de Juramento MG e Rio Pacuí em Coração de Jesus.  Além de outras captações de médio porte, como:Rebentão dos Ferros > Lapa Grande e barragem dos Porcos KM 07 - BR 365. Estas três, suas águas são tratadas e  distribuídas através da Estação de Tratamento Água (foto) situada no alto do Morrinho(Colina de Dona Germana).

Em período das chuvas entra em operação a captação “Sazonal” situada no Rio Verde Grande em Riacho do Fogo, zona rural de Montes Claros.

OBS: O Sistema São Francisco que abastece Montes Claros: -   Com intuito de otimizar a operacionalização, o Sistema ainda em testes operacionais e calibrações – com isto, há uma variação de vazão. Entretanto encontra-se com suas instalações 100% prontas para mandar água, que, a princípio, será de 500 litros por segundo.

FATO: 30 de Novembro - DIA DO ESTATUTO DA TERRA.- Logo após assumir o poder, os militares incluíram a reforma agrária entre suas prioridades. Um grupo de trabalho foi imediatamente designado, sob a coordenação do Ministro do Planejamento, para a elaboração de um projeto de lei de reforma agrária. O grupo trabalhou rápido e,no dia 30 de novembro de 1964, o Presidente da República, após aprovação pelo Congresso Nacional, sancionou a Lei nº 4.504, que trata do Estatuto da Terra.O texto constituiu-se na primeira proposta articulada de reforma agrária, feita por um governo, na história do Brasil. 

XXX - XI – XXII
(*) JOSÉ PONCIANO NETO é Técnico em Recursos Hídricos /Meio Ambiente – Ex- Supervisor de Gestão de Barragens e supervisor de Estação Climatológica com tanques Classe A.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86551
De: Afonso Cláudio Data: Quinta 1/12/2022 12:57:08
Cidade: Montes Claros/MG

Descargas elétricas

01/12/22, 11h40m:
Forte pancada de chuva, com raios, no Cândida Câmara.Teve um que caiu aqui perto da nossa casa, outra vez, parecendo canhão, semelhante a 2 que caíram em 15/11/22, sobre o qual comentei na mensagem 86527, a respeito de prevenção de acidentes com eletricidade, publicada pelo Mural em 16/11/22.
Parece que os prédios que vêm sendo construídos aqui perto estão favorecendo as descargas dos raios com mais frequência do que antigamente, quando quase não havia prédios, principalmente os mais altos e eram raros os trovões parecendo tiros de canhão.
É bem verdade que as mudanças climáticas, que afetam o mundo, têm também sua influência sobre as tempestades, chuvas e o comportamento dos raios.

Saúde e paz.
Afonso Cláudio
01/12/22 - 12h49m

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86550
De: José Ponciano Neto Data: Quarta 30/11/2022 10:33:33
Cidade: Montes Claros- MG  País: Brasil

A SOCIEDADE MUNDIAL ESTÁ CRIANDO UMA NOVA GERAÇÃO DE MONSTRINHOS!

O que virou moda nos últimos anos, é a modalidade de ataques às escolas – são alunos (adolescentes), que, nem sequer sabem o que significam os símbolos que desenham nas paredes das escolas.

Na nossa época de escolas, as pichações eram dentro do banheiro, sempre, alusões aos órgãos genitais ou apelidos. Entretanto, quando a faxineira descobria as malignas – chamava as professoras, que, pelas letras; traços ou ortografia; sabiam qual aluno fez aquilo! Era 98% de acerto após as investigações das mestras. Vinham os castigos e as orientações acerca dos dos bons procedimentos sociais e respeito. - Éramos corrigidos!

Depois vieram os alunos aloprados, aqueles que escalavam os locais mais altos do colégio para pichações com desenhos indecifráveis ou frases misteriosas.

Aí, começou a bagunça! A direção de alguns colégios tinha e tem até hoje medo de corrigir ou divulgar o nomes dos arruaceiros – temem repressão dos pais dos mesmos; e até processos administrativos em caso de não conseguir testemunhas.

Deu no que deu! Os jovens de hoje estão em estado luxuriante pelo prazer de ser marginais.

Estão invadindo as escolas simplesmente para satisfazer o seu prazer de atacar e matar colegas e professoras. E quando são identificados esses criminosos responsáveis pelos ataques - vêm com a velha desculpa: - “meu filho toma remédio controlado!” – “meu filho teve um surto psicótico!” – “meu filho é depressivo!”. Pronto! Não dá em nada!

E pra piorar... apareceu um jogo do diabo de nome “BULLY” que ensinam e incitam os adolescentes a praticarem a violência aos professores, e em muitos casos, humilham as supervisoras e diretoras para provocar desordens. Além de ser danoso com as ameaças aos colegas de escola.

Dizem que esses jogos contém imagens do colégio a ser atacado e até vídeos das armas a serem usadas.

É uma verdadeira aula de terror por meio de uma violência incontrolável.

Cabe às autoridades competentes proibir a venda destes vídeos de jogos "BULLY" e os pais ficarem atentos aos movimentos dos filhos fora dos padrões e às atitudes duvidosas inversas aos comportamentos anteriores - tanto dentro de casa ou fora.

Diante de tantos ataques a escolas e shoppings - uma PARCERIA entre os órgãos competentes à segurança como: Polícia Militar – Polícia Civil – Ministério Público – Prefeitura através das suas secretarias de educação e Defesa Civil – Guarda Municipal - Procuradoria Geral do Município – Comissões da Assembléia Legislativa de Minas gerais e da Câmara Municipal, com o intuito de criarem um projeto de combate às ameaças e ataques às escolas e outros logradouros públicos.

Seriam ações bem vindas à segurança dos frequentadores. Principalmente nas escolas!

Já a imprensa, pode ajudar nesse contexto - deixando de lado o sensacionalismo, e, parar de divulgar a minúcias do fato. Pois, dependendo da forma de divulgação, fomenta ainda mais esses tipos de atos diabólicos. Os detalhes do crime servem de orientações para o alistamento do crime!

PS: É de 0 aos 07 anos que se forma (concretiza) a personalidade do futuro cidadão, e dos 12 aos 21 que desponta a personalidade adquirida. Dependendo das pessoas escolhidas para babá – berçário e pré-primário para educar seu filho, é que teremos formação de um grande cidadão ou um grande criminoso! Sem contar que a criação doméstica é a mais importante – desde que tenha harmonia e religião no lar!

- Detalhes que aprendemos com a religião e os mestres da filosofia.

José Ponciano Neto é Católico, Apostólico, Romano – Ex-membro do Grupo de Jovens da Igreja São Vicente de Paulo de Montes Claros (1978) e do Grupo de Jovens do Santuário do Bom Jesus de Manhumirim-MG (1975) – Ex Venerável Mestre da Ordem Maçônica e Técnico em Meio Ambiente Urbano e Natural.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86549
De: Manoel Hygino Data: Quarta 30/11/2022 09:50:07
Cidade: Belo Horizonte

Esperando o BID

Manoel Hygino

A eleição de Ilan Goldfajn à presidência do BID tem dado o que falar, e se compreende perfeitamente. Embora o nome, ele é brasileiro e personalidade conceituada nos altos negócios do Brasil.

Sabe-se que o BID é importante fornecedor de crédito para países da América Latina e Caribe e, para chegar ao mais elevado posto da instituição, Goldfajn teve de enfrentar poderosos grupos e personalidades no mundo do dinheiro e do empresariado, inclusive os interesses de outros governos pretendentes ao cargo.

Desenvolto e rápido na manifestação de suas posições nas áreas que enfrentará, como já demonstrou no Banco Central, de que foi diretor, o novo presidente do BID não se deixou envolver pelas opiniões e manifestações daqueles que são contra seus pontos de vista. Ele sabe o que pensa e o diz com competência e argumentação de hábil contendor.

O que o move agora é o poder que adquiriu, ao ascender à presidência com 80% de votos do seleto eleitorado, sem se misturar com outros possíveis técnicos da área econômica. Não se trata, no caso específico, de uma Copa do Mundo, do lado de cá do planeta.

Ilan conhece o que tem em suas mãos. Apenas para o setor público, o BID dispõe de uma carteira de empréstimos de US$ 14 bilhões. Para a área privada, há uma divisão como a BID Investe, com aproximadamente, US$ 4,53 bilhões disponíveis.

Não é só: por sua BID Lab, há US$ 100 bilhões, que as destinam a financiar startups, que andam tão em moda internacionalmente. As nações das Américas e do Caribe especialmente estão de olhos gordos nestes créditos.

Não se esqueça, ademais, que uma das maiores negociações com o BID e o Brasil se concretizou com Minas Gerais, durante o mandato do governador Israel Pinheiro. Foi a de financiamento do Planoroeste o mais elevado empréstimo aos países representados no Banco, naquele período.

Recordo que, então Israel ressaltava o significado dos 145 milhões de cruzeiros aplicados de 1970 a 1975 pelo BID, enquanto o governo mineiro entraria com igual importância para concretização do projeto anunciado.

Seria oportuno que se inspirasse no passado e se avaliassem os resultados do projeto e da opção dada pelo BID naquela oportunidade. Um novo estado surgia naquela extensa região de Minas, abrindo expectativas para novos e vultosos empreendimentos. Os bons exemplos se encontram evidentemente no pretérito.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86548
De: Afonso Cláudio Data: Quarta 30/11/2022 08:52:29
Cidade: Montes Claros/MG

montesclaros.com: "Chuva da noite foi de 28mm no Alto dos Morrinhos. Possibilidade de chover durante o jogo de hoje é de 40%, subindo para 60% depois das 15h. (`Águas` iniciadas em 22 de setembro somam 223mm nos estúdios da Rádio 98 FM Montes Claros) - Segunda, 28/11/22 - 7h07".
"Corpo de Bombeiros sobre chuva excepcional em Capitão Enéas: `...na madrugada de segunda-feira entre 00h e 04 h choveu aproximadamente 220mm` - Terça, 29/11/22 - 20h33"
"Norte de Minas está no alerta `laranja` para chuvas fortes até segunda-feira - Quarta, 30/11/22 - 7h11".

Prevenção de acidentes em tempestades

A semelhança dos milímetros de chuva em Montes Claros (223) e em Capitão Enéas (220), citados nas manchetes acima, é quase uma igualdade, porém os tempos das precipitações são muito desiguais: 67 dias em Montes Claros e 4 horas em Capitão Enéas.
Distância entre as 2 cidades: 63,0 km (via BR-251 e MGC-122).

Anteontem (28/12), por volta das 17h, notícia de chuva de granizo em Belo Horizonte, com duração aproximada de 30 minutos, na região Centro-Sul, e árvore de grande porte caiu na Pampulha.
Na mesma região (Pampulha), a rede elétrica de uma rua do bairro Ouro Preto pegava fogo, após descarga elétrica no local.
Na regional Oeste, nos bairros Buritis e Estoril, também houve chuva de granizo.
Segundo a Defesa Civil da Região Metropolitana de BH, as regionais Venda Nova e Leste correm risco geológico.

No Paraná, o deslizamento da BR-376 (Dourados/MS - Garuva/SC), no km 669, em Guaratuba, litoral do Estado, que arrastou 15 carros e 6 caminhões, tem como manchete do g1 hoje:
"Chuva não dá trégua e BR-376 pode desabar, diz Defesa Civil". "Corpo de Bombeiros diz que risco de novos desmoronamentos é alto. Rodovia está totalmente interditada desde a noite da última segunda-feira (28). Deslizamento matou pessoas e arrastou veículos."

A rádio Jovem Pan afirmou hoje que todo o Brasil está sujeito a chuvas fortes nos próximos dias, devido ao calor típico da primavera (22/9 a 21/12), associado ao fluxo de muita umidade do ar resultante de fenômenos meteorológicos do tipo ZCAS (Zona de Convergência do Atlântico Sul), por exemplo.

Este conjunto de notícias, referentes a Capitão Enéas, Belo Horizonte e BR-376/PR, alerta para quem puder evite viagens pelo menos por uma semana, principalmente por rodovias que passam por regiões com serras e tenham grandes aterros, pois o acúmulo de água das chuvas pode provocar deslizamentos de grande porte, como o da BR-376, com risco elevado de gravíssimos acidentes.
Importante também que as populações sempre evitem transitar pelas cidades durante tempestades, com chuvas tão fortes como as que vêm ocorrendo, incluindo granizo, quedas de árvores, riscos provocados por descargas atmosféricas, rompimentos de cabos das redes de energia elétrica, alagamentos, inundações e deslizamentos de encostas.
Procure ficar em locais seguros, abrigado, protegido e, depois que a tempestade passar, volte à vida normal, com segurança.

E que o Pai Nosso sempre nos livre de todo mal.

Afonso Cláudio de Souza Guimarães - Engenheiro
30/11/22, 8h44m - Santo André

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86547
De: Manoel Hygino Data: Terça 29/11/2022 09:39:39
Cidade: Belo Horizonte

Oito bilhões mais

Manoel Hygino

No dia em que o Brasil comemorou mais um aniversário de Proclamação da República – 15 de novembro de 2022 -, a população mundial fez um registro: passou para 8 bilhões de pessoas. A imprensa pôde aproveitar o fato único, utilizando todos os meios de que dispunha. E o fez bem.

A Organização das Nações Unidas deu ênfase ao título, com justas razões. A entidade considerou “um importante marco no desenvolvimento humano”, mas ressaltou também “nossa responsabilidade compartilhada do cuidar de nosso planeta”.

São obvias as razões, a partir do fato de que “esse crescimento sem precedentes é resultado de um aumento progressivo da expectativa de vida, graças aos avanços em saúde pública, nutrição, higiene pessoal e medicina”.

Os avanços que conduziram à nova cifra apresentam ou representam deveres, dando continuação ao esforço que vinha de 1950, quando o planeta abrigava 2,5 bilhões de habitantes. Foi uma grande vitória, mas estabeleceu uma nova cadeia de deveres à humanidade. E a própria organização internacional, a ONU, advertiu para os enormes desafios para os países mais pobres, onde a evolução demográfica é mais acentuada.

Há de dar-se atenção ao fato e suas resultantes. O planeta ultrapassa a casa dos 8 bilhões de habitantes em meio à Conferência Mundial do Clima, a COP 27, no balneário egípcio de Sharm el-Sheikh, por exemplo.

Os países ricos medem seus deveres, porque eles são os maiores responsáveis pelo aquecimento global, e também dos pobres, que pedem ajuda para enfrentá-lo, de chegarem a um acordo para reduzir de forma mais contundente as emissões de gases de efeito estufa derivadas das atividades humanas.

Uma pesquisadora da ONU foi enfática: “Nosso impacto no planeta é determinado muito mais por nosso comportamento de que por nossos números”. Traduzindo: teremos de trabalhar e produzir muito mais para dar conta do recado, milhões de bocas que exigem mais alimentos e milhões de corpos mais assistência.

Ainda bem que não somos a Índia. Esta, com 1,4 bilhão de habitantes, superou a China e já é o país mais habitado do mundo.

Neste fim de ano, cabe-nos, pois, meditar sobre o que cada habitante da Terra precisará fazer para diminuir o impacto da nova ordem das cousas. Ou, então, caminhar fragorosamente para o destino final, para o qual nós estamos preparando nuclearmente.

Não se trata de um mero aviso, mas de uma tragédia amplamente anunciada. Cada homem de nosso tempo e desta hora tem grave responsabilidade nesta emergência. O destino da humanidade está nas mãos de cada um e de todos.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86546
De: Afonso Cláudio Data: Segunda 28/11/2022 10:25:18
Cidade: Montes Claros/MG

montesclaros.com: "Ataques a tiros - de estudante - contra 2 escolas deixam 3 mortos (2 professores e 1 aluno) e 9 feridos no Espírito Santo, a 85 km de Vitória. Sexta 25/11/22 - 12h31".
"Ataques contra escolas no Espírito Santo: menor usou arma do pai, policial militar, e estava em tratamento psiquiátrico. `Estamos vivendo um terror`, resume diretora de escola infantil. Sábado 26/11/22 - 7h09".
"Professora de 38 anos é a quarta morte em consequência dos ataques de estudante contra escolas de Aracruz. Sábado 26/11/22 - 17h45".

Prevenção de ataques em locais públicos

O Brasil registrou 12 ataques em escolas nos últimos 20 anos, conforme levantamento publicado pelo g1 em 25/11/22. Em todos os casos os assassinos eram alunos ou ex-alunos da instituição de ensino invadida.
De 2002 a 2022 nos 12 atentados morreram 32 pessoas e 62 ficaram feridas.
Os maiores números de vítimas fatais (68,7%) foram em 2011, no "Massacre de Realengo", quando 12 pessoas morreram após um ex-aluno atirar em jovens na Escola Municipal Tasso da Silveira, na Zona Oeste do Rio e em 2019, na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano/SP, com 10 mortos.
A frequência de assassinatos desse tipo aumentou nos últimos anos. Há 1,9 milhão de armas em circulação no Brasil (dados de junho de 2022). São armas registradas na Polícia Federal e Exército. Conforme a matéria informa, há um "conjunto enorme de armas nas mãos de civis, com um baixíssimo controle e incentivo ao uso de armas nos últimos 4 anos". Abaixo, a relação dos 12 atentados:

Nº / Cidade/Estado / Ano / Mortos / Feridos
1 Salvador/BA 2002 0 2
2 Taiuva/SP 2003 1 8
3 Rio/RJ 2011 12 13
4 São Caetano do Sul/ SP 2011 1 1
5 Santa Rita/PB 2012 0 3
6 Goiânia/GO 2017 2 4
7 Medianeira/PR 2018 0 2
8 Suzano/SP 2019 10 11
9 Caraí/MG 2019 0 2
10 Barreiras/BA 2022 1 0
11 Sobral/CE 2022 1 3
12 Aracruz/ES 2022 4 13

Totais: Mortos 32; Feridos 62

Outra matéria que pesquisei, da Uol, afirma que o bullying nas escolas e pais negligentes/confortáveis são as causas desses atentados. As escolas precisam analisar as relações virtuais pela Internet e na deep web (parte da web que não é indexada pelos mecanismos de busca e fica oculta ao grande público; é associada a conteúdo ilegal).
Os países nórdicos são exemplos. Ao invés de investirem em vigilância, aplicaram políticas públicas para formação específica de professores e de resolução de conflitos entre alunos.
Sobre controle de armas, a matéria da Uol diz: na maioria dos casos de ataques em escolas há comprovação de que a arma de fogo é obtida dentro de casa (número de vítimas é maior quando o atentado é feito com arma de fogo).

Com muita frequência, ao longo de vários anos, tomamos conhecimento de massacres em universidades e escolas dos Estados Unidos, com muitos mortos e feridos.
E um ataque extremamente covarde e cruel foi o da Creche Gente Inocente, em 5/10/2017, muito próximo de nós, em Janauba, a 134,8 km de Montes Claros, com 14 mortos: o autor do ataque, 3 professoras e 10 crianças, com repercussão nacional e internacional.

Mas esses ataques tão violentos e criminosos ocorrem também em outros locais públicos, como tratamos, por exemplo, na mensagem 83928, de 25/4/2019, abaixo reproduzida:

"Prevenção de ataques em locais públicos

"Qua 24/04/19 - 11h19 - Sri Lanka divulga foto do terrorista que chega para se explodir na igreja. Ataque, já com 359 mortos, é dos mais sangrentos desde o 11 de Setembro" - Em 2019 ocorreram 2 gravíssimos atentados em locais públicos que nos permitem refletir sobre a necessidade permanente de vigilância e prevenção de ataques a pessoas indefesas e inocentes, que podem chegar a desfechos ainda piores, como esse de 21/4/19, no Sri Lanka. Refiro-me ao de 13/03/19, na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano-SP, com 10 mortos e ao de 15/03/19, na Nova Zelândia, com 50 mortos. E é nessa linha de pensamento que reitero a primeira parte da mensagem 83719, de 13/12/18: "...Tendo em vista tantos atentados em locais públicos, no Brasil e no exterior, inclusive em templos de diferentes religiões, como o de 11/12/2018, na Catedral Metropolitana de Nossa Senhora da Conceição, em Campinas-SP, no qual 5 pessoas indefesas foram brutalmente assassinadas e o executor dos crimes suicidou, é indispensável triagem rigorosa das pessoas que têm acesso ao interior das igrejas, como é feito, ou deveria ser, em outros locais, tais como estádios, aeroportos, metrôs, shoppings, empresas, faculdades, colégios, creches, parques de exposições, fóruns, bancos, hospitais e outros prédios públicos, por exemplo.
No caso dos templos, cabe aos religiosos e fiéis, em conjunto com as autoridades policiais, uma maior vigilância, pois são muito abertos para a entrada dos fiéis, o que facilita o acesso de pessoas com transtornos mentais e de outras mal intencionadas, perigosas, principalmente as que estiverem portando armas de fogo ou de outros tipos, inclusive explosivos, podendo provocar tragédias..."
Infelizmente, as divergências humanas, quando não conduzidas com o devido respeito a Deus e ao ser humano, podem ser fruto de violências e tragédias, o que deve ser sempre prevenido pelos órgãos de segurança pública e privada com a eficácia e perfeição exigidas. O perigo existe em qualquer lugar do mundo. As notícias confirmam isto. Segurança nunca é demais.

Afonso Cláudio de Souza Guimarães - Engenheiro"

Que o Pai Nosso nos livre de todo mal.
Saúde e paz.

Afonso Cláudio
28/11/2022 - 10h19m

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86545
De: José Ponciano Neto Data: Domingo 27/11/2022 13:30:12
Cidade: Montes Claros- MG  País: Brasil

DR. ARTHUR JARDIM DE CASTRO GOMES

Há 125 anos 27 de Novembro 1897 – Nascia na então “Queluz de Minas” - hoje CONSELHEIRO LAFAIETE (MG), o multitalentoso maçom Ir.`. DR. ARTHUR JARDIM DE CASTRO GOMES - filho de José Henrique de Castro Gomes e dona Celestina Jardim de Castro Gomes.

Fez os cursos primário e secundário em Belo Horizonte MG, onde também fez o curso superior, na Escola de Engenharia e Escola Superior de Agronomia e Veterinária, tirando os diplomas de Engenheiro Mecânico-Eletricista e de Engenheiro Topógrafo e Rural.

Foi Prefeito dos municípios de Francisco Sá-MG e de Corinto-MG

Ocupou cargo de Engenheiro na Estrada de Ferro Central do Brasil - Engenheiro do Estado (Obras Públicas, em 1926, 1927 e 1930 - Engenheiro Residente do DER em Sete Lagoas - Engenheiro-Chefe dos Serviços de Paisagens e Urbanização de Quitandinha-RJ - Engenheiro do Departamento de Águas e Esgotos de Minas Gerais.

Dr. Arthur Jardim era também escritor, conferencista, jornalista e articulista de vários jornais, entre eles, “Gazeta do Norte”, “Gazeta do Lavrador” e “Diário da Noite”. - Como acadêmico, ocupou a cadeira de nº 26 da Academia Montesclarense de Letras.

O norte mineiro orgulha-se desse grande homem que muito honrou a nossa região com o seu caráter; competência; inteligência; habilidade e integridade inquestionáveis por todos os cargos que ocupou.

Maçom que trabalhava e praticava a maçonaria com muita veemência o seu amor e devoção pela sociedade por onde passou.

(*) José Ponciano Neto é Historiador – escritor – colunista literário do Site montesclaros.com - Ex-venerável da Loja maçônica Deus União e Trabalho – Membro da Loja Maçônica União, Paz e Justiça e membro da A.`.R.`.L.`.E.`.P.`. Cavaleiros do Vale do Jequitaí. CIM: 243540

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86544
De: Afonso Cláudio Data: Sábado 26/11/2022 20:20:26
Cidade: Montes Claros/MG

Covid-19 em Montes Claros

Análise da evolução do número de casos confirmados de Covid-19 em Montes Claros, entre 23/9 e 25/11/22 (9 semanas). Fonte: Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde deste município.

Semana / Datas / Nº de casos / Aum. %; comparação com semana anterior
1 23 a 30/9 8 ---
2 30/9 a 7/10 9 12,5
3 7 a 14/10 9 ---
4 14 a 21/10 9 ---
5 21 a 28/10 17 88,9
6 28/10 a 4/11 46 170,6
7 4 a 11/11 220 378,3
8 11 a 18/11 793 260,4
9 18 a 25/11 1.624 104,8

Total de casos = 2.735, entre 23/9 e 25/11/22

Entre a 5a. e 9a. semanas o número de casos passou de 17 para 1.624, com aumento de 9.452,9%.
Nas 9 semanas o número de casos passou de 8 para 1.624, o que corresponde ao altíssimo aumento de 20.200%.
O total de casos confirmados de Covid-19 acumulado desde o início da pandemia até 25/11/22 é 92.062.

Entre 30/9 e 18/11/22 não houve nenhuma morte por Covid-19 em Montes Claros, conforme os dados da SMS/Moc. O total de mortes publicado até 18/11/22, desde o início da pandemia, foi de 1.089. A última morte registrada foi na semana 1 (23 a 30/9/22).

Recomendações de especialistas da Fiocruz (mensagem 86541, item III), relativas à prevenção contra as infecções do coronavirus e suas variantes:
- Manter a vacinação em dia
- Usar máscara em locais fechados
- Higienizar sempre as mãos
- Evitar aglomerações
- Fazer teste de Covid (se houver sintomas)

Saúde e paz.
Afonso Cláudio
26/11/22, 20:00 hs
Amanhã - Nossa Senhora das Graças/Medalha Milagrosa e
Santa Catarina Labouré (1809 - 1876), da Ordem
das Irmãs da Caridade, fundada por São Vicente de
Paulo (1581 - 1660) em Paris.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86543
De: Afonso Cláudio Data: Sexta 25/11/2022 22:19:49
Cidade: Montes Claros/MG

Casos de Covid em Montes Claros

Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, divulgado hoje, informa que 1.624 novas pessoas foram infectadas nos últimos 7 dias.
O penúltimo Boletim, de 18/11/22, informou 793 casos. Portanto houve um aumento de 104,8% nesta semana.
Em relação a 2 semanas atrás o aumento foi de 638,2%. O número de casos passou de 220 para 1.624.
Desde o início da pandemia o número de casos de Covid-19 confirmados em Montes Claros chega a 92.062.

Afonso Cláudio
25/11/22, 22h11m

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86542
De: Afonso Cláudio Data: Sexta 25/11/2022 14:40:30
Cidade: Montes Claros/MG

Covid-19 em Minas Gerais

Fonte: Boletim Epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais, 25/11/22, 12h01m.

I) Números de mortes

Comparando os números de mortes entre 4 a 11/11/22 com 18 a 25/11/22 (2 períodos de 7 dias), o Estado de Minas Gerais aumentou 250,0%, passando de 10 para 35 mortes entre os 2 períodos. Na semana passada o aumento foi de 37,5% (mensagem 86532).
Número de óbitos confirmados nas últimas 24 horas no Estado: 0 (zero)

Quanto aos 10 municípios de maiores populações do Estado, 5 não tiveram mortes nos 2 períodos: Uberlândia, Betim, Montes Claros, Governador Valadares e Ipatinga (variação percentual = 0).
Reduções de mortes:
Juiz de Fora: 33,4% (passou de 3 para 2 mortes)
Belo Horizonte: 60,0% (de 15 para 6)
Contagem: 66,7% (de 3 para 1)
Ribeirão das Neves: 100,0% (de 4 para 0)
Uberaba: 100,0% (de 2 para 0)

II) Números de casos confirmados

No Estado houve aumento de 1.461,9%, passando de 966 para 15.088 casos entre os 2 períodos. Na semana passada o aumento foi de 329,6% (mensagem 86532).
Número de casos confirmados no Estado nas últimas 24 horas: 2.167

Quanto aos 10 municípios de maiores populações do Estado, houve os seguintes aumentos:
Governador Valadares 70% (número de casos passou de 60 para 102)
Montes Claros 1.685,8% (de 106 para 1.893)
Ipatinga 2.550,0% (de 2 para 53)
Belo Horizonte infinito (de 0 para 2.573)
Nos demais 6 municípios (Uberlândia, Contagem, Juiz de Fora, Betim, Ribeirão das Neves e Uberaba), não foram registrados casos nos mesmos, nos 2 períodos (variação percentual = 0)

Na semana passada o número de casos confirmados em Montes Claros teve aumento de 1.330%, com dados da SES/MG (mensagem 86532) e de 1.623,9%, em 21/11/22, com dados da SMS/Moc (mensagem 86534).

A mensagem 86541, de hoje, no item III - Manchetes, mostra mais informações e atitudes preventivas que devemos praticar, diante do crescimento muito elevado dos casos confirmados de Covid no Brasil, devido à variante Ômicron do coronavirus e suas sub-variantes.

Saúde e paz.
Afonso Cláudio
25/11/22, 14h33m

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86541
De: Afonso Cláudio Data: Sexta 25/11/2022 10:27:00
Cidade: Montes Claros/MG

Pandemia do coronavírus

I) Mortes

Classificação das variações percentuais dos números de mortes por covid-19, entre 4 a 11/11/22 e 18 a 25/11/22 (2 períodos de 7 dias), em ordem decrescente dos percentuais, referentes aos 10 primeiros países da classificação da Organização Mundial de Saúde.

7 países (70%) tiveram aumentos, variando de 1,5% (França) a 90,6% (Japão).
3 países (30%) tiveram reduções: Rússia (7,3%), Alemanha (9,0%) e Reino Unido (38,9%).
O Mundo teve aumento de 3,2%.

Class. / País / Mortes 4 a 11/11 / Mortes 18 a 25/11 / Var. %
1º Japão 427 814 +90,6
2º Itália 335 533 +59,1
3º Brasil 340 507 +49,1
4º Coreia do Sul 256 353 +37,9
5º Índia 41 51 +24,4
6º Estados Unidos 2.262 2.369 +4,7
7º França 472 479 +1,5
8º Rússia 371 344 -7,3
9º Alemanha 1.075 978 -9,0
10º Reino Unido 734 500 -38,9
Mundo 9.601 9.911 +3,2
Fonte: OMS/JHU, 25/11/22, 7h40m.

Na classificação das variações percentuais o Brasil ficou no 3º lugar em ordem decrescente. Passou de 340 para 507 mortes entre os 2 períodos, com aumento de 49,1%.
Em números absolutos de mortes o Brasil ficou no 5º lugar, também em ordem decrescente, com 507 mortes e média diária de 72 mortes entre 18 e 25/11/22. Os outros 5 países (do 6º ao 10º lugar) tiveram médias variando entre 7 (Índia) e 71 (Reino Unido).

Nas variações percentuais dos números de mortes entre os 2 períodos:
Melhor colocado hoje: Reino Unido(10º lugar)
Pior colocado hoje: Japão (1º lugar)

Números do Brasil e do Mundo, acumulados desde o início da pandemia:
Brasil: Casos confirmados 35.105.241; Mortes 689.342
Mundo: Casos confirmados 640.506.327; Mortes 6.627.987
Fonte: OMS/JHU, 25/11/22, 7h43m.

II) Casos confirmados no Brasil

Entre 4 e 11/11/22: 43.268
Entre 18 e 25/11/22: 134.198
Aumento de 210,1%

III) Manchetes

g1.com.br/coronavirus, 24/11/22, 20h26: "Brasil registra 71 novas mortes por Covid; média móvel de casos conhecidos está em 19 mil por dia."
Total de mortes: 689.396
Registro de mortes em 24 horas: 71
Média de mortes nos últimos 7 dias: 73 (variação em 14 dias: +59%) - tendência de alta
Total de casos conhecidos confirmados: 35.147.091
Registro de casos conhecidos confirmados em 24 horas: 25.790
Média de novos casos nos últimos 7 dias: 19.702 (variação em 14 dias: +133%)
Subindo: 11 Estados; Minas Gerais é um deles.
Em estabilidade: 7 Estados e o DF.
Em queda: 1 Estado (RS).
Não divulgaram até 20h: 7 Estados.

g1.com.br/coronavirus, 23/11/22: "Nova onda da Covid-19 - Casos graves de Covid sobem em 15 Estados, aponta Fiocruz."
"Crescimento já é registrado em todas as regiões do país. Entre todos os diagnósticos de doenças respiratórias, o coronavirus corresponde a 61% dos resultados positivos nas últimas quatro semanas.
Manter a vacinação em dia
Usar máscaras em locais fechados
Higiene das mãos
Evitar aglomerações
Fazer teste (em caso de sintomas)".

Saúde e paz.
Afonso Cláudio
25/11/22, 10h20m.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86540
De: Afonso Cláudio Data: Quinta 24/11/2022 13:15:58
Cidade: Montes Claros/MG

Conquistas de Copas FIFA: europeus x sul-americanos

I) Em 21 Copas, disputadas entre 1930 e 2018 (88 anos):
E = paises europeus; SA = paises sul-americanos
Continente / Copas / %
E 12 57,1
SA 9 42,8

II) Em 11 Copas, disputadas entre 1978 e 2018 (40 anos):
Continente / Copas / %
E 7 63,6
SA 4 36,4

III) Em 6 Copas, disputadas entre 1998 e 2018 (20 anos):
Continente / Copas / %
E 5 83,3
SA 1 16,7

Só o Brasil, entre os países sul-americanos, conquistou a Copa FIFA entre 1998 e 2018 (item III).

Anos em que o Brasil conquistou a Copa Mundial de Futebol:
1º 1958; 2º 1962; 3º 1970; 4º 1994; 5º 2002.
Portanto o maior intervalo sem o Brasil conquistar a Copa foi de 1970 a 1994 (24 anos).
Entre 2002 e 2022 já são 20 anos.
Se não conquistar o hexa agora, voltaremos para 24 em 2026.
Só ao longo das próximas semanas que saberemos.
O mais importante é a confraternização nacional e internacional que o esporte proporciona e que o Mundo precisa muito.

Relação dos países campeões da Copa FIFA (fonte: CNN Brasil, 23/11/22, 16h04m):

Ano / Campeão / Continente
1930 Uruguai SA
1934 Itália E
1938 Itália E
1950 Uruguai SA
1954 Alemanha E
1958 Brasil SA
1962 Brasil SA
1966 Inglaterra E
1970 Brasil SA
1974 Alemanha E
1978 Argentina SA
1982 Itália E
1986 Argentina SA
1990 Alemanha E
1994 Brasil SA
1998 França E
2002 Brasil SA
2006 Itália E
2010 Espanha E
2014 Alemanha E
2018 França E

Feliz Copa 2022!
Saúde e paz.
Afonso Cláudio
24/11/22, 13h09m.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86539
De: José Ponciano Neto Data: Quarta 23/11/2022 23:21:30
Cidade: Montes Claros- MG  País: Brasil

DIA INTERNACIONAL DO LIVRO

23 de Novembro de (...) – “O ano do nascimento do livro é incerto. Da vida do livro pouco se sabe, pois são raros os documentos que contam sua história.

Nem poderia mesmo haver um extenso registro escrito sobre um homem que viveu na Idade Média - época que ler e escrever eram privilégio de minorias - ainda que ele fosse o responsável por uma invenção que tornou a palavra escrita acessível a todos e assim ditou os caminhos por onde passaria a cultura humana.

Afinal somente depois que Johanes Gutenberg – gráfico do Sacro Império Romano - inventou a prensa tipográfica - as informações e o conhecimento começaram a ser divulgados de forma sistemática”.

Os livros são muito importantes para a nossa civilização. Desenvolvem a nossa imaginação, permitem-nos aprender, transmitir às gerações futuras, criam atividade econômica e criam empregos.

Os livros são muito importantes para as crianças porque desenvolvem a sua imaginação, os livros também podem tranquilizar a leitura e permite que você esqueça todos os elementos externos – diga-se de passagem - que são assustadores e mergulham na história do livro.

Esses argumentos desenvolvem a importância do livro que ajuda as crianças a crescer e se desenvolver.

Os livros são também a memória dos homens. Os grandes acontecimentos da história são contados, explicados para não serem esquecidos. Alguns fornecem informações e transmitem conhecimentos sobre o mundo que nos rodeia. Outros relatam o cotidiano e servem para nos fazer compreender melhor nossa existência e revelar a vida e os segredos de uma família.

Os livros guardam a história dos Homens assim como sua "Memória", desenvolvem a imaginação. Enfim trazem muito prazer para certas pessoas!

XXIII – XI – MMXXII
JOSÉ PONCIANO NETO é membro efetivo da Academia Maçônica de Letras do Norte de Minas – AMALENM e do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros – IHGMC e colunista literário no Site: montesclaros.com

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86538
De: Gustavo Mameluque Data: Quinta 24/11/2022 09:53:17
Cidade: Maldonado  País: Uruguay

A magia do futebol!

O futebol possui essa contagiante magia, que confraterniza, sem rancor e sem violência, todos os povos do mundo, principalmente durante as copas, que se realizam a cada quatro anos.
As mágicas integração e confraternização dos povos, durante a Copa do Mundo, representam a negação absoluta das relações desenvolvidas pelos governantes, no cotidiano, que contém muito de interesses econômicos e pouco de sinceras cooperação e integração como as demontradas pelo império russo frente a fragilizada Ucrânia.
Há pequenos gestos, ao longo de uma Copa do Mundo, que encerram, em si, o universo da tão sonhada paz mundial, assim como o DNA em relação à vida humana.
Esses pequenos gestos, por sua grandeza e alcance, são, indiscutivelmente, transcendentes e eternos, pelo seu simbolismo.
Vão, aqui, alguns deles. O primeiro ocorreu na copa de 1970, no México, a primeira transmitida para o Brasil, ainda em preto e branco. Os povos presentes no Estádio Asteca no jogo final entre Brasil e Itália desfraldaram uma enorme bandeira, com a seguinte mensagem: “Mexico campeon mundial del amistad” (“México, campeão mundial de amizade).
O segundo teve lugar na copa de 1974, na Alemanha – a primeira transmitida em cores para o Brasil –, ao final do jogo entre Brasil e Holanda, que fizeram uma das semifinais e que terminou com a vitória da Holanda, por dois a zero. O capitão do time holandês, Rud Krol, atravessou o todo o gramado e, após abraçar o lateral esquerdo Marinho Chagas – recém-falecido –, levantou-lhe o braço e pediu a todas as torcidas que o aplaudissem, como reconhecimento pelo seu belíssimo futebol e como belo gesto de amizade.
O terceiro deu-se em 1998, na fatídica final entre Brasil e França, quando o placar já era de três a zero para esta. O meia Rivaldo preferiu jogar a bola para a lateral para permitir o socorro médico a um jogador francês a tentar fazer o gol, em lance com real potencial para isso. Isso lhe valeu a inaceitável crítica de alguns de seus companheiros e de parte da imprensa esportiva.
O quarto na Copa de 2014, e foi produzido pelo vibrante, dedicado e não raras vezes estabanado zagueiro brasileiro David Luiz, que, logo após o encerramento do jogo entre Brasil e Colômbia, não só abraçou e consolou o jogador colombiano James Rodriguez, que chorava copiosamente, como, repetindo a citada iniciativa de Rud Krol, levantou-lhe o braço e pediu a todas as torcidas que o aplaudissem.
O quinto também é da Copa de 2014 e produzido pela Seleção da Alemanha, que, à semelhança dos antigos samurais – os quais repudiavam a humilhação do adversário que enfrentavam em mortal combate –, recusou-se, terminantemente, a menosprezar e a humilhar a “Seleção Brasileira”, tratando-a com respeito, que ela mesma não se deu, durante os mais de 90 minutos de jogo de um time só – o da Alemanha, é claro.
O sexto, igualmente, é também de 2014 e foi protagonizado pela Seleção da Holanda ao final do jogo em que ela abateu a pálida “Seleção do Brasil”. Enquanto os jogadores desta preferiram correr para os vestiários, como se fugissem de si mesmos, os jogadores holandeses, numa incontestável demonstração de respeito, de esportividade e de magnanimidade, percorreram todo o campo, aplaudindo a torcida brasileira, e, para coroá-la, o grande jogador Van Persie retirou a sua braçadeira de capitão do time e deu-a a um torcedor, como a dizer ao Brasil que, apesar da indignidade de sua “Seleção”, o seu povo é inigualável e é campeão mundial de simpatia, de acolhimento e de sincera e despretensiosa amizade.
Na copa de 2018 da Rússia registramos o exemplo do nosso técnico Tite. Veja o que disse em uma entrevista da época : “ Acredito que o esporte pode melhorar muito mais o mundo, como elemento educador. Eu fico sempre dando o exemplo de um lance que aconteceu na Copa do Mundo, que eu gostaria que fosse explorado. Mas ele nunca é tanto quanto eu gostaria. Contra o México estávamos vencendo por 1 a 0 tivemos um lateral. Eu tinha visto que havia sido para o México porque tinha batido na perna do nosso jogador. Eu então comecei a gritar “É para o México, é para o México”. Um jogador nosso, que foi cobrar o lateral e sabia que a bola tinha batido no nosso time, veio falar comigo, “mas professor, como você fica falando isso, o jogo está uma fumaça do caramba”. Eu respondi “Eu quero ganhar jogando futebol”.
Tudo isso faz do futebol o maior dos esportes e, mais uma vez, repita-se, o símbolo universal da confraternização e mola propulsora da efetiva construção da tão sonhada paz. Muitos símbolos e sinais surgirão desta nova Copa do Mundo do Catar; copa da polêmica e das zebras.
Ah! Como seria bom e promissor se os governantes e os detentores do poder econômico tivessem a sensibilidade de escutar a universal linguagem do futebol. O mundo seria bem diferente. Talvez sem guerras...

Gustavo Mameluque. Jornalista do Novo Jornal de Notícias. Colunista do montesclaros.com

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86537
De: José Ponciano Neto Data: Quarta 23/11/2022 10:25:36
Cidade: Montes Claros- MG  País: Brasil

O ADEUS AO “TREMENDÃO”!

Para nós da juventude dos “anos dourados” de 70 fica muito difícil comentar acerca do compositor – cantor e também ator Erasmo Carlos.

É muito difícil encontrar uma pessoa que não conheça ou nunca ouviu falar desse grande ícone da “jovem guarda” e do rock. Não existe alguém que nunca tenha curtido suas faixas de músicas. Para muitos fãs, ele se tornou um modelo - não apenas na música e na maneira de se vestir - mas também no estilo de vida.

Quem é esse cara, como ele foi conhecido como “tremendão” e por que mais e mais pessoas o veem como um ícone do estilo extrovertido nos anos 70?

Erasmo Esteves (o nome verdadeiro do artista) nasceu no meio artístico carioca – criou em 1957 um conjunto musical “THE SPUTNIKS” com o seu primeiro parceiro, Tim Maia e o parceiro eterno Roberto Carlos.

Escrever sobre Erasmo, é chover no molhado! Todos já sabem da sua vida e das suas músicas.

Deixou para morrer justamente no Dia da Música e do Músico. Logo a música que é originária da Grécia que tem o significado de “A Força das Musas” – estas que ensinavam as verdades dos “deuses” por meio dos cânticos líricos – era a “Arte de ensinar através da poesia". As musas foram as suas imaginações!

Nisto o Erasmo Carlos era o “Eros”!

Sua trajetória com Tim Maia - Wanderléia – Roberto Carlos – Martinha – Nara Leão foi um sucesso inexplicável. Nós éramos os alunos dele para amar uma garota. Quando acreditávamos que não iríamos conquistar uma “mina” – tudo transformava numa “Brasa Mora”. - “Jovens tardes de domingo / tantas alegrias / Velhos tempos / Belos dias”.

As garotas que a gente queria conquistar... as chamavam de “superstar” para não ficar à “beira do caminho”. Não foi todas as vezes que deu certo! Era preciso dizê-las: - Peço a Deus em oração pra fechar seu coração / E por que só a mim permita ficar/ para sempre / então morar”. - Nós as conquistavam com a música!

Mas tudo que passei, foi às letras das músicas do Erasmo Carlos que me ensinaram que: - aquele que consegue todas as garotas não conhecerá a felicidade da família e tudo mais.

Ainda bem que sou dos tempos da “Jovem Guarda” – pois, o homem moderno está rodeado de muitas imagens. Mas, quais são elas? Na maioria das vezes, eles não têm tempo para descobrir, aceitam ou rejeitam muito intuitivamente.
Hoje é possível entender como essas imagens afetam as pessoas e também nossos filhos. Ou isso é uma tarefa sem esperança?

A cultura moderna conseguiu criar algo novo, preferem usar a linguagem de imagens e símbolos que se formaram nestes tempos obscuros que vivemos.

Temos que agradecer muito o “tremendão” Erasmo Carlos pelas suas letras. Letras que nos ensinou a preparar para receber alguém no nosso coração!

Estamos perdendo para as músicas dos “pancadões” – sertanejos universitários (este está no fim) e para músicas tipo “caneta azul”.

As atuais festas de arrombas são regadas de barulho e drogas – festas sem amor – festas de sentimentos momentâneos. Não existem mais as “Canções que usavam formas simples – pra falar de amor”!

Hoje podemos dizer: “Olha, você tem todas as coisas / que um dia eu sonhei pra mim”!

Muito obrigado Erasmo, Gal Costa e Pablo Milanés – vocês foram neste Novembro – entretanto, serão ETERNAMENTE INFINITOS!

Vocês foram importantíssimos para as “Gerações Douradas”.

Estamos perdendo nossos ídolos!

XXIII – XI – MMXXII
(*) José Ponciano Neto é fã e viveu a Jovem Guarda - ainda da turma das décadas douradas 60/70 e um pouco de 80. - Escritor e Historiador do IHGMC e da AMALENM

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86536
De: Manoel Hygino Data: Quarta 23/11/2022 09:55:07
Cidade: Belo Horizonte

A boa lição

Manoel Hygino

Estamos nos dias quase finais de 2022, vivendo os momentos ainda renitentes do pleito eleitoral, quando já se suponha que o assunto estivesse morto e sepultado. Não aconteceu assim, embora o distinto público que elege seus mandatários desejasse paz para devotar-se a seus fazeres e enfrentar suas responsabilidades na comunidade. Assim se faz em uma democracia que se preza.

Persistem as tentativas de impedir as pessoas de ir e vir, o que é essencial direito do cidadão. Há legislação específica e a ela se submete aquele que se diz patriota e democrata. Para conhecer o caminho a ser percorrido há experiências em países do planeta e, no Brasil, já as provamos e aprovamos, ou os reprovamos.

O mundo atravessa um período difícil, um dos mais preocupantes de toda a história da humanidade, em que o risco e o medo de uma guerra nuclear estão muito próximos. O arsenal atômico perpassa sobre todas as cabeças e corações, como uma perigosa e plúmbea ameaça.

Não podem as nações como o Brasil ignorar os fatos como são e as ameaças permanentes em torno de nós.

Não vamos atear fogo ao palheiro. A vida de milhões está em jogo, a começar pela nossa, de nossos filhos, ancestrais, vizinhos de casa e por limitações geográficas.

Ademais, é útil lembrar que o Brasil é o maior país do hemisfério Sul do novo mundo. Temos graves deveres perante a História e sucessivas futuras gerações. Temos obrigação, dar exemplo de bom comportamento, como se diz nas aulas de cursos preliminares.

O mundo, o planeta e tudo que nele vive estão em processo de evolução, que pode ser para o bem e o mal, cabendo aos brasileiros de hoje, nos instantes atuais, definir-se para a hora presente o tempo vindouro.

Não é lícito fazermos coro aos discursos de ódio e belicosidade que se fazem em hora dramática para o porvir de nossas nações e nossos povos. As melhores lições e pregações são pela paz e pelo amor.

Já vivemos períodos dolorosos e pérfidos de ditadura. Estamos em democracia desde 1985. Vamos honrá-la e dar-lhe força e grandeza.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86535
De: Afonso Cláudio Data: Terça 22/11/2022 08:32:10
Cidade: Montes Claros/MG

Aumento de casos confirmados de Covid-19 em Minas Gerais

Uma matéria do "Estado de Minas", de ontem, destacou: "Covid-19: em Minas, casos confirmados subiram 652% na última sexta-feira ".
Este aumento é referente aos casos confirmados em 24 horas. Em 11/11/22 foram 223 casos. Em 18/11/22 foram 1.679 casos. Esta variação corresponde ao aumento citado, de 652%.

Afonso Cláudio
22/11/22 - Santa Cecília
59 anos do assassinato do Presidente John Fitzgerald Kennedy (EUA)

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86534
De: Afonso Cláudio Data: Segunda 21/11/2022 16:59:08
Cidade: Montes Claros/MG

Aumento de casos confirmados de Covid-19 em Montes Claros

I) Com dados extraídos do Boletim Epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais

Data / Mensagem / Aumento % / Class.*

4/11/22 86514 172,7 2º
11/11/22 86524 715,4 1º
18/11/22 86532 1.330,0 1º

* Classificação em ordem decrescente da variação percentual do número de casos confirmados de covid-19, na comparação de 2 períodos de 7 dias, entre os 10 municípios de maiores populações de Minas Gerais.

II) Com dados extraídos do Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde de Montes Claros (comparação de 2 períodos de 7 dias também).

Data / Mensagem / Aumento %

4/11/22 --- 170,6
11/11/22 86525 1.194,1
18/11/22 --- 1.623,9

Portanto, seja no item I ou no item II fica demonstrada a tendência de elevação de casos confirmados de covid-19, semelhante a outras regiões do estado e do país.

Os especialistas recomendam, além da vacinação completa, o uso de máscaras em ambientes fechados, inclusive no transporte público e privado (ônibus, metrôs e taxis) para todos. Para idosos e quem tem comorbidades a prática destas recomendações é indispensável, devido a essas pessoas serem mais vulneráveis às infecções pelo coronavirus.
E para todos a higienização frequente das mãos, com água e sabão ou álcool em gel.

Prevenção contra o coronavirus e suas variantes e segurança nunca são demais.

Saúde e paz.
Afonso Cláudio
21/11/22, 16h52m - Apresentação de Nossa Senhora

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86533
De: Manoel Hygino Data: Sábado 19/11/2022 08:41:50
Cidade: Belo Horizonte

Foi em 1889

Manoel Hygino

O 15 de novembro passou, neste 2022. Mas, não se pense que a transição da monarquia para a República foi tão simples. Considerou-se deposta a dinastia imperial e, consequentemente, extinto o regime monárquico. Então se constituiu um governo provisório, que adotou as medidas no caso indicadas.

Então, o novo governo expediu um documento à nação, que merece ser lido agora neste ano. A proclamação dizia: “O povo, o Exército e a Armada Nacional, em perfeita comunhão de sentimentos com os nossos concidadãos residentes nas províncias, acabam de decretar a deposição da dinastia imperial e, em decorrência, a extinção do sistema monárquico – representativo”.

Acrescentava:

“Como resultado imediato desta revolução nacional, de caráter essencialmente patriótico, acaba de ser instituído um governo provisório, cuja principal missão é garantir com a ordem pública a liberdade e o direito dos cidadãos”.

Estavam suficientemente definidos os objetivos fundamentais. Não cabia dúvida. Era o período de transição, mas tudo muito às claras:

“Para comporem esse governo, enquanto a nação soberana, pelos seus órgãos competentes, não proceder à escolha do governo definitivo, nomearam-se cidadãos de conduta sabidamente digna”.

Os nomeados ficavam cientes de que o governo provisório “simples agente temporário da soberania nacional”, é o governo da paz, da liberdade, da fraternidade e da ordem. Por força dessa determinação, “para a defesa da integridade da pátria e da ordem pública, o governo provisório, por todos os meios ao seu alcance, promete e garante a todos os habitantes do Brasil, nacionais e estrangeiros, a segurança da vida e da prosperidade, o respeito aos direitos individuais e políticos, salvas quanto a estes, as limitações exigidas pelo bem da pátria, e pela legítima defesa do governo proclamado pelo povo, pelo Exército, pela Aramada Nacional”.

E mais: “o governo provisório reconhece e acata todos os compromissos nacionais contraídos durante o regime anterior, os tratados subsistentes com as potências estrangeiras, a dívida pública externa e interna, os contratos vigentes e mais obrigações legalmente estatuídas”.

É o que se pode fazer agora, mutatis mutandis.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86532
De: Afonso Cláudio Data: Sexta 18/11/2022 14:03:42
Cidade: Montes Claros/MG

Covid-19 em Minas Gerais e no Brasil
Fontes: SES/MG, SMS/Moc e g1/coronavirus

I) Números de mortes

Comparando os números de mortes entre 28/10 a 4/11/22 com 11 a 18/11/22 (2 períodos de 7 dias), o Estado de Minas Gerais aumentou 37,5%, passando de 8 para 11 mortes entre os 2 períodos. Na semana passada houve redução de 33,3% (mensagem 86524).
Quanto aos 10 municípios de maiores populações do Estado, 4 tiveram variação percentual iguais a infinito (não tiveram mortes no primeiro período). No segundo período, os números de mortes foram: Belo Horizonte 1, Juiz de Fora 2, Montes Claros 2 e Ipatinga 1.
Os demais 6 municípios não tiveram mortes nos 2 períodos (variação percentual igual a 0): Uberlândia, Contagem, Betim, Ribeirão das Neves, Uberaba e Governador Valadares.

II) Números de casos confirmados

No Estado houve aumento de 329,6%, passando de 753 para 3.235 casos entre os 2 períodos. Na semana passada o aumento foi de 39,6% (mensagem 86524).
Quanto aos 10 municípios de maiores populações do Estado, houve um aumento de 1.330,0% em Montes Claros (número de casos passou de 30 para 429) e de 350,0% em Ipatinga (número de casos passou de 2 para 9).
No município de Governador Valadares houve redução de 56,5% (número de casos passou de 62 para 27) e em Belo Horizonte houve redução de 100,0% (número de casos passou de 261 para 0).
Nos demais 6 municípios (Uberlândia, Contagem, Juiz de Fora, Betim, Ribeirão das Neves e Uberaba) não foram registrados casos nos mesmos, nos 2 períodos (variação percentual igual a 0).
Na semana passada o número de casos em Montes Claros teve aumento de 715,4% (com dados da SES/MG, mensagem 86524) e 1.194,1% (com dados da SMS/Moc, mensagem 86525).

III) Dados do Brasil - pandemia do coronavirus
Fonte: g1.com.br/coronavirus, 17/11/22, 20h00

Total de mortes: 688.886
Registro de mortes em 24 horas: 75
Médias de mortes nos últimos 7 dias: 32 (variação em 14 dias: -10%)
Total de casos conhecidos confirmados: 35.009.176
Registro de casos conhecidos confirmados em 24 horas: 29.102
Média de novos casos nos últimos 7 dias: 11.525 (variação em 14 dias: +211%)

Os especialistas recomendam, além da vacinação completa, o uso de máscaras em ambientes fechados, inclusive no transporte público (ônibus, metrôs e taxis) para todos. Para idosos e quem tem comorbidades a prática destas recomendações é indispensável, devido a essas pessoas serem mais vulneráveis às infecções pelo coronavirus.
E para todos a higienização frequente das mãos, com água e sabão ou álcool em gel.

Prevenção contra o coronavirus e suas variantes e segurança nunca são demais.

Feliz Copa do Catar.
Saúde e paz.
Afonso Cláudio
18/11/22, 13h52m.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86531
De: José Ponciano Neto Data: Sexta 18/11/2022 00:09:09
Cidade: Montes Claros- MG  País: Brasil

DO BARULHO ENSURDECEDOR URBANO AO QUE ERA SILÊNCIO NA ZONA RURAL

Dia desses eu estava no centro de Montes Claros – era sábado - aproximadamente dez horas da manhã – em dado momento surgiu um caminhão de som com um barulho ensurdecedor, tirando a nossa certa tranquilidade de uma prosa.

Aposentado, que sou sabem como é!

Diante da situação urbana “zarpei” para uma chácara de um parente na comunidade rural de Pau D’óleo, depois de Nova Esperança na MGC 135. - Já no início – quase silêncio – porém, conforme foi entardecendo os barzinhos ligando seus sons – os moradores dos chacreamentos, idem - os boyzinhos barbados nos seus carangos disputando os maiores decibéis – um verdadeiro “piseiro” - imaginei, “regressou à zona vermelha da capital catrumana”.

Não há controle do barulho em Montes Claros - nem na “zona” rural – ou melhor, em toda jurisdição dos órgãos controladores.

Voltei para minha casa – já à noite! "Finalmente! Consegui dormir depois de 12 horas de barulho insuportável”.

No Domingo, centro da cidade uma igreja protestante quebra o silêncio, mas, não ao ponto de perturbar – músicas vindas de um dos moradores do condomínio, também dentro dos padrões dos decibéis – tudo dentro dos padrões - de repente alguns ronronados de motores de motos com seus escapamentos abertos me tiraram a concentração da missa dominical televisionada – são motoqueiros que abusam da falta de controle ambiental da poluição sonora.

A poluição sonora provoca ZUMBIDOS misteriosos devidos sons altíssimos do dia, e, no aparente silêncio da noite, somos obrigados a conviver com ele. Esses ronronar inebriante das motos e caminhões perturbam mais do que imaginamos - o zumbido aumenta quando tudo está desligado e menos tráfego.

A única coisa em que as testemunhas das badernas sonoras concordam, é que esse barulho em Montes Claros é muito irritante.

Esperamos que os órgãos ambientais tenham competência para realizarem pesquisas ”in loco” nos bares do centro da cidade e nos bairros - na zona rural – chacreamentos – escapamentos de veículos e outros provocadores de ruídos, diante da gama de dados obtidos, apresentar resultados conclusivos e fazer cumprir as leis municipais; estaduais e federais.

Se um dia o barulho ensurdecedor de Montes Claros for “fiscalizado” – controlado e combatido por meio blitz constantes – vou plagiar o Martin Luther King Jr, e dizer a todos: “Deus Todo-Poderoso, finalmente somos livres!”.

Será?

XVIII – XI – MMXXII
José Ponciano Neto é Técnico em Meio Ambiente Natural e Urbano

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86530
De: Afonso Cláudio Data: Quinta 17/11/2022 12:18:22
Cidade: Montes Claros/MG

Viagens em longas distâncias

Ao listar dados de 8 acidentes de trânsito interestaduais, relativos a longas viagens entre o Sudeste e o Nordeste do Brasil e vice-versa, no período de 18/9/22 a 15/11/22, constatei o seguinte:

- a grande maioria dos veículos envolvidos nesses 8 acidentes é constituída por 6 ônibus (75%). Pode ter algo errado, por exemplo, ligado ao revezamento dos motoristas ou à manutenção dos veículos, embora quase todos os acidentes tenham ocorrido na BR-251, que é uma rodovia muito perigosa. Apenas o do item 3 da lista abaixo não foi na BR-251, mas quando passava em Montes Claros.
Acidentes com ônibus no Norte de Minas são raríssimos, principalmente entre Montes Claros e Belo Horizonte, por exemplo.
Os outros veículos da lista: 1 kombi (12,5%) e 1 carreta (12,5%).
- número de mortos: 6; número de feridos: 43 (5 graves).
- número de pessoas transportadas nos 6 ônibus: 268. Percentual de mortos/total transportado: 6/268 = 2,2%. Percentual de feridos/total transportado: 42/268 = 15,7%.

- Percurso / Datas das notícias / Veículo / Mortos / Feridos / local do acidente
1) Alagoas - São Paulo / 18/9/22 / ônibus / 0 / 0 / Serra de Francisco Sá
2) Bahia - São Paulo / 21/9/22 / ônibus / 1 / 5 (graves) / Francisco Sá
3) Fortaleza - São Paulo / 24/10/22 / ônibus / 0 / 0 / Montes Claros
4) Bahia - Rio de Janeiro / 25/10/22 / kombi / 0 / 0 / BR-251
5) Bahia - ? / 3/11/22 / ônibus / 3 / 10 / passava por Francisco Sá
6) São Paulo - Pernambuco / 13/11/22 / ônibus / 0 / 7 / Padre Carvalho
7) Rio Grande do Norte - Divinópolis / 14/11/22 / carreta / 0 / 1 / Serra de Francisco Sá
8) Salvador - São Paulo / 15/11/22 / ônibus / 2 / 20 / entre Francisco Sá e M. Claros

As distâncias desses percursos variam entre 1.632,9 km (Salvador - Rio) e 3.091,3 km (Fortaleza - São Paulo).

Afonso Cláudio
17/11/22, 12h15m.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86529
De: José Ponciano Neto Data: Quarta 16/11/2022 15:08:48
Cidade: Montes Claros- MG  País: Brasil

A CIDADE DE JEQUITAÍ – MG TEM DIA HISTÓRICO

Dia da Proclamação da República - 15 de Novembro de 2022 foi um dia histórico para a cidade de Jequitaí no norte de Minas.

Com anuência dos do Grande Oriente do Brasil por meio dos Eminentes Irmãos: Grão Mestre GOB-MG Cléscio Galvão e do Grão Mestre “Adjunto” do GOB-MG Olímpio Antônio Maia Abreu – sete Lojas Maçônicas da região norte mineira, uniram-se com seus nobres irmãos para criar a A.`.R.`.L.`.E.`.P.`. (Augusta e Respeitável Loja de Estudos e Pesquisas Cavaleiros do Vale do Jequitaí).

É uma grande honra e com muito esforço para a realização deste sonho antigo dos maçons e da sociedade da cidade de Jequitaí.

Uma loja que foi formada para o engrandecimento, não só da cidade. Mas, da região. Uma das principais demandas que a Augusta e Respeitável Loja de Estudos e Pesquisas Cavaleiros do Vale do Jequitaí têm como prioridade é robustecer a construção da Barragem do Rio Jequitaí que será fundamental para geração de energia e o projeto de irrigação a sua jusante, garantindo a segurança alimentar – empregos e a qualidade de vida da população.

A Augusta e Respeitável Loja de Estudos e Pesquisas Cavaleiros do Vale do Jequitaí - A.`.R.`.L.`.E.`.P.`. – irá trabalhar no Rito YORK em dois templos provisórios, sendo: um na cidade de Jequitaí e outro em Montes Claros na A.`.R.`.L.`.S.`. Portal do Oriente (1°loja do rito de York do Norte de Minas).

Todos nobres maçons da Loja Cavalheiros do Vale do Jequitaí visam tornar a cidade mais próspera na geração de empregos e equilíbrio social.

- “Somos eternos aprendizes e esse é só o nosso primeiro passo”.

XV – XI – MMXXII
José Ponciano Neto é Ex-venerável da Loja maçônica Deus União e Trabalho – Membro da Loja Maçônica União, Paz e Justiça e membro da A.`.R.`.L.`.E.`.P.`. Cavalheiros do Vale do Jequitaí. CIM: 243540

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86528
De: Manoel Hygino Data: Quarta 16/11/2022 10:39:51
Cidade: Belo Horizonte

O nosso petróleo

Manoel Hygino

Os excelentes dividendos distribuídos aos acionistas da Petrobras adverte-nos para o que constituiu a luta pela criação e implantação da empresa no país. Foram décadas de tenacidade dos defensores da ideia, enquanto numerosos insistiam na tese de que não havia petróleo por aqui no que eram fortalecidos pelos grandes grupos internacionais de exploração e distribuição do ouro negro.

Naquela época, os estudantes se engajaram na difícil empreitada. Em Belo Horizonte, a campanha do “Petróleo é nosso” encontrou cenário apropriado nas proximidades da Faculdade de Direito e Praça Afonso Arinos. Faixas foram estendidas entre os postes e houve tardes e manhãs de veementes discursos.

O repórter Edgar Morel, do jornal O Cruzeiro, nunca havia visto um poço de óleo e foi ao Recôncavo Baiano, onde surgira oficialmente o petróleo em solo brasileiro, em 21 de janeiro de 1939. Deveu-se à teimosia de Oscar Cordeiro, com 1,55 de altura, pobre, mas que acreditava existir óleo no Recôncavo, apenas 30 quilômetros de Salvador.

Para sua aventurosa empreitada, Oscar recorreu ao que havia de mais antiquado em termos de ferramentas da época e máquinas que, de tão velhas, só poderiam ser encontradas na Abissínia, e olhe lá, disse Morel. É preciso observar que isso caminha para 100 anos, pois, em 1933, quando perfurava o poço que se dizia de Lobato, e de onde Oscar viu aquela “coisa”, visguenta, jorrar.

Então, os jornalistas Lourival Coutinho e Joel Silveira puderam constatar o fenômeno, pois viram Cordeiro encharcar as “próprias mãos, embriagados de patriotismo”. Parecia algo tão importante quanto descobrir o Brasil.

Depois do acontecido, Oscar Cordeiro tomou coragem e se dirigiu ao Ministério da Agricultura para levantar recursos e continuar as pesquisas, utilizando — assim esperava — sondas e brocas. Acabou alijado do programa e até proibido de entrar no acampamento.

Edgar Morel observou: “o Conselho Nacional do Petróleo reiniciou a perfuração do poço e Getúlio anunciou a descoberta de petróleo no Brasil, ficando famosa sua fotografia mostrando a mão suja de óleo negro”.

O jornalista insistiu. Queria conhecer o pioneiro Oscar Cordeiro. Encontrou-o atirado à miséria, empregado na Bolsa de Mercadorias de Salvador, com o ínfimo ordenado mensal de R$ 4 mil.

Os técnicos concluíram que o poço era produto de má-fé e desídia, que atrasara em cinco anos o início da exploração petrolífera no Brasil. Conseguiram desacreditar Oscar, o pioneiro.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86527
De: Afonso Cláudio Data: Quarta 16/11/2022 08:41:14
Cidade: Montes Claros/MG

montesclaros.com: "Chance de chover em M. Claros será maior a partir das 14h desta terça-feira, com previsão de 15mm nas próximas 24 horas. Temperaturas devem ficar entre 21 e 27 graus, caindo para 20/25 na quarta - Terça 15/11/22 - 9h04"
"Vai se confirmando a previsão divulgada cedo: começou a chover em vários pontos de M. Claros agora, por volta das 14 horas - Terça 15/11/22 - 13h47".

Prevenção de acidentes com eletricidade

Às 15 horas e 21h50m de ontem, 15/11/22, ocorreram duas explosões muito fortes, assustadoras, parecendo tiros de canhão, devidas a descargas atmosféricas (raios) na região do bairro Cândida Câmara.
Na segunda descarga, o vidro de uma janela vibrou muito, parecendo quando havia tremores de terra na cidade. Mudanças climáticas.
Devemos nos prevenir sempre contra os riscos de acidentes provocados por tempestades, incluindo raios, ventos e chuvas, por exemplo:
- permanecer o máximo possível abrigados em edificações seguras (casa, apartamento, escritório, por exemplo), evitando locais abertos em praças, jardins, quadras e campos de práticas esportivas, quintais, chácaras e praias.
- evitar tocar ou a proximidade de árvores, cercas de arame e objetos metálicos.
- muito cuidado ao manusear eletrodomésticos e aparelhos em geral, ligados à rede elétrica, direta ou indiretamente.
Enquanto houver possibilidade de descargas atmosféricas, o ideal é desligar os aparelhos, das tomadas.
Uma atitude muito importante é sempre não manusear os telefones celulares enquanto estiverem com suas baterias sendo carregadas, principalmente numa condição atmosférica mais adversa (chuva, trovões e raios).
Até mesmo para tomar banho: deixe passar a tempestade.
Se houver algum cabo da rede de distribuição que tenha rompido e caído ao solo ou sobre algum outro objeto, o que pode acontecer devido à chuva/vento, não se aproxime do mesmo, pois pode estar energizado e a pessoa pode sofrer eletrocussão (choque elétrico), com ferimentos, queimaduras ou até vir a falecer.
Nessa situação chame a CEMIG e/ou Corpo de Bombeiros.

Previsão para Montes Claros hoje, 16/11/22, 8h30m: "Perspectiva de tempestades de seis horas. É provável que as tempestades continuem". (The Weather Channel).

Outras mensagens sobre prevenção de acidentes com eletricidade: 86449, de 17/9/22 e 85998, de 21/12/21.

Saúde e paz.
Afonso Cláudio de Souza Guimarães - Engenheiro Eletricista
16/11/22, 8h35m.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86526
De: Manoel Hygino Data: Segunda 14/11/2022 08:41:56
Cidade: Belo Horizonte

Brasil no mundo

Manoel Hygino

Enquanto os navios de cruzeiro chegam à costa trazendo muitas centenas de turistas procedentes de vários países a visitar a terra descoberta ou encontrada por Cabral em 1500, meditamos sobre o que aqui encontrarão. Em verdade, não vivemos no melhor local do planeta, mas não desconhecemos tampouco a situação de enormes dificuldades enfrentadas pelos demais países, até considerados mais ricos, poderosos e, talvez, mais felizes.

O mundo está tomado por problemas gravíssimos, não somente os de natureza econômica. Ainda não se descobriu um meio – ou mais de um – para viver em paz. Haja vista não apenas a insana guerra iniciada por Moscou com a Ucrânia já vai fazer um ano, para a qual não se prevê fim. Este depende, ou dependeria, principalmente da disposição de Wladimir Putin, que não se dispõe a abdicar de sua ambição de poder.

Em outro território do planeta, os países ensaiam interminavelmente uma guerra efetiva com mísseis cruzando os céus e concorrendo com outras naves de grande poder ofensivo, missões que não se pode adivinhar como e quando chegarão a término.

Afinal, com que sonham ou o que pretendem esses países, que poderiam oferecer notável contribuição a um mundo de tranquilidade em que bem se entendessem seus povos. E se sabe que ponderável parte do planeta Terra ainda é habitado por milhões de pessoas que desejam apenas paz, saúde e um pouco de alimentação, neste que é o vigésimo-segundo ano de um século, que poderia destinar mais de bens e serviços que fizessem parte da humanidade menos desventurado.

Assim caminha a humanidade, em meio a desigualdades crônicas, que os lideres não conseguem eliminar. No Brasil, sabe-se que ser mulher, preto ou pardo diminui as oportunidades de ascensão social e realização pessoal. E há vias e meios de consegui-lo.

Enquanto os passageiros descem no litoral brasileiro para uma temporada feliz por aqui, enfrentamos nossos dramas que podem ser avaliados pelas estatísticas, que desfazem a ansiedade internacional em busca de férias reconfortantes.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86525
De: Afonso Cláudio Data: Sábado 12/11/2022 10:33:56
Cidade: Montes Claros/MG

"Infectologistas defendem volta das máscaras e mais vacinação. Objetivo é evitar que tendência atual de aumento de casos continue". Divulgada nota técnica
Sábado 12/11/22 - 7h19"

Com números publicados pela Secretaria Municipal de Saude de Montes Claros, entre 21 e 28/10/22 o número de casos confirmados de Covid-19 passou de 89362 para 89379, ou seja, diferença de 17 casos.
Entre 4 e 11/11/22 passou de 89425 para 89645, diferença de 220 casos.
Portanto houve um aumento de 1.194,1%, comparando os 2 períodos de 7 dias cada.

Afonso Cláudio
12/11/22, 10h27m

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86524
De: Afonso Cláudio Data: Sexta 11/11/2022 14:17:36
Cidade: Montes Claros/MG

Covid-19 em Minas Gerais

Fonte: Boletim Epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais, 11/11/22, 11h53m.

I) Números de mortes

Comparando os números de mortes entre 21 a 28/11/22 e 4 a 11/11/22 (2 períodos de 7 dias), o Estado de Minas Gerais reduziu 33,3%, passando de 15 para 10 mortes entre os 2 períodos.
Quanto aos 10 municípios de maiores populações deste Estado, 5 tiveram variação percentual igual a infinito (não tiveram mortes no 1º período). No 2º período tiveram estes números de mortes: Belo Horizonte 15, Contagem 3, Juiz de Fora 3, Ribeirão das Neves 4 e Uberaba 2.
Os demais 5 municípios não tiveram mortes nos 2 períodos (variação percentual igual a zero): Uberlândia, Betim, Montes Claros, Governador Valadares e Ipatinga.

II) Números de casos confirmados

No Estado houve aumento de 39,6%, passando de 692 para 966 entre os 2 períodos.
Quanto aos 10 municípios de maiores populações do Estado, houve aumento de 715,4% em Montes Claros (número de casos passou de 13 para 106) e de 66,7% em Governador Valadares (número de casos passou de 36 para 60).
No município de Ipatinga houve redução de 50,0% (número de casos passou de 4 para 2).
No município de Juiz de Fora houve redução de 100,0% (número de casos passou de 90 para zero).
No município de Betim também houve redução de 100,0% (número de casos passou de 37 para zero).
Nos demais 5 municípios (Belo Horizonte, Uberlândia, Contagem, Ribeirão das Neves e Uberaba), não foram registrados casos nos mesmos, nos 2 períodos (variação percentual igual a zero).
Na mensagem 86514, de 04/11/22, Montes Claros já aparecia com aumento de 172,7% (número de casos passou de 11 para 30) e Governador Valadares com aumento de 376,9% (número de casos passou de 13 para 62).

Saúde e paz.
Afonso Cláudio
11/11/22, 14h14m.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86523
De: José Ponciano Neto Data: Sexta 11/11/2022 17:30:43
Cidade: Montes Claros- MG  País: Brasil

O ADEUS DA “DIVINA BÁRBARA" E A INCOMPREENSÃO DE ALGUNS.

A arte faz parte da lei de causa e efeito aplicada à moral que intensifica em nós o senso de reciprocidade nas relações emocionais – não se trata de ação religiosa ou política – como vêm apregoando este conceito generalizado. O artista das canções, esportes até mesmo aquele que por direito divino usufrui de um quociente espiritual (QS), a ponto de entender que a vida artística da pessoa não está ligada às suas preferências religiosas, políticas, sexuais e sociais. Tem que agradecer!

Estou fazendo este preâmbulo, simplesmente para abordar um assunto que vem deixando vários fãs incomodados!

A ironia o fará sorrir e o deixará triste ao mesmo tempo.
Logo nesses primeiros dias da primavera, estação que sem dúvida reviveu na mente dos montesclarenses suas famosas canções, entre elas “Festa no Interior e Chuva de Prata “. Interpretações inesquecíveis!

A cantora morreu aos 77 anos. Aquela que na década de 1970 era uma semideusa indiscutível de toda uma geração – estou me referindo à baiana soteropolitana Maria das Graças Costa Penna Burgos – a GAL COSTA.

Com sua voz característica, elegante e um pouco despreocupada. O título diz muito sobre sua jornada – “Divina Barbara”.

Gal Costa estava, ao vento, graças às canções fortes – em plena saúde – e muitos shows.
GAL carregou a voz de uma geração. Ela foi realmente um polo magnético para todos os jovens! A reciprocidade era demais entre a artista e os fãs.

Sempre acompanhada de grandes artistas, a grande dama da música durante seus shows catalisava o que era de melhor – voz – performance e energia positiva. As pessoas podiam dar asas à sua paixão, podiam dançar, podiam fazer como na Bahia, gritar pelas suas estrelas. Foi uma revolução da liberdade. Que a Gal Costa de certa forma incorporou.

Convenhamos, era uma jovem bonita, carismática e, acima de tudo, profissional. Era uma intérprete da “bossa nova moderna”, uma herança do João Gilberto.

Assim como os críticos da imprensa e os musicólogos - seus cúmplices de jornada artística sempre diziam que a Gal Costa veio ao mundo com o talento adquirido através de Deus – por isso que o Brasil e o mundo abriram as portas para ela. Embora fosse difícil ser filha da Bahia – estado de várias estrelas reconhecidas.

Sua carreira musical começou para valer depois da sua amizade com João Gilberto - depois de várias mudanças de estilo - adquiriu o próprio jeito prolífico – daí surgiu várias cantoras imitando a Gal, tanto no cabelo com nas veste – um misturado com o impacto inegável da Clara Nunes e Maria Bethânia .

Mesmo assim! Devido à turbulência política que o Brasil vive, ouvi de alguns, que a Gal Costa não era boa artista. A cultura brasileira – especialmente do Norte e Nordeste do Brasil é uma das mais diversificadas e qualificadas do mundo.

Quando adolescente – anos 70 a Gal Costa e os “Doces Bárbaros” nos transmitiram muita Paz e harmonia.

Em 1978, presenteei uma noviça do Colégio Imaculada Conceição com um disco da Gal Costa, foi o suficiente para conquistá-la. É disco “Água Viva”, que temos até hoje – a música que mais ouvíamos era “Olhos Verdes”.

Não importa a “causa mortis”, o importante foi o legado!
Foi uma grande artista!

REFLEXÃO: Cinco grandes inimigos da paz habitam dentro de nós:: a avareza, a ambição, a inveja, a fúria e a vaidade. Se conseguíssemos desenterrá-los, gozaríamos inevitavelmente da perpétua paz.

XI – XI – XXII
JOSÉ PONCIANO NETO é membro efetivo da Academia Maçônica de Letras do Norte de Minas – AMALENM e do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros – IHGMC.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86522
De: Afonso Cláudio Data: Terça 8/11/2022 21:25:17
Cidade: Montes Claros/MG

Análise de 11 acidentes de trânsito

Analisando as notícias publicadas entre 31/10/22 e 08/11/22, referentes a 12 acidentes de trânsito, sendo 11 em rodovias e 1 no Bairro Todos os Santos, em Montes Claros, chegamos aos seguintes resultados:

1) Classificação dos percentuais de acidentes, em ordem decrescente

Class. / Local / Nº acid. / %
1º BR-251 4 33,3
2º BR-135 4 33,3
3º BR-365 2 16,7
4º M. Claros 1 8,3
4º MGC-259 1 8,3
Total 12 100,0

2) Classificação dos percentuais de mortes, em ordem decrescente

Class. / Local / Nº mortes / %
1º BR-135 8 50,0
2º BR-251 4 25,0
3º BR-365 2 12,5
3º MGC-259 2 12,5
Total 16 100,0

Embora na BR-251 e na BR-135 ocorreu o mesmo número de acidentes (4, ou 33,3% do total = 12), na BR-135 o número de mortes (8, ou 50,0% do total = 16) foi o maior, o dobro da BR-251 neste período.

Acidente mais grave: BR-135, 03/11/22, perto de Bocaiuva, choque entre Fiat Uno e Pick-up Toro, que resultou em 5 mortes (1 casal adulto e 3 crianças), ou 31% do total de 16 mortes.

3) Classificação dos percentuais de feridos, em ordem decrescente

Class. / Local / Nº feridos / %
1º MGC-259 16 53,3
2º BR-251 13 43,3
3º BR-365 1 3,3
Total 30 100,0

4) Veículos envolvidos
Micro-ônibus 2, Caminhão baú 1, Carretas baú 2, Ônibus 1, Pick-up Toro 1, Motocicleta 1, Bicicleta 1, Carros de passeio 2, Caminhões 5. Total = 16.

Número de acidentes publicados pelo montesclaros.com: 9 e pelo g1/GM: 3. Total = 12.

Importantíssimo que os motoristas dirijam com toda a prudência, atenção, respeito à sinalização do trânsito, em velocidade de segurança e evitando ultrapassagens proibidas.
Em viagens mais longas, façam paradas a cada 2 horas, por exemplo, em locais seguros, caminhando e exercitando o corpo, o que favorece um melhor desempenho ao dirigir o veículo. Use sempre o cinto de segurança.
Deus abençoe e proteja todos os motoristas e passageiros.
Que os falecidos nos acidentes sejam recebidos nas moradas eternas e os feridos tenham a recuperação que necessitam.

Eng. Afonso Cláudio de Souza Guimarães
08/11/22 - 20h54m

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86521
De: Manoel Hygino Data: Quarta 9/11/2022 09:01:28
Cidade: Belo Horizonte

Drummond sempre

Manoel Hygino

O Brasil comemora, este ano, o centenário de ilustres filhos seus. Entre eles, dentre muitos já focalizados e outros que o serão no decorrer dos meses faltantes, de dois que nasceram nas montanhas. Nas montanhas, sim: Juscelino, que é de Diamantina, e Carlos Drummond de Andrade, de Itabira, e o topônimo define o suficiente.

Neste 2022, de tantas e tamanhas incertezas e de desagradáveis e perigosas certezas, em que a Covid-19 ameaça com uma nova e dramática da nova onde anunciada pelo coronavírus, tem-se assistido às acanhadas festividades de doze décadas do filho de D. Júlia, mas também, e com toda razão, de Drummond, com dois dês, como consta do batismo e do registro em cartório.

Nem as criminosas enchentes e respectivas mortes em Petrópolis, nem tantos sucessos e insucessos de acontecimentos que marcaram o calendário, foram obstáculos ao que se tem dito e publicado, inclusive pelas televisões, para lembra o poeta. Ele é gloriosamente lembrado em livro de Humberto Werneck, cujo conteúdo já é ansiosamente aguardado pelos intelectuais e escritores cá de nossa fecunda terrinha.

Stratford-upon-Avon agora se transportou para o interior mineiro, porque lá veio à vida e às letras brasileiras Drummond, o mais popular dos que fizeram poesia por aqui no século passado.

Fazendo estreia no ano em que nasci, com “Alguma Poesia”, ele conquistou lugar ao sol e à lua na cidade em que JK foi prefeito, para ascender ao Palácio da Liberdade e construir uma cidade extraterrestre no planalto.

Sem deixar de ser poeta, o que seria impossível, Drummond foi um arguto presente em todos os movimentos e momento marcantes da vida brasileira, sem medo de qualquer natureza.

Em plena revolução, a de 64, ele disse: “O maior erro de um Presidente da República, em nosso sistema de governo, está em considerar-se dono do País e de seus habitantes. Esquece-se de que é um servidor – um servente de ajuda no trabalho – como outros, e até mais tolhido e desamparado do que os outros, em seu período livre de exercício e na imensidão de obrigações que deveriam assustá-lo em lugar de enchê-lo de arrogância. É preciso muita lucidez, muita polícia íntima, para que o presidente se ponha no seu lugar, aparentemente o mais alto de todos e, no sentido moral, tão frágil e escravizado à lei quanto o de um mata-mosquito”.

Drummond nos deixou em 17 de agosto de 1987, dez anos antes do centenário de sua Belo Horizonte.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86520
De: José Ponciano Neto Data: Terça 8/11/2022 15:49:16
Cidade: Montes Claros- MG  País: Brasil

O DESENVOLVIMENTO URBANO E O SAUDOSISMO MARAVILHOSO

Certo domingo de devaneio, já de manhã - temperatura 22 graus - vários ipês amarelos divulgando a primavera.

Percorri vagarosamente pelos quarteirões que ficam na jurisdição da minha casa. O intuito foi de observar tudo aquilo primitivo, sem nenhuma esperança de encontrar os lugares de lazer e casas como eram no passado.

Sim, encontrei algumas residências intactas! Outras deram lugar a prédios modernos e as demais viraram garagens. Urbanismo é assim! É uma metamorfose!

Conforme estudos: “Atualmente 50% da população mundial vive na região urbana". O processo da expansão acentuou-se no início do século XX. A proporção de crescimento é impressionante, principalmente em países em desenvolvimento. Tal ocupação urbana, em pouco tempo poderá chegar até em 60% da população de uma macrorregião. De ano a ano as mudanças urbanísticas mudam de maneira extraordinária!

Pois bem! Para iniciar a minha caminhada, desci a Rua Januária, a casa do Sr. Aurélio – hoje uma padaria – a casa do Sr. Amaral não existe mais – porém, as casas de Juca de Xixico – Luiz Maia e Juca Macedo (Carteiro) ainda estão de pé. Na esquina da Rua João Pinheiro c/ Tiradentes ainda de pé a casa do Neco Santamaria; mais à frente as casas de Juarez Nobre (está à venda) a casa da Dona Dalva Medeiros (hoje consultórios da família).

Subi a Rua Barão do Rio Branco, apreciei o Grupo Escolar Francisco Sá – onde aprendi as minhas primeiras linhas tortas - observei a casa do Sr. Antônio Barreto do mesmo jeito – casa do Sidney Chaves (transformada), mais à esquina a casa da família Parrela que deu lugar a um pequeno prédio.
Na Dr. Veloso c/ Tiradentes a Casa de Vovó Clarice Albuquerque virou prédio, onde funciona o Procon - a casa do Sr. Dico Zuba que era praticamente um clube para criançada foi ao chão - a casa do Zim Prates (Bolão), onde Duca e a cunhada Nazaré Prates iniciaram a lida com o “Buffet”, deu lugar ao um prédio residencial para prole Prates - a casa do João Rabelo (na esquina) está de pé - mais à frente no número 1087 defronte onde era o Asilo a casa do José Ponciano (meu avô) foi ao chão. A casa do Sr. Zé Amaro (José Mário Araujo), hoje espólio Dona Terezinha Maia (com seus arcos da Alvorada) – logo a casa do Sebastião Athayde continua em ruínas.

Voltei e subi a Rua General Carneiro, o sobrado de Sr. Armando, ainda no lugar – a casa de Dona Henriqueta Pereira deu lugar ao Cartório Eleitoral – virei para a Rua João Souto, vejo o Bar do Bené Braga (esquina) em ruínas - já a casa do autodidata em Direito Sr. Athos Braga (o patriarca) deu lugar a uma garagem – a casa do Wilson Drumond está à venda – a casa da Família do Waltinho (esquina com Januária) ainda resiste.

Na esquina com a Praça Cel. Ribeiro, a casa da Dona Arlete Macedo em pé, virou restaurante com as mesmas características. Na Praça Coronel Ribeiro, logo senti que não oferecia mais a segurança e a tranquilidade de outrora, o Cine Coronel, transformou-se em templo evangélico - a casa do Edgar Pereira em pé com seu colossal Ipê Roxo – na esquina o ponto do antigo Bar do Sr. Nelson Vilas-boas, ainda de pé.

Antes de descer a Rua Dr. Santos, improvisei um giro de 360 graus para contemplar o Hotel São José que já está sendo demolido. O Chalé dos Oliveira e Telles deu lugar a um educandário. Comecei a descer a Dr. Santos com saudades do boteco do Genaro Barreto (conhecido como Genaro Meu Bem), hoje uma farmácia – a Loja do Sr. Dercy (tudo em eletrônica) se transformou em uma loja “tem tudo” - logo mais, onde era o bar “patropi” com “tira-gostos tropicais”; hoje lojas. A casa do Sr. Mário Viana (hoje uma loja).

Há pouco tempo, as casas do Sr Jair Amintas e do Sinhozinho Batista foram ao chão, os lotes oferecerão para construção de uma farmácia – nesta mesma esquina a pensão de Dona Sônia deu lugar a um prédio - a casa de Dona Mestra Fininha (Josefina Ribeiro) virou garagem, neste mesmo espaço tinha como anexos, a Barbearia do Bigode - Caxangá e outro barbeiro que não me lembro do nome, ainda neste espaço o Consultório do dermatologista Dr. Mario Ribeiro - lá tinha até peixaria - em frente à casa da Mestra Fininha o barzinho “couro de boi”; hoje uma loja e uma lanchonete.

Mais embaixo a casa de Dr. Crisantino, à sua frente tinha Pensão de Sr. Laércio e a Gráfica Orion – a casa do Dr. João Vale Maurício- de frente onde funcionou o ProntoCor - todas elas cederam para lojas de tecidos – a casa do Luiz de Paula (antes Dominguinho Braga) ainda ostenta a beleza de uma mansão espanhola – na esquina a casa do artista plástico e professor Raimundo Felicíssimo Colares ( Ray Colares) foi abaixo e deu lugar a um prédio.

Continuei pela Dr. Santos, vi que a CAIXA Federal ocupou o lugar onde era o Jornal de Montes Claros e o cortiço repúblicas aos fundos. A Drogaria Minas Brasil foi erguida no local, onde, meu “avô Ponciano” dizia que era a farmácia de Juca de Xixico (lembro-me da casa velha). Do outro lado, a Agência Macedo (Waldir Macedo) deu lugar ao Banco BEMGE (hoje Itaú)

O prédio da Copasa ocupa o lugar onde era o Hotel São Luiz, que pertencia ao Pai do Engº João Carlos Sobreira - se não estou enganado o nome era Dr. Sebastião, mas, o prédio em si, tinha como proprietário Sr Filomeno Ribeiro; no mesmo prédio, embaixo do hotel, na esquina, era o comércio de Geraldo Moreira (GCMoreira) com várias fotos escalafobéticas na vitrine - em frente, hoje a Farmácia Real - era a loja das Casas Pernambucanas – ao seu lado em frente à Copasa ainda de pé a casa de Manoel Higino Simões, onde morou o Jornalista e escritor, Sr. Manoel Hygino dos Santos. O Mercado Municipal velho, hoje “shopping popular”, dispensa comentários!

Voltando pela Rua Camilo Prates só deparei ainda de pé as casas do Nozinho Colares (descaracterizada com lojas) e da sua filha Zezé Colares que era casada com o Dr. João Carlos Moreira – de frente - a casa João F. Pimenta transformou em garagem - na esquina com Dom Pedro II, a magnífica casa do Fábio Rabello, hoje uma garagem - do José Carlos de Lima virou Farmácia – a casa de Antônio Augusto Atayde, também uma garagem – a casa de Geraldo Athayde, onde João Athayde viveu seus últimos dias também transformou em garagem.

Andei mais rápido e contemplei um “pardieiro” onde por muito tempo foi o Colégio Tiradentes e cadeia, à frente um tapume de aço que protege os transeuntes dos pedaços de reboco que desprendem de sua fachada; contudo, o tapume proporciona um grande perigo, pois, pessoas dividem a rua com veículos.

Cheguei à minha casa bastante saudosista, mas, bastante resiliente! - É a velha história dando lugar para futuras histórias.

É indubitável que toda edificação tem a sua vida útil – conforme a NBR 15.575 - que pode ir até 70 anos, a partir daí, são manutenções anuais com custos muito altos.

Montes Claros pintou um quadro bastante encorajador de uma sociedade que encontrou um novo impulso imobiliário e a mercantilizou (seus espaços) para aluguéis; isso apresenta uma face multicultural - onde o valor - ecologia e desenvolvimento urbano se unem com muita competição.
Abundantes edifícios de “qualidade e bonitos” convertem o saudosismo montesclarense em um recurso precioso para as novas gerações de arquitetos que estão transformando a cidade do passado para modernismo.

Por todas estas razões, a cidade há muitos anos já vem apresentando como um modelo a seguir em termos de reconversão social e ambiental - esta cultura da reconversão generalizada já não se contenta em ser emblemática e excepcional.

Uma gota d`água numa paisagem imobiliária dominada pelo conhecimento congênito procura qualificar o ambiente construído como um todo, num momento em que as reconversões e outras intervenções nos EXISTENTES representam quantitativamente, até mais do que os novos projetos.

Concluímos que de um lado, temos a parte visível de uma cidade - de outro - a parte invisível, formada pelas aspirações e expectativas que ela gera.

Após quase dois séculos de urbanização - sabemos agora até que ponto o apelo da cidade deve-se tanto a um bairro como a outro, à imagem e à fantasia.

A modernidade chegou, vai avançando e transformando alguns bairros em um museu de arte moderna - sem tirar o brilho e o valor cultural da parte velha de Montes Claros, que é intocável!

Em tempo: - “O mais triste da arquitetura moderna, é a resistência do seu material”.

VIII - XI - XXII
(*) José Ponciano Neto é Historiador/Escritor - Colunista no montesclaros.com - Técnico em Meio Ambiente Natural e Urbano Recursos Hídricos - natural de Montes Claros e Membro IHGMC e da AMALENM.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86519
De: Manoel Hygino Data: Terça 8/11/2022 09:05:25
Cidade: Belo Horizonte

Eis a Venezuela

Manoel Hygino

Para o que caminha a Venezuela? Por um expressivo período de sua existência independente, até onde esta possa ser como tal considerada, o país viveu em sobressaltos. Sua população sofre desde sempre e os grandes grupos de pessoas que fogem para os países vizinhos quer apenas viver em paz e alimentado. O que se vê presentemente, com multidões escapando para o Brasil principalmente, é uma amostra do desamparo e fuga incessante em busca de um pouco de felicidade.

A história política da nação ao Norte merece ser conhecida para ser devidamente avaliada e julgada. Tempo houve em que se afirmava que, independentemente de dimensões geográficas, os países mais representativos da América do Sul, eram Venezuela e Uruguai.
O primeiro pela riqueza que fulgurava com exploração de grandes poços de petróleo na região do Lago Maracaibo; e o segundo, pela altivez e nível educativo de sua população, que jamais se dobrou ao poderio dos vizinhos mais fortes.

Na ditadura de Pérez Jiménez (e eu passei por lá à época), a Venezuela, beneficiando-se dos enormes ingressos de petrodólares, já figurava - como registra Carlos Taquari - como um dos maiores produtores de petróleo do planeta.

Com população de apenas 6,5 milhões de habitantes e PIB de 5,8 bilhões de dólares em 2010, sua população alcançou no período a maior renda per capita da América Latina. Nas ruas de Caracas, havia um desfilar de carros de luxo importados, embora a maioria não se beneficiasse com os resultados fantásticos da exportação do ouro negro. O governo se valeu da situação e construiu obras suntuosas.

Verbas para saúde a educação eram minguadas, embora atendessem às demandas dos militares no poder. Favelas surgiam e cresciam. Conjuntos habitacionais erguidos com dinheiro público se transformaram em cortiços. A agricultura ficou em plano inferior. Triste período da história! Quando Pérez Jiménez caiu, em 1958, ouve uma sucessão de caudilhos. Viveu-se uma pausa por somente 10 meses, em 1948. Para se ter uma ideia mais correta, bastaria lembrar que o próprio Simón Bolívar, que comandou a fase final da luta pela independência, se viu na obrigação de sair afastado por um golpe militar.

Hoje, quem está sucedendo a Hugo Chávez, um dos caudilhos proclamados, é Nicolás Maduro, obrigando a população já tão sacrificada à abdicação de seus anseios e sonhos, ao preço da miséria e morte.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86518
De: José Ponciano Neto Data: Segunda 7/11/2022 17:06:42
Cidade: Montes Claros- MG  País: Brasil

A ÁGUA EM MONTES CLAROS – 07 de NOVEMBRO / 2022.

Depois de alguns milímetros de chuva os mananciais já começam a dar respostas.

Hoje, 07 de Novembro a Barragem da Copasa em Juramento-MG conta com 56,94 % da sua capacidade com 04,81 metros abaixo do nível normal. Entretanto, tem previsão de encher neste período de chuva de Outubro/22 a Março/23.

Montes Claros tem demanda de 1000 litros por segundo, que é abastecida por várias captações, sendo elas - maiores: Rio São Francisco em Ibiai-MG > Barragem de Juramento-MG e Rio Pacuí em Coração de Jesus(foto). Além outras captações de médio porte, como: Rebentão dos Ferros > Lapa Grande e barragem dos Porcos KM 07 - BR 365.

Em período das chuvas entra em operação a captação “Sazonal” no Rio Verde Grande em Riacho do Fogo, zona rural de Montes Claros.

Média das chuvas nas bacias que contribuem com os rios responsáveis pela oferta de água nas captações da Copasa em Montes Claros

Chuvas de OUTUBRO = 28 milímetros. Chuvas de NOVEMBRO até hoje 07/11 = 57,7 milímetros.
Com essas chuvas a barragem de Juramento subiu 04 centímetros no período citado.

FATO: Neste mês comemoramos o Dia da Cultura - Na história cultural da França está presente, sempre, o maitre à penser, o guia do pensamento, o líder cultural, cuja palavra é diretriz para seus adeptos.
Vem de longe, do lluminismo, dos antecedentes da Revolução Francesa, onde as Sociétèes de Pensée representaram papel decisivo no irrompimento das grandes transformações que lhe seguiram.
O maitre à penser é, pois, uma figura pinacular, da qual emanam conceitos que são assimilados pelos seus discípulos.

VII – XI – XII
JOSÉ PONCIANO NETO é Técnico em Recursos Hídricos / Meio Ambiente – Ex- Supervisor de Gestão de Barragens e supervisor de Estação Climatológica com tanques Classe A.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86517
De: Afonso Cláudio Data: Segunda 7/11/2022 10:44:42
Cidade: Montes Claros/MG

Acidentes aéreos

Continuando a análise dos acidentes aéreos com aeronaves de pequeno porte (mensagens 86457 e 86516), verifiquei no site "Poder 360" esta manchete:
"Desde morte de Marília Mendonça, Brasil teve 182 acidentes aéreos.
Morte da cantora sertaneja completa 1 ano; no período, 62 pessoas morreram em quedas de aviões de pequeno porte."
Poder 360, 05/11/2022 (sábado) - 10h14

Foram 338 vítimas, das quais 62 morreram.
A pesquisa "abrangeu apenas voos particulares, de táxi aéreo e de segurança pública dos Estados e União.
Dos 182 acidentes, 21 foram com helicóptero, 15 com ultraleve e 1 com balão a gás.
Os dados da plataforma (Aviation Safety Network) mostram, portanto, uma média de 1 acidente com esses tipos de aeronaves a cada 2 dias no Brasil, de 5/11/2021 a 5/11/2022..."
"Além do acidente da cantora sertaneja, outros 9 envolveram aeronaves da fabricante norte-americana Beech Aircraft, hoje pertencente ao conglomerado Textron Aviation. O modelo em que Marília Mendonça estava era um Beechcraft C90A King Air.
Vítimas: 20; Mortes: 0, nos 9 acidentes."
"A Polícia Civil de Minas Gerais continua a investigação do acidente com a cantora e compositora Marília Mendonça e outras 4 pessoas.
O Ministério Público do Trabalho de Goiás também investiga a empresa PEC Táxi Aéreo, dona do avião que transportava a cantora sertaneja."
O g1/Fantástico, de ontem, informou: "Ainda não saiu o resultado da perícia do Cenipa, que apura se houve ou não falha mecânica. A Aeronáutica informou que a investigação está em fase final. A Polícia Civil também."

Eng. Afonso Cláudio de Souza Guimarães
07/11/2022, 10h26m

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86516
De: Afonso Cláudio Data: Sábado 5/11/2022 15:05:34
Cidade: Montes Claros/MG

7 anos do rompimento da barragem de Mariana e 1 ano do acidente com Marília Mendonça

05/11/2022: 7 anos do rompimento da barragem de Mariana/MG (19 mortos) e 1 ano do acidente fatal com a cantora e compositora Marília Mendonça e outras 4 pessoas, em Caratinga/MG. Duas tragédias em Minas num mesmo dia 05/11.

E a mensagem 86457, de 26/9/22, "Acidente aéreo em Engenheiro Caldas", aborda o assunto prevenção de acidentes aéreos, como os de Caratinga, Engenheiro Caldas e em geral.

Manchete de hoje do "Estado de Minas":
"Rompimento de barragem - Desastre de Mariana faz 7 anos sem fim à vista de batalha por reparação."
"Tragédia que deixou 19 mortos e atingiu a Bacia do Rio Doce completa aniversário com luta por indenizações que não acabou no Brasil e recomeçou no Reino Unido."

Que todos os falecidos descansem em paz no Reino de Deus e seus amigos e familiares sejam consolados pela Misericórdia Divina.

Afonso Cláudio
05/11/2022, 14h55m.
Santos Zacarias e Isabel, pais de São João Batista

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86515
De: José Ponciano Neto Data: Sexta 4/11/2022 11:11:56
Cidade: Montes Claros- MG  País: Brasil

04 de Novembro - Dia do Inventor (rt) - Como seria a vida sem as invenções?

Hoje, a gente já está acostumado com tudo o que existe e nem para pensar como surgiu a geladeira, o carro, o avião, o micro-ondas, o telefone, a televisão, o computador... A ideia de inovar e inventar vem desde a idade da pedra.

O homem das cavernas criou a roda, descobriu como fazer o fogo e, hoje, são fabricados foguetes para desvendar os mistérios do Espaço!

O mais famoso inventor brasileiro é o aeronauta, Santos Dumont. Chamado de “pai da aviação”, Dumont foi o primeiro a conseguir fazer voar uma aeronave movida a motor mais pesada que o ar. Foram 14 tentativas, mas não pense que foi fácil!
O primeiro voo de Santos Dumont, a bordo do 14-Bis durou apenas 21 segundos e ele voou somente três metros de altura, percorrendo uma distância de 60 metros. - Aliás, você sabia que Dumont foi o criador do relógio de pulso?


ALGUMAS INVENÇÕES IMPORTANTES:

CARRO: O automóvel foi inventado na Alemanha em 1885, por Otto BENZ. Mas, antes dele já existiam semáforos nos Estados Unidos. O primeiro de que se têm notícias apareceu na cidade de Boston em 1840.

MÁQUINA DE ESCREVER: O inventor da máquina de escrever foi o padre brasileiro José FRANCISCO DE AZEVEDO. A patente, porém, foi registrada pelo norte-americano Christopher Sholes.

FUTEBOL: De forma oficial, quem inventou o futebol moderno foram os ingleses em 1863, ano em que foi fundada a Football Association, em Londres – porém, há registro de outras formas pelos gregos e chineses.

HELICÓPTERO: Um dos maiores inventores de todos os tempos foi LEONARDO DA VINCI. O italiano Da Vinci idealizou inventos que só se tornaram realidade séculos depois como o helicóptero - o tanque de guerra – perfuratriz de poço artesiano e o paraquedas.

LAMPADA: Outro grande inventor foi o norte-americano THOMAS Alva Edison. Entre os seus inventos estão o gramofone (avô dos atuais aparelhos de som) e a lâmpada elétrica. Ao longo da vida, Edison patenteou mais de mil invenções.

TELEFONE: O norte-americano naturalizado (ele nasceu na Escócia) Alexander GRAHAM BELL ficou conhecido como o inventor do telefone. Mas, nos Estados Unidos, Bell é também conhecido como fundador da companhia telefônica Bell e um dos fundadores da prestigiada National Geographic Society.

IMPRENSA: O senso comum argumenta que o inventor da imprensa foi o alemão GUTEMBERG. Muitos historiadores, porém, contestam essa versão. Eles explicam (e provam!) que os chineses já usavam técnicas de impressão há cerca de 700 anos antes de Gutemberg. Eles costumavam imprimir calendários, livros sagrados e poesias.


SISMÓGRAFO: Por falar na China, existem mais de 130 inventos que vieram de lá: a bússola - a tinta nanquim - o papel - a escova de dente - o sismógrafo - o papel-moeda - a porcelana…

COMPUTADOR: Produtos criados para fins militares e, que foram adaptados para o nosso dia-a-dia, estão: forno de micro-ondas - panela de Teflon – computador – margarina - leite condensado e, acredite se quiser... os chocolates M&M’s.
O primeiro computador totalmente eletrônico surgiu em 1946. Fazia cinco mil cálculos por segundo e pesava 30 toneladas.


BARBIE, a boneca mais famosa do mundo, foi lançada em 1958 e ganhou o nome da filha do casal norte-americano Ruth e Ellit Handler, donos da fabricante de brinquedos Mattel.

BERMUDAS: As calças do tipo bermuda receberam esse nome por que foram criados nas ilhas Bermudas, no Caribe.

PIX: O sistema foi idealizado no Governo Dilma e desenvolvido no Governo Michel Temer - oficialmente “efetivado” no governo Bolsonaro em 16 de novembro de 2020. O sistema funciona 24 horas interligando várias instituições financeiras. Países como Chile – Japão – Reino Unido – índia – Estados Unidos e outras nações da Europa contam com sistemas idênticos.

TELEVISÃO: A invenção principiou-se com o inventor Paul Nipkow (1884) e desenvolvida por Philo Farnsworth no ano de 1922 - até chegar a John Logie Baird (1926). Porém, muitos outros inventores entraram na justiça para patentear o aparelho. - Philo Farnsworth, depois de se entregar ao álcool, parou com o projeto devido à escassez do dinheiro, perdendo a concessão da primeira patente da televisão para o cientista Vladimir Zworykin em 1923. No Brasil em 18 de setembro de 1950 Assis Chateaubriand inaugurou o primeiro Canal de TV da America Latina (TV Tupi).

Na medicina foram inúmeros majestosos aparelhos para monitorar e salvar vidas!

- Todos eles guiados energizados pela a força de Deus. - Deus inventou os inventores!

IV – XI – MMXXII
José Ponciano Neto é Historiador escritor da Academia Maçônica de Letras do Norte de Minas e do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86514
De: Afonso Cláudio Data: Sexta 4/11/2022 17:22:43
Cidade: Montes Claros/MG

Covid-19 em Minas Gerais

Fonte: Boletim Epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais

I) Números de mortes

Comparando os números de mortes entre 14 a 21/10/22 e 28/10 a 04/11/22 (2 períodos de 7 dias), o Estado de Minas Gerais reduziu 72,4%, passando de 29 para 8 mortes, do 1º para o 2º período.
Quanto aos 10 municípios de maiores populações do Estado, nenhum deles teve registros de mortes nos 2 períodos (variação percentual = 0)

II) Números de casos confirmados

No Estado houve redução de 0,9%, passando de 760 para 753 casos, entre os 2 períodos.
Quanto aos 10 municípios de maiores populações do Estado, houve redução de 18,2% em Belo Horizonte, passando de 319 para 261 casos entre os 2 períodos.
Houve aumentos em Montes Claros, de 172,7% (número de casos passou de 11 para 30) e de 376,9% em Governador Valadares (número de casos passou de 13 para 62).
Nos demais 7 municípios não foram registrados casos confirmados nos mesmos, nos 2 períodos (variação percentual = 0).

Saúde e paz.
Afonso Cláudio
04/11/2022, 17h17m

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86513
De: Manoel Hygino Data: Sábado 5/11/2022 07:35:12
Cidade: Belo Horizonte

As casas de Neruda

Manoel Hygino

Não acontece apenas no Brasil, mas em qualquer lugar do mundo, entristece a notícia que leio nos jornais. A Fundação que administra o legado do poeta chileno e Prêmio Nobel de Literatura, Pablo Neruda, está fazendo um veemente apelo visando a levantar ajuda para manter o funcionamento de suas antigas casas, hoje casas-museus, em sua pátria.

Neruda se consagrou como um dos maiores poetas do mundo em seu século, e não foi por favor algum que a Academia Sueca lhe prestou a homenagem, sonhada pelos maiores autores do planeta. Também diplomata na gestão do comunista ou socialista Salvador Allende (1970 – 1973) gozava de prestígio universal, independentemente de posição ideológica. Sua criação estava sobre tudo e todos.

Visitadas, carinhosamente pelo jornalista e advogado Paulo Narciso, as casas-museus eram preciosas para Neruda, nascido no bosque andino, como gostava de enfatizar. Lá, viveu a infância, como relata em apreciada autobiografia – “Confesso que vivi”. De lá partiu, sem apresentações e companhia pelos caminhos do mundo, mesmo se sentindo perdido na cidade. Começou, assim sua rocambolesca imersão no universo da cidade grande enfrentando dificuldades e desejos. Como vagabundo, desceu na cosmopolita Valparaiso, um caminho sem volta.

A partir daí, conhece gente de toda espécie e natureza, percorre as Américas, aproxima-se de nomes já consagrados no meio literário, participa de congressos políticos, desembarca na Índia, acercando-se de pessoas que considera “desventurada família humana”. Em suas memórias, constituem alguns dos melhores trechos, pela natureza das descrições e das pessoas que com ele conviveram.

Ele próprio confessa: “Estas memórias ou lembranças são intermitentes e, por momentos, me escapam porque é exatamente assim. A intermitência do sonho nos permite suportar os dias de trabalho. Muitas de minhas lembranças se toldaram ao evoca-las, viraram pó como um cristal irremediavelmente ferido”.

Os que sonhariam visitar o Chile para conhecer as casas-museus poderão ficar desencorajados diante do seu possível fechamento, embora pontos turísticos importantes para apreciadores do notável poeta. Sobre ele e sua produção, muito falávamos durante minha época de Montevideo com o também poeta, Ruben Romero Arenillas, que não mais está entre nós. Ou cá nos Brasís, com o excelente ser humano e homem culto, que foi Abílio Machado Filho, secretário do governador Milton Campos, que não deixou de trazer livros inéditos por aqui, focalizando o vate da Isla Negra.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86512
De: Afonso Cláudio Data: Sexta 4/11/2022 14:54:20
Cidade: Montes Claros/MG

Pandemia do coronavírus

Variações percentuais dos números de mortes por covid-19, entre 14 a 21/10/22 e 28/10 a 04/11/22 (2 períodos de 7 dias), em ordem decrescente dos percentuais, referentes aos 10 primeiros países da classificação da Organização Mundial de Saúde.

7 países (70%) tiveram reduções, variando de 2,7% (Alemanha) a 72% (Itália)
3 países (30%) tiveram aumentos: Índia (1.441,7%), Reino Unido (34,6%) e Coreia do Sul (27,2%).
O Mundo teve aumento de 2,8%.

Class. / País / Mortes 14 a 21/10 / Mortes 28/10 a 04/11 / Var. %
1º Índia 96 1.480 +1.441,7
2º Reino Unido 549 739 +34,6
3º Coreia do Sul 169 215 +27,2
4º Alemanha 1.018 991 -2,7
5º Japão 396 373 -5,8
6º Estados Unidos 2.392 2.159 -9,8
7º Brasil 354 305 -13,9
8º França 518 427 -17,6
9º Rússia 640 499 -22,0
10º Itália 574 161 -72,0
Mundo 10.747 11.051 +2,8
Fonte: OMS/JHU, 04/11/22, 11h30m

Na classificação das variações percentuais o Brasil ficou no 7º lugar. Passou de 354 para 305 mortes, entre os 2 períodos, com redução de 13,9%.
Em números absolutos de mortes o Brasil ficou no 8º lugar, também em ordem decrescente, com 305 mortes e média diária de 43 mortes entre 28/10 e 04/11/22. Os outros 2 países, em 9º e 10º lugares, tiveram médias diárias de 31 (Coreia do Sul) e 23 (Itália).

Nas variações percentuais dos números de mortes entre os 2 períodos:
Melhor colocado hoje: Itália (10º lugar)
Pior colocado hoje: Índia (1º lugar)

Números do Brasil e do Mundo, acumulados desde o início da pandemia:
Brasil: Casos confirmados 34.846.308; Mortes 688.267
Mundo: Casos confirmados 631.899.600; Mortes 6.598.166
Fonte: OMS/JHU, 04/11/22, 11h38m.

Manchetes
g1.com.br/coronavirus, 03/11/22, 20h33: "Brasil registra 16 mortes por Covid e total chega a 688.316."
Média de mortes nos últimos 7 dias: 43 (variação em 14 dias: -23%; tendência de queda pelo 2º dia).
Média de novos casos nos últimos 7 dias: 4.265 (variação em 14 dias: -11%)
Subindo: 2 Estados (Ceará e Maranhão)
Em estabilidade: 5 Estados e o Distrito Federal
Em queda: 13 Estados; um deles é Minas Gerais
Não divulgaram até 20 horas: 6 Estados

Uai/EM, 04/11/22: "Frio e subvariante acendem novo alerta para a Covid-19."
"Especialistas alertam para nova onda da Covid-19 no Brasil, nas próximas semanas."

Saúde, paz.
Afonso Cláudio
04/11/22, 14h47m

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86511
De: Afonso Cláudio Data: Quinta 3/11/2022 18:30:19
Cidade: Montes Claros/MG

Chuvas e rodovias

Com o início deste período de chuvas, em 6 acidentes de trânsito ocorridos entre 31/10/22 e 03/11/22, já são 9 mortos e 26 feridos, conforme notícias publicadas pelo montesclaros.com.
Os 3 acidentes mais graves foram:
1) `Micro-ônibus que vinha de Pirapora a M. Claros, com pacientes para hemodiálise, capota perto de Água Boa e mata uma pessoa - Segunda, 31/10/22 - 9h21` (14 feridos), BR-365.
2) `Chovia muito. Ônibus da Bahia tomba na BR-251, em Francisco Sá, e mata 2 mulheres e 1 homem. 10 pessoas ficaram feridas. Quinta, 03/11/22 - 7h12`
3) `Outro gravíssimo acidente em nossas estradas. Perto de Bocaiuva, choque entre Fiat Uno e Pick-up Toro resulta em 5 mortes - casal adulto e 3 crianças.` (BR-135).

Na metade do número de acidentes ocorreram 100% das mortes e 92,3% dos feridos.
Um quadro muito mais grave do que o mostrado na mensagem 86503, de 31/10/22, com 10 acidentes que resultaram em 5 mortos e 9 feridos.
A rodovia que teve maior número de acidentes foi a BR-251, com 3, ou 50% do total analisado.

Fica o alerta: na chuva as rodovias ficam ainda mais perigosas. Que os motoristas pratiquem todo o conhecimento adquirido quanto a prevenção de acidentes de trânsito e viajem com muita segurança para eles e seus passageiros.

Eng. Afonso Cláudio de Souza Guimarães
03/11/22, 18h22m - São Martinho de Lima

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86510
De: José Ponciano Neto Data: Quinta 3/11/2022 12:50:09
Cidade: Montes Claros- MG  País: Brasil

BR 251 A RODOVIA DA “ROLETA RUSSA”

De vez enquanto tráfego pela BR 251 sentido ao entroncamento para Grão Mogol.

O que mais se vê são destroços de veículos espalhados pelas margens – sinais de acidente.

É sempre uma viagem angustiante - medo arrepiante à “flor da pele – motoristas irresponsáveis fazendo ultrapassagens sem nenhuma visão panorâmica que visam segurança”. E por aí vai!

Na BR 251 – todo percurso - é repleto de mortes diariamente, o pior que ninguém toma uma providência!

Quantos painéis (outdoor) com propagandas de duplicações de pistas já apreciamos pelas cidades do Norte de Minas prometendo tais melhorias?

Pois é! As mazelas continuam e todos aqueles que poderiam ser responsabilizados continuam inertes e sem serem incomodados.

REUNIÃO EM BRASÍLIA: No dia 15/08/2013 um grupo de autoridades de Montes Claros este reunido com o Diretor geral do DNIT em Brasília para acordar acerca do Anel rodoviário Norte – duplicação da BR 251 – Barragem de Berizal e Jequitai, não entrou em pauta a barragem de Congonhas devido a sua inviabilidade hídrica já comprovada.

Nesta reunião no Ministério dos Transportes estiveram autoridades ligadas às associações da indústria e comércio – prefeito e secretários – representante a de uma das associações dos municípios e da Maçonaria - inclusive este escriba que vos escreve.

RESUMO: A “Flecha” foi lançada e o alvo nunca foi atingido! Com isso a BR 251 continua matando e dando prejuízo financeiro à economia brasileira por se tratar de uma rodovia anexa ao 2º maior entroncamento rodoviário do Brasil.

III - XI - XXII
José Ponciano Neto é Utente das BR`s e MG`s do Norte de Minas

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86509
De: Manoel Hygino Data: Quinta 3/11/2022 09:27:22
Cidade: Belo Horizonte

Números espantosos

Manoel Hygino

O Brasil amigo e cordial, que atraía pessoas de todo o mundo para conhecê-lo, não existe mais. A onda de violência que invadiu todos os estados, as capitais e cidades de maior dimensão geográfica e populacional, tanto quanto os menores distribuídos por todo o território, foram contaminados pela intolerância, pela bandidagem, pela violência, flagrante nos veículos de comunicação.

Embora esforços das autoridades, resultados positivos em favor da tranquilidade e da paz que deveria gerar convivência saudável entre seres humanos, não produziram bons frutos. É o que dizem as estatísticas, que realmente não deixam mentir.

Nossas cadeias e todo o tipo de presídio estão cheias de detidos e prisioneiros, passando por violação massiva de direitos, como se sabe. Mas milhares de outros infratores estão soltos, pelas ruas, praticamente impedindo a ir e vir dos cidadãos de bem, um fundamento da democracia.

Instrumentos foram criados nas últimas décadas, como lei Maria da Penha e antidrogas. No entanto, mulheres seguem vítimas de toda sorte de sevícias, sem se conseguir sequer amenizar o quadro ignóbil a que assistimos. Permanece uma situação de violação massiva e generalizada de direitos fundamentais que afeta um número enorme de pessoas.

Quanto às drogas, bastaria acompanhar por jornais, rádios e televisões a imensidão de toneladas, desde a maconha à cocaína e heroína, que circulam por nossas rodovias, portos e aeroportos, diariamente, sem que os vigilantes da lei consigam apreendê-las, sequer intimidar os criminosos, que agem em escala internacional.

Que fazer? Como fazer?

Quem se der ao cuidado de recorrer aos números da delinquência e do crime em escala internacional, constatará que estamos em posição de destaque, ocupando os lugares principais em assaltos, roubos, sequestros, homicídios, feminicídios, sem que se alcancem os objetivos colimados. Até quando?

Em 1992, época de Carandiru, o Brasil contabilizava 114,3 mil detentos, segundo órgão oficial federal. Quase 30 anos após, em dezembro de 2021, eram 835.643 pessoas com algum tipo de restrição de liberdade, isto é, 0,5% da população adulta. E a situação piorou.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86508
De: Afonso Cláudio Data: Quarta 2/11/2022 08:31:09
Cidade: Montes Claros/MG

Bloqueios de rodovias

montesclaros.com: "Brasil teria, nesta manhã, 271 pontos parados nas rodovias, em 23 estados. 25 voos foram cancelados em Guarulhos. (Polícia Rodoviária divulga lista oficial das rodovias já interditadas em Minas, nesta manhã véspera de Finados. Confira:
Terça 01/11/22 - 7h22"

Jornal da Band, 01/11/2022, 20h12: "Bloqueios prejudicam milhões de pessoas."

g1/JN, 01/11/2022, 21h44: " Bloqueios de estradas prejudicam milhões de pessoas."
"São Paulo está entre os Estados mais afetados. A Confederação Nacional da Indústria alertou para `iminente risco de desabastecimento e falta de combustíveis, caso as rodovias não sejam rapidamente desbloqueadas`."

Se o sistema de transporte ferroviário do Brasil, de cargas e passageiros, fosse ampliado, modernizado e reativado, incluindo linhas de metrô, muitos transtornos, como os da greve de caminhoneiros de 2018 e os atuais bloqueios, devido ao resultado da eleição presidencial, poderia ser muito útil como opção em situações deste tipo.
E, como já comentamos várias vezes neste Mural, o transporte ferroviário é mais seguro, confortável e econômico do que o rodoviário, no qual a quantidade de acidentes graves e gravíssimos é altíssima, com muitos mortos e feridos, infelizmente, além dos bloqueios que os acidentes provocam por horas, impedindo o trânsito normal.
E o acúmulo excessivo de veículos em trânsito, nas cidades e rodovias, gera mais poluição atmosférica, contribuindo para agravar o aquecimento global e as consequências sobre o clima nas diversas regiões do planeta.

Outras mensagens sobre este assunto: 83903, 83924, 84065, 84099 e 86474.

Afonso Cláudio de Souza Guimarães - Engenheiro
Saúde e paz para o Brasil!
02/11/2022, 08h09

Salmo 132 - União fraterna
"Oh! como é bom, como é agradável
Para irmãos unidos viverem juntos...
...Pois ali derrama o Senhor a vida
E uma bênção eterna".

Neste dia de homenagem e saudade:
Tende piedade de nós e de todos os falecidos
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno
E brilhe para eles a Vossa luz!

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86507
De: José Ponciano Neto Data: Quarta 2/11/2022 12:40:32
Cidade: Montes Claros- MG  País: Brasil

02 DE NOVEMBRO - DIA DE FINADOS. (rt)
- O Dia de Finados é o dia da celebração da vida eterna das pessoas queridas que já faleceram.

É o Dia do Amor, porque amar é sentir que o outro não morrerá nunca. É celebrar essa vida eterna que não vai terminar nunca.

Pois, a vida cristã é viver em comunhão íntima com Deus, agora e para sempre. Desde o século I, os cristãos rezam pelos falecidos, visitavam os túmulos dos mártires nas catacumbas para rezar pelos que morreram sem martírio.

“TOQUE DE SILÊNCIO”

O dia terminou, o sol se foi.

Dos lagos, das colinas e do céu.

Tudo está bem, descansa protegido, Deus está próximo.

A luz tênue obscurece a visão.

E uma estrela embeleza o céu, brilhando luminosa.

De longe, se aproximando, cai à noite.

Graças e louvores para os nossos dias debaixo do sol, debaixo das estrelas, debaixo do céu, enquanto caminhamos, isso nós sabemos!

II - XI - MMXXII
José Ponciano Neto é Historiador escritor da Academia Maçônica de Letras do Norte de Minas e do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros.

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Mensagem N°86506
De: Corpo de Bombeiros Data: Quarta 2/11/2022 09:26:49
Cidade: Montes Claros

Divulgação do Corpo de Bombeiros:

Na manha desta quarta (02), por volta das 05h00min, militares do Posto Avançado na cidade de Francisco Sá foram acionados para o atendimento a uma ocorrência de capotamento de carreta, ocorrido na rodovia federal / BR-251, na altura do km 478.
Uma carreta baú que se deslocava sentido Salinas Montes Claros perdeu o controle da direção e tombou, parando em uma ribanceira de aproximadamente 4 metros, às margens da rodovia. O motorista G. S. C, de 39 anos, estava preso às ferragens. Após análise da cena e estabilização do veículo, a guarnição de Bombeiros, usando das ferramentas de desencarceramento, retirou o motorista da cabine do veiculo. Os trabalhos duraram por volta de 2 horas para remoção. O motorista apresentava conciente, com suspeita de fratura em Membro Superior Direito, sendo repassado a equipe médica do SAMU. A PRF esteve presente controlando o trânsito local. As causas do acidente são desconhecidas pelo Corpo de Bombeiros.

**ASCOM / 7°BBM**

Siga pelo Twitter @montesclaroscom Inscreva-se aqui para receber o Maillist
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a

Página Anterior >>>

Abra aqui as mensagens anteriores: